Últimas

Quinta-Feira, 01 de Fevereiro de 2007, 11h:28 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

LEGISLATIVO

Bosaipo diz que não houve compra de voto

    Em discurso na sessão solene de posse dos 24 deputados, realizado nesta quinta, Humberto Bosaipo (PFL), que presidiu os trabalhos por ser o parlamentar com mais mandatos (5), agradeceu o presidente do Tribunal Regional Eleitoral, desembargador Antônio Bittar Filho, pela lesura do processo eleitoral e disse que não houve boca-de-urna e nem compra de votos no pleito do ano passado. Apesar disso, dos 24 deputados empossados, apenas o petista Ságuas Moraes não foi alvo de denúncias de compra de votos. Três estaduais (Chica Nunes, Mauro Savi e José Riva) enfrentam processo de cassação por supostos crimes eleitorais, conforme representação do Ministério Público Eleitoral.

    Para Bosaipo, o TRE conduziu com competência e transparência as eleições, sob as novas regras eleitorais. "Nós, candidatos, tivemos que nos adaptar num período muito curto e creio que o Tribunal, na prestação de contas,  na condução dos trabalhos sem boca-de-urna e sem compra de voto, nos orientou. Quero parabenizá-lo por esse trabalho".

     O parlamentar pefelista lembrou que a Assembléia funciona num novo prédio, fez agradecimentos ao governador Blairo Maggi por ter ajudado na conclusão das obras e prestou espécie de homenagem ao deputado Gilmar Fabris, responsável por lançar o projeto da sede nova quando ainda presidia o legislativo. Considerou justa a decisão de denominar o prédio de Palacio Dante Martins de Oliveira.

    Humberto Bosaipo enfatizou ainda que todas as regiões mato-grossenses estão representadas na Assembléia. Defendeu maturidade política e unidade entre os colegas para o trabalho em prol do desenvolvimento do Estado. Para o deputado, é preciso investir mais em políticas públicas, na educação, saúde, respeitar o meio ambiente e no fortalecimento dos Poderes constituídos.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Nezinho, nova derrota e aposentadoria

nezinho 400   Aos 69 anos, o petebista Carlos Roberto da Costa, o Nezinho (foto), considerado da velha guarda política, tentou, mas foi reprovado nas urnas em Nossa Senhora do Livramento. Ele concorreu a prefeito em quatro pleitos. E já exerceu dois mandatos. Nezinho já foi secretário-adjunto de Fazenda do Estado,...

EP cresce 5; Abílio perde 3, diz Ibope

emanuel pinheiro 400 curtinha   Pelos números do Ibope, revelados nesta sexta à noite pela TV Centro América (Globo), Abílio Júnior (Podemos) oscilou negativamente 3 pontos percentuais em menos de uma semana, de 48% para 45% das intenções de voto. Já o emedebista Emanuel Pinheiro (foto)...

Sob arrogância, ataque e desrespeito

abilio junior 400 curtinha   O candidato Abílio Junior (foto), que disputa o segundo turno em Cuiabá com o prefeito Emanuel, chegou bastante nervoso e irritado para o debate nesta sexta, na TV Vila Real (Record). Demonstrando arrogância, ignorou o superintendente do Grupo Gazeta de Comunicação, Dorileo Leal, na...

Candidatos, tensão, debate e bate boca

antoniocarlos   Em debate tenso, na TV Vila Real (do grupo Gazeta) e, após troca de acusações sobre atos de corrupção e servidores fantasmas, os candidatos à Prefeitura de Cuiabá Abílio Júnior (Pode) e Emanuel Pinheiro (MDB) protagonizaram bate boca por mais de uma vez. O clima ficou...

Abílio contrata 400 fiscais para eleição

A campanha do candidato Abílio Júnior (Pode) decidiu contratar 400 fiscais para atuar nesta eleição de domingo. Isso derruba o discurso do candidato do Podemos de que todos atuam de forma voluntária em prol da sua vitória. Aliás, quando questionado sobre a grande estrutura que montou neste segundo turno, inclusive sobre a equipe de marketing, disse que todos são colaboradores. Na sua versão, ninguém recebe pelo trabalho,...

Entrando na briga à AMM muito tarde

maurao curtinha 400   Mauro Rosa, o Maurão (foto), que está encerrando o segundo mandato como prefeito de Água Boa, é o único candidato no duelo com Neurilan Fraga, que busca mais um mandato no comando da AMM, entidade que representa as prefeituras mato-grossenses. O problema é que Maurão entrou...