Últimas

Quarta-Feira, 16 de Janeiro de 2008, 00h:12 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

CONFRONTO

Bosaipo é o relator das contas do chefe do MPE


Paulo Prado, que tentou impedir Bosaipo de assumir cargo de conselheiro, agora terá balancete sob relatoria do ex-deputado

   Sob o procurador-geral de Justiça, Paulo Prado, o Ministério Público Estadual, que tentou impedir a posse de Humberto Bosaipo na cadeira de conselheiro do TCE por este responder a cerca de 50 ações na Justiça, agora terá suas contas do exercício de 2007 julgadas pelo próprio ex-deputado.

   A Tribunal já fez a divisão de algumas unidades orçamentárias do Estado com vistas a escolha das relatorias entre os sete conselheiros. As que tinham sido direcionadas para Ubiratan Spinelli, que se aposentou há duas semanas, ficam automaticamente para o sucessor, neste caso Bosaipo. Além do MPE, o ex-parlamentar por cinco mandatos vai emitir parecer sobre as contas das secretaria de Justiça e Segurança Pública, sob Carlos Brito, da pasta do Desenvolvimento Rural e também do Meio Ambiente.

    O ingresso de Bosaipo no Tribunal de Contas do Estado é um fato intrigante. Ele responde a oito processos penais e enfrenta mais 50 ações civis públicas. Segundo o MPE, existem comprovação de que o ex-presidente e ex-primeiro-secretário da Assembléia teria desviado cerca de R$ 97 milhões do erário. É réu em vários processos, sob acusação de peculato e formação de quadrilha. Muitas ações contra Bosaipo estavam engavetadas por força da foro privilegiado.

   Agora na cadeira vitalícia no TCE, Bosaipo continua com foro privilegiado e prerrogativa de desembargador do Tribunal de Justiça. Por outro lado, perde a imunidade parlamentar.

    O chefe do MPE, Paulo Prado, tentou, numa ação com mais nove promotores, barrar na Justiça o caminho de Bosaipo rumo ao TCE. Não obteve êxito. Com menos de um mês depois, eis que, por ironia do destino, o próprio ex-deputado é sorteado para apreciar as contas da gestão Prado. Num jogo inverso, Prado agora está nas mãos de Bosaipo. Dependerá da canetada do homem que, segundo aqueles que aprovaram sua indicação para o TCE, "possui reputação ilibada".

Postar um novo comentário

Comentários (25)

  • Rafael Damian | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Edu;

    Mas de que égide legal você está falando?

    Refere-se na verdade, já que bem instruído, A UMA INTERPRETAÇÃO DA LEI, correto?

    A LEI fala em REPUTAÇÃO ILIBADA e não a PRESUNÇÃO DE INOCÊNCIA, goste você ou não.

    Infelizmente uma incrível interpretação jurídica culminou com a subida do "nobre" ao TCE, apenas e tão somente, um golpe na verdade, entende?

    Tu percebeste que a posse do ilustre foi as pressas né?

    Ou não?

    Todo um ritual que normalmente é cheio de pompa foi armado as pressas para o "ilustre" tomar posse.

    O TCE e a Assembléia decaíram ao mais baixo nível de todos os tempos, e pessoas aparentemente bem instruídas, sempre apoiam, esse é o grande segredo do universo.

  • Bruno | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Agora eu qro ver senhor Paulo Prado...
    Lutou tanto pra derrubar o excelente deputado Humberto Bosaipo e acabou ficando nas mãos dele agora...
    Si ferrooooo...
    Mais pode ficar tranquilo senhor Paulo Prado porque o senhor Humberto Bosaipo é um homem justo e saberá conduzir corretamente seu Balancete e não pagará com a mesma moeda, pois ele é um homem de DEUS e sabe muito bem o que fazer diante de seus inimigos...
    Parabens Humberto Bosaipo por essa nova empreitada do senhor ai no Tribunal e que DEUS ilumine todos os seus caminhos...
    "Fica esperto Senhor Paulo Prado... hehehe"

  • silvio arruda | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • celio oczinski | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    chego a ora que 2+2 vai t que se quatro... so q amarraru o cachorro com a linguica...

  • pedro castro | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    ahahahahaha..... ajurupoca vai piá, a sevai hahahahahahahah

  • rafael | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • JOVAINE | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Do meu ponto de vista não há o que o Sr. Paulo Prado temer pois, se a sua gestão for séria, responsável, transparente e austera o que o Sr. Bosaipo poderá fazer contra os fatos?
    Nada.

    Não estou aqui defendendo um ou outro.Sou da opinião se alguém cometeu algum ilícito, deve pagar na justiça pelos seus erros no rigos da lei. Agora, o que não se pode é esta tentativa de premonição, especulando atos que poderão ocorrer ou não no futuro.

    Dá a impressão que existe aí uma tentativa de se criar uma rusga ou disputa entre os poderes, que a meu ver não é saudável e não ajuda em nada a democracia.Pois, os Poderes são independentes e devem ser harmônicos entre si.

    Todavia, o Pleno do TCE analisando os fatos ocorridos neste passado tão recente, poderia, justamente para se evitar esse tipo de sujestionamento, ter efetuado uma redistribuição dos Processos. Ora o Pleno do TCE não é soberano? Este procedimento administrativo não seria legítimo? Por que deixar margem para esse tipo de fomento? Ou é só uma questão de queda-de-braços com a imprensa?

    Quero deixar claro que sou servidor de carreira (com 28 anos de serviços) da SEDUC. Não tenho vínculo algum com o Ministério Público ou Tribunal de Contas. Quero apenas deixar minha humilde sugestão aos Conselheiros Valter Albano e Antônio Joaquim, este Presidente eleito do TCE para o próximo biênio, aquele atual corregedor daquela Casa de Contas, ambos ex-Secretários de Educação.

    Só uma mais uma questão. O Conselheiro Valdir Teis, ex-Secretário de Fazenda, assumiu a vaga do ex-conselheiro Júlio Campos. Se este tivesse recebido a missão de julgar as Contas da SEFAZ, aquele daria continuidade a esse processo, julgaria seus próprios atos na condução da SEFAZ?

  • Rafael Damian | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Era óbvio que isso aconteceria, pois estamos diante de uma instituição de faz-de-contas, evidente que esse é um revide dos mais baixos. É tamanha a bizarrice que se comparassemos com o judiciário teriamos resolvido tal caso com o instituto da suspeição ou até mesmo o impedimento, sabe-se lá se isso existe no mundo de faz-de-contas.

    Outra, qualquer que seja o resultado da brilhante análise do "nobre" conselheiro, sempre ficaremos com a pulga atrás da orelha, na verdade, se eles aprovam contas esdrúxulas de diversas prefeituras porque não fariam com as do MP?

    É lamentável ver que se fosse um estado sério não teriamos que ler tão desastrosa notícia, mas como sempre digo... É bem Mato Grosso....

  • ALBUCASSIS RAMIRES | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    ATÉ QUE PROVEM O CONTRÁRIO O DR.PAULO PRADO É UM HOMEM DE BEM,NÃO RESPONDE A 50 PROCESSOS,NÃO É ACUSADO DE FORMAÇÃO DE QUADRILHA,PECULATO E IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA.

    ENTRETANTO O "CONSELHEIRO"BOSAIPO É QUE DEVE A SOCIEDADE UMA SATISFAÇÃO DOS SEUS ATOS E DOS SEUS PROCESSOS.

    SE O BOSAIPO TIVER UM MINIMO DE ETICA(NEM SEI SE ELE SABE OP QUE É ISSO)IRÁ SE JULÇGAR IMPEDIDO PARA "ANALISAR" AS CONTAS DO M.P.E.,QUE É DIRIGO EXEMPLARMENTE PELO DR.PAULO PRADO.

    ALIÁS O SR.BOSAIPO DEVERIA SE JULGAR IMPEDIDO PARA ANALISAR ATÉ AS CONTAS DE UM BOTEQUIM LÁ DO PEDRA 90,ENQUANTO ELE NÃO PEDIR AO TRIBUNAL DE JUSTIÇA PARA JULGAR OS SEUS PROCESSOS.

    FICA AI A SUGESTÃO AO BOSAIPO,USE DA SUA INFLUENCIA NO TRIBUNAL DE JUSTIÇA E SOLICITE AO DR.PAULO LESSA QUE COLOQUE EM PAUTA PARA JULGAMENTO OS SEUS PROCESSOS.

    A PARTIR DAI A SOCIEDADE LHE DARÁ CREDIBILIDADE PARA ASSUMIR DE FATO A CADEIRA DE CONSELHEIRO E JULGAR CONTAS .

    ENQUANTO ISSO NÃO OCORRER """PREFIRO NÃO COMENTAR"!!!!

  • Luis carlos da silveira | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    ISSO É UM ABSURDO!!! O CIDADÃO FOI PARA O TCE COM MAIS DE 50 PROCESSOS NAS COSTAS, E O MPE ENTROU COM UMA AÇÃO PARA CONTESTAR TAL NOMEAÇÃO. AGORA, O CIDADÃO VAI "JULGAR" AS CONTAS DO MPE. SE NÃO BASTASSE TAL ABERRAÇÃO, O CARA AINDA VAI "JULGAR" AS CONTAS DA SEMA, ONDE O SEU EX-CHEFE DE GABINETE É O ATUAL SECRETÁRIO, EMBORA COM OS DIAS CONTADOS, MAS, AINDA É. TUDO ISSO, DEMONSTRA UMA VERDADEIRA INVERSÃO DE VALORES NO PAÍS E NO ESTADO. SERÁ QUE SER ACUSADO DE PRATICAR ATOS DE IMPROBIDADE ADMINISTRATIVO, FORMAÇÃO DE QUADRILHA, ETC., VALE A PENA???SEI NÃO.

De MT para USP; governo comemora

gabriel usp ribeiraozinho 400   O governador Mauro Mendes comemorou o fato do estudante Gabriel Rodrigues Ribeiro (foto), de 18 anos, morador de Ribeirãozinho, município mato-grossense com menos de três mil habitantes, ter conseguido ingresso no curso de medicina da USP, considerada a melhor universidade do país. Aos 18...

ICMS e R$ 150 mi a mais a municípios

rogerio gallo 400 curtinha   O secretário Rogério Gallo (foto), da Fazenda, assegura que o governo estadual já enviou para os municípios, no primeiro trimestre deste ano, R$ 150 milhões somente em ICMS arrecadado a mais do que estava previso na lei orçamentária. O valor é 8 vezes...

Fúrio, última ação no MPE e morte

celio furio 400   Célio Joubert Fúrio (foto), que morreu nesta sexta, aos 56 anos, vítima da Covid-19, foi um incansável combatente de atos de improbidade administrativa em MT e na defesa do patrimônio público. Integrava aos quadros do Ministério Público Estadual havia 29 anos. Ele atuou...

Uma petista das causas bolsonaristas

edna sampaio 400   A emblemática vereadora petista Edna Sampaio (foto) se mostra a cada dia defensora das pautas bolsonaristas. Na Câmara de Cuiabá se aliou e vota combinado com os direitistas e conservadores tenente Paccola (Cidadania) e Michelly (DEM). No episódio em que a colega parlamentar fez uma "sarrada"...

Esperança do Procon por candidatura

gisela simona 400   Quem pensa que Gisela Simona (foto), aquela que perdeu para prefeita de Cuiabá e se queimou politicamente ao se aliar a Abílio no segundo turno, não se movimenta politicamente com interesse nas eleições de 2022 está redondamente enganado. Ela tenta, por tudo, reassumir a...

Sorriso tenta aval para conceder RGA

estevam calvo 400   A Prefeitura de Sorriso quer pagar RGA aos servidores, mas não encontrou até agora respaldo legal para assim proceder, considerando a Lei Complementar 173/2020 que, no contexto da pandemia, proíbe reajuste no salário de servidores federais, estaduais e municipais até 31 de dezembro deste...