Últimas

Sexta-Feira, 03 de Agosto de 2007, 09h:35 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:16

ARTICULAÇÃO

Botelho é cotado para assumir Auditoria-Geral

    O contador José Gonçalves Botelho do Prado, ex-secretário-auditor-geral do Estado nos governos Dante Oliveira e Rogério Salles, é um dos nomes cotados para assumir a vaga de Sírio Pinheiro, exonerado nesta quinta à noite. Botelho tem atuação extremamente técnico. Ele conquistou a simpatia da turma da botina - grupo do governador Blairo Maggi -, durante os últimos três meses de 2002, quando atuou como interventor do Detran. À época, o órgão estava mergulhado numa série de denúncias. Botelho, então, foi nomeado interventor e desenvolveu o trabalho na fase de transição da gestão Salles para o governo Maggi.

    Aliados do governador consideram grande a chance de José Gonçalves Botelho vir a ser escolhido para reassumir a auditoria-geral. Trata-se de um cargo de primeiro escalão. Cabe à Auditoria-Geral, criada em julho de 79, manter o controle interno do Poder Executivo, zelando preventivamente pelo probidade administrativa, com proteção dos ativos, exatidão e confiabilidade das informações contábeis (institucionais e gerenciais) e também de promover a eficiência operacional.

    Botelho é discreto, humilde, competente e de posições firmes, disse nesta sexta (3) Moisés Sachetti, assessor especial do Gabinete do governador Maggi. Ex-presidente do Detran, Sachetti foi quem recebeu de José Botelho os dados da auditoria levantados no órgão. O raio-X feito no Detran o ajudou a nortear a sua gestão por mais de quatro anos.

    O governador deve definir oficialmente na próxima semana quem nomeará no lugar de Sírio Pinheiro, que "caiu" do primeiro escalão por causa do vínculo empregatício com a Rede/Cemat. O caso veio à tona e foi descoberto agora pelo governador, após uma demanda jurídica envolvendo a empresa privada e o Estado.

Postar um novo comentário

Comentários (8)

  • Joassis | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0


    Está na hora do MP acionar não só o Sirio Pinheiro, como também o Valdir Teis, Pago, e o Secretario de Saúde que são funcionarios das Empresas de MAGI (amagi s/a).

    Será que este órgão terá coragem de tomar as providencias necessarias.

  • Amado Amador | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Pudesse opinar diria que o senhor Botelho é um bom nome para ocupar o cargo de auditor-geral, que, aliás, lhe é conhecido. Creio que esse nome é tudo isso que dizem mesmo, sem contar que os auditores (excelentes profissionais) são muito bons e o conhecem bem. Falando nisso, crei que os auditores, dado o profissionalismo e a importância do controle interno, merecem receber um salário melhor do que o que vêem recebendo.

  • Edival Falcao | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Graça á Deus temos técnicos do nivel do senhor BOTELHO , para ocupar cargos de tamanha relevancia no governo,eis ai governador um nome á ser lembrado. EDIVAL

  • J. Marangon | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Senhor Governador

    Tive a oportunidde de conhecer o profissional Botelho e só me restou avaliar positivamente sua pessoa, pela simplicidade, pelo conhecimento técnico, pela lealdade demonstrada aos seus comandados e seus superiores, e pelo grande respeito junto ao Tribunal de Contas do Estado e da União.

    Nunca ouvi falar nada que desabonasse o homem e o profissional, se Blairo fizer essa escolha estará optanto pelo melhor nome no estado.

    O Órgão de Controle precisa ser respeitado pela sua independencia e lisura nas ações, e, pelo pouco que conheço da realidade de Mato Grosso, parece que esse não era o forte da Auditoria sob o comando do Sírio, apesar de todo esforço de vender essa imagem, infelizmente apoiado por alguns Auditores afinados com a situação.

    Acorda Blairo, dê autonomia para Botelho e você verá que neste Estado existem muitas sujeiras debaixo do tapete, que vossa excelencia não consegue enxergar por falta de assessoria especializada. Não se pode confundir trabalho de auditoria preventiva com manutenção de meias-verdades disvirtuadas e ações policialescas, com fins meramente politiqueiros.

    Essa é a grande oportunidade do senhor fazer uma radiografia de sua gestão, não faça como o Lula, que não sabe de nada, não se baseie em serviços de "inteligencia" que levam informações que interessam a grupos, seja o governador dos destinos de sua administração e do futuro deste estado. Ainda acredito no senhor e ainda pretendo retornar com minha família ao Mato Grosso.

  • gilda | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Botelho é um auditor capaz de atuar com profissionalismo,com seriedade e isenção necessários a uma auditoria.Serviu a vários governos como chefe da auditoria,sempre com essa postura

  • Luiz barreto | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Uma pessoa justa correta e tem todos os conhecimentos para ocupar esse cargo. Parabens e um grande abraço Dr. Botelho.

  • francisco monteiro | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Trata-se de profissional extremamente ético, capaz, dedicado e acima de tudo responsável. Excelente nome para compor a equipe do Governador Blairo Maggi, não sei se o mesmo aceitará esta incumbência. Veja como vale a pena ser honesto e jamais se esqueça dos sábios ensinamento de seus pais lá em Nossa Senhora do Livramento. Parabéns pela lembrança do seu nome, pois só isto já nos enche de orgulho. Foi voce quem construiu sua carreira profissional,nunca se esqueça que deves comer o pão com o suor do seu rosto. Valeu a pena seu inicio de jornada.

  • MARCOS HENRIQUE MACHADO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Escolhendo o Auditor José Botelho do Prado, certamente será a melhor aquisição do segundo mandato do Governo Blairo Maggi. Os trabalhos da AGE não podem sofrer solução de continuidade, mesmo porque é o único órgão do Governo, ressalvadas honrosas exceções de servidores da SEFAZ, que está evitando, como possível, desvio e malversação do dinheiro público. O que falta para se dar efetividade aos trabalhos da AGE é o apefeiçoamento de comunicação com o MP. O termo de cooperação técnica, que não saiu do papel, seria o melhor instrumento defesa do interesse público no controle dos dos gastos. Que venha o BOTELHO, a bem da Administração Pública do Estado de Mato Grosso.

Sexto suplente na Câmara por um mês

aluizio leite 400 curtinha   Aluízio Leite (foto), filiado histórico do PV, tomou posse como vereador pela Capital na último dia 2. Mas vai ficar na cadeira por somente 31 dias, até o retorno do titular, delegado Marcos Veloso, que se afastou para cuidar de assuntos pessoais e hoje se encontra hospitalizado com...

No TCE pra tentar receber da prefeitura

flavia mesquita 400 curtinha   Flávia Mesquita (foto), da Luppa Administração de Serviços, pediu socorro ao TCE para tentar receber por serviços prestados à secretaria de Saúde de Cuiabá, alegando que o município está inadimplente há oito meses. E apontou quebra da ordem...

Pai e filho pré-candidatos em Poconé

henrique santos 400 curtinha pocone   Em Poconé, pai e filho estão animados para o teste das urnas deste ano. Um a prefeito e, outro, para vereador. Euclides Santos, que já foi vereador (89/92) e prefeito por duas vezes (93/96 e 2001/2004), além de secretário de Infraestrutura e Serviços Urbanos em...

Expectativa de tocar a Cultura de MT

paulo traven 400 curtinha   Um dos três adjuntos da pasta de Cultura, Esporte e Lazer do Estado, José Paulo da Mota Traven (foto) vem se articulando para assumir de forma efetiva o comando da secretaria. Ele conta com apoio de alguns membros do staff, como do secretário de Governo, Alberto (Beto) Machado. O governador...

Poconé tem hoje vários "prefeitáveis"

euclides santos 400 curtinha   O ex-vereador e ex-prefeito de dois mandatos de Poconé, Euclides Santos (foto), que era do MDB e agora está no PSDB, vem se movimentando nos bastidores para concorrer novamente à sucessão municipal. Seria um dos nomes de oposição ao prefeito Tatá Amaral, que vai tentar...

Apostas do PTB para vereador em VG

silvio fidelis 400 curtinha   Detentor da segunda maior bancada na Câmara de Várzea Grande, com cinco assentos, atrás somente do DEM da prefeita Lucimar, que conta com sete vereadores, o PTB aposta na hipótese de ao menos manter as cinco vagas. E todos os seus vereadores vão à reeleição, sendo...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Em Cuiabá, o prefeito suspendeu a decisão de implantar rodízio de veículos entre placas pares e ímpares devido à Covid-19. Mas quer debater a ideia. Você concorda com rodízio?

concordo

discordo

tanto faz

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.