Últimas

Terça-Feira, 15 de Maio de 2007, 10h:53 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

Artigo

Brasília teimosa

     Brasília - José Genoino tem saudades dos debates interpartidários em torno de grandes temas. Carlos Wilson, da cidade em que "todos se freqüentavam". José Sarney, dos discursos inspirados. Veteranos de Brasília como eles gostam de lembrar a época em que, segundo dizem, o parlamentar não fazia sua reputação à custa da do outro, em que o vedetismo não era midiático, em que a República acatava os acordos de cavalheiros.
     Se por um lado eles reconhecem que houve avanços institucionais no Congresso, por outro afirmam que a isso correspondeu uma queda de densidade política na capital. Censuram a atuação cada vez mais intensa dos lobbies (regionais, temáticos, corporativos ou econômicos). A transformação do Legislativo no "paraíso das minorias". A sujeição do governo à barganha no varejo. A obsessão de trabalhar pela reeleição já no dia seguinte à posse. O televisionamento das sessões das duas Casas.
Não à toa, partem deles os apelos mais fervorosos pela reforma política. Querem um sistema que reconheça sua fidalguia, que livre o Congresso dos "despachantes de prefeitos", que revigore os antigos partidos e que, se possível, dedetize o Piantella dos lobistas vulgares.
     A fórmula? Voto em lista fechada, fidelidade, financiamento público, fim da reeleição para cargos majoritários e outras invenções tão caras às burocracias partidárias. O sistema político brasileiro não está à beira da perfeição. Mas a redemocratização é relativamente recente. Pede tempo, até para que seus defeitos fiquem mais cristalinos. Quem garante que o "vereador federal" não é um representante tão bom/ruim quanto o chamado deputado do voto de opinião?
     A velha Brasília, porém, se recusa a entender e atender os novos desafios, tangíveis, da micropolítica. Prefere maquinar o contragolpe centralista, à espera do cálice de poire, do brinde de outros tempos.

 

Melchiades Filho é jornalista da Folha de S.Paulo

 

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Secretário, furtos e a incompetência

rodrigo metello 400 curtinha   O secretário de Transporte e Trânsito de Rondonópolis, Rodrigo Metello (foto), filiado ao MDB e pré-candidato a vereador, corre risco de ser acionado na Justiça por centenas de pessoas que tiveram motocicletas apreendidas e que depois acabaram furtadas do Pátio Rondon. O local...

Vereador na base e críticas a Leonardo

leonardo 400 curtinha   Chico 2000, vereador pela Capital, assegura que não procede a informação de que o seu Partido Liberal irá romper com o prefeito Emanuel, não o apoiando à reeleição. Segundo ele, foi Leonardo Oliveira (foto), que participou na quarta de uma reunião do...

Embates sobre a cadeira da discórdia

selma arruda curtinha 400   A cadeira da senadora Selma Arruda (foto), que está cassada há um ano mas, mesmo assim, continua no cargo, vem dividindo opinião de vários líderes políticos, uns torcendo logo para a Mesa do Senado decretar a vacância para Carlos Fávaro assumir a vaga, outros...

PL avisa Chico que não apoiará EP

chico 2000 curtinha   O vereador Chico 2000 (foto), único do PL na Câmara de Cuiabá e governista de carteirinha, se mostrou  desconfortável politicamente quando foi informado nesta quinta que a legenda liberal não vai apoiar a reeleição do prefeito Emanuel, do MDB. O partido é comandado no...

Bolsonarista esperançoso no Patriota

roberto franca curtinha   Roberto França (foto) decidiu fazer uma aposta arriscada com vistas às urnas de outubro. Aos 71 anos, metade deles ocupando cargos eletivos, como de vereador, deputado estadual e federal e prefeito de Cuiabá, ele trocou um partido nanico por outro, do PV para o Patriota. A esperança do...

Ex-vereador abandona rei dos porcos

fernando morais 400 curtinha   Mesmo impedido de ser candidato, já que está inelegível por oito anos, o ex-vereador pela Capital Abílio Júnior segue se articulando politicamente, deixou o PSC e se filiou ao Podemos. Acabou dando de ombros para o empresário Fernando Morais (foto), o "rei dos porcos",...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você concorda com a decisão de prefeitos, que começam a decretar estado de emergência, fechando comércio, serviços públicos e o transporte coletivo?

sim

não

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.