Últimas

Terça-Feira, 15 de Maio de 2007, 10h:53 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

Artigo

Brasília teimosa

     Brasília - José Genoino tem saudades dos debates interpartidários em torno de grandes temas. Carlos Wilson, da cidade em que "todos se freqüentavam". José Sarney, dos discursos inspirados. Veteranos de Brasília como eles gostam de lembrar a época em que, segundo dizem, o parlamentar não fazia sua reputação à custa da do outro, em que o vedetismo não era midiático, em que a República acatava os acordos de cavalheiros.
     Se por um lado eles reconhecem que houve avanços institucionais no Congresso, por outro afirmam que a isso correspondeu uma queda de densidade política na capital. Censuram a atuação cada vez mais intensa dos lobbies (regionais, temáticos, corporativos ou econômicos). A transformação do Legislativo no "paraíso das minorias". A sujeição do governo à barganha no varejo. A obsessão de trabalhar pela reeleição já no dia seguinte à posse. O televisionamento das sessões das duas Casas.
Não à toa, partem deles os apelos mais fervorosos pela reforma política. Querem um sistema que reconheça sua fidalguia, que livre o Congresso dos "despachantes de prefeitos", que revigore os antigos partidos e que, se possível, dedetize o Piantella dos lobistas vulgares.
     A fórmula? Voto em lista fechada, fidelidade, financiamento público, fim da reeleição para cargos majoritários e outras invenções tão caras às burocracias partidárias. O sistema político brasileiro não está à beira da perfeição. Mas a redemocratização é relativamente recente. Pede tempo, até para que seus defeitos fiquem mais cristalinos. Quem garante que o "vereador federal" não é um representante tão bom/ruim quanto o chamado deputado do voto de opinião?
     A velha Brasília, porém, se recusa a entender e atender os novos desafios, tangíveis, da micropolítica. Prefere maquinar o contragolpe centralista, à espera do cálice de poire, do brinde de outros tempos.

 

Melchiades Filho é jornalista da Folha de S.Paulo

 

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

EP, macumba e pedido de desculpa

emanuel pinheiro 400 curtinha   Emanuel Pinheiro (foto) admite ter sido infeliz ao usar o termo macumba quando se referiu à atuação e torcida de vereadores da oposição para seu governo não conseguir empréstimo de US$ 115 milhões para fazer investimentos. E citou que um deles teria feito...

Apoio entre opositores é pura falsidade

diego guimaraes 400 curtinha   O tão propagado apoio político recíproco entre os vereadores de oposição em Cuiabá, principalmente em relação ao futuro cassado Abílio Júnior, não é verdadeiro. Todos são concorrentes entre si. Tentam viabilizar suas...

Joaninha se afasta da Câmara de Sinop

joaninha 400 sinop vereador curtinha   O vereador por Sinop Joaninha (MDB), conforme a coluna Curtinhas adiantou, se licenciou do cargo por 60 dias para se recuperar do acidente que sofreu durante manobra na Competição Duelo de Motos, em Atibaia (SP). Enquanto isso, o suplente Mauro Garcia (MDB), ex-secretário de...

Manifestação de apoio deles para ele

elizeu nascimento 400 curtinha   Mesmo com o apoio dos deputados Elizeu Nascimento (foto), Xuxu Dalmolin e Ulysses Moraes que levaram até assessores, em pleno horário de expediente, a manifestação pró-Abílio na Câmara de Cuiabá foi considerada fraca. Investigado por quebra de decoro...

TCE cria estrutura para atender a AL

maluf 400 curtinha   A Assembleia Legislativa saiu de Guilherme Maluf (foto), mandando-o para o TCE, mas ele não saiu da AL. Alçado à presidência com menos de um ano na cadeira vitalícia, Maluf acaba de criar uma assessoria parlamentar para promover o intercâmbio com as comissões da AL e ainda um...

Cassação de Abílio depois do Carnaval

abilio junior 400 curtinha   Por mais que Abílio Júnior (foto) implore e grite por socorro, na esperança de escapar da cassação, inclusive se colocando como vítima de perseguição política, perderá mesmo mandato. Mas isso só vai ocorrer após o Carnaval. A...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Bolsonaro...

excelente

bom

razoável

ruim

péssimo

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.