Últimas

Sexta-Feira, 29 de Dezembro de 2006, 17h:44 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

EXECUTIVO

Brito vira secretário de Justiça e Louremberg é exonerado

    

       A três dias da posse para o segundo mandato, o governador Blairo Maggi decidiu não esperar mais pelo julgamento do Supremo de uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (Adin) e fechou nesta sexta o quadro de secretários. A última incógnita era se mantinha ou não o promotor de Justiça, Célio Wilson, na Justiça e Segurança Pública. Como o STF não julgou a Adin, que pleiteava a permanência de Célio no staff, o governador optou por substituí-lo pelo deputado Carlos Brito.

      Na nova composição do 1º escalão, surgem duas novidades: a permanência de Antônio Kato na Casa Civil e a exoneração de Louremberg Nunes Rocha da Ação Política. Ele deixa o governo com o fim da secretaria extraordinária de Ação Política, que será substituída pela pasta de Assuntos Educacionais. Para essa secretaria será nomeada Flávia Nogueira, que já dirigiu a pasta da Ciência e Tecnologia.

     O governador chegou a sondar o deputado João Malheiros para assumir a Casa Civil. Acabou, porém, recuando da idéia.

       Dos 20 atuais secretários, serão substituídos 7. Na segunda-feira, 1º de janeiro, o governador dará posse aos seguintes secretários:

Carlos Brito (substitui Célio Wilson) - Justiça e Segurança Pública

Antônio Kato - Casa Civil

Orestes de Oliveira - Casa Militar

Yênes Magalhães - Planejamento e Coordenação Geral

Waldir Teis - Fazenda

Sírio Pinheiro - Auditoria-Geral

Gilberto Goellner (substitui Cloves Vettorato) - Desenvolvimento Rural

Alexandre Furlan - Indústria, Comércio, Minas e Energia

Terezinha Maggi - Trabalho, Emprego, Cidadania e Assistência Social

Pedro Nadaf  (no lugar de Yêda Marli) - Desenvolvimento do Turismo

Vilceu Marchetti - Infra-estrutura

Luiz Antônio Pagot (substitui Ana Carla Muniz) - Educação

Geraldo de Vitto - Administração

Augustinho Moro - Saúde

José Carlos Dias - Comunicação

João Virgílio do Nascimento - Procuradoria-Geral do Estado

Flávia Nogueira - Assuntos Educacionais (substitui Ação Política, que era conduzida por Louremberg Nunes Rocha)

Luiz Henrique Daldegan (substitui Marcos Machado) - Meio Ambiente

Baiano Filho (no lugar de Laércio de Arruda) - Esportes e Lazer

Chico Daltro (substitui Ilma Grisoste) - Ciência e Tecnologia

 

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Servidores sem pagar os empréstimos

adevair cabral curtinha 400   A Câmara de Cuiabá rejeitou o veto total do prefeito Emanuel e promulgou a Lei 6.547, que suspende por 90 dias o pagamento de parcelas de contrato de crédito consignados tanto dos servidores públicos ativos e inativos da prefeitura quanto da própria Câmara Municipal. A...

Eleição ao Senado junto com municipal

carlos favaro 400 curtinha   A eleição suplementar para uma vaga ao Senado deve ocorrer em MT junto com o pleito municipal, em 15 de novembro. A definição oficial partirá do TSE até o final deste mês. Em princípio, a suplementar estava marcada para abril, mas, por causa da pandemia, foi...

Wellington tem 47 lotados no Senado

wellington 400 curtinha   Com dois meses e meio na cadeira de senador, Carlos Fávaro tem hoje 18 assessores lotados no gabinete, muito aquém do quadro dos colegas Jayme Campos e Wellington Fagundes. O chefe de gabinete de Fávaro é o advogado Irajá Rezende de Lacerda, filho do primeiro-suplente Zé Lacerda....

Cáceres, lockdown e frases de alerta

francis maris 400 curtinha   Em Cáceres, o prefeito Francis Maris (foto) decretou lockdown desde a última segunda, dia 29, como forma de forçar os moradores a permanecer em casa para conter o avanço da Covid-19. Mas as medidas restritivas não estão surtindo tanto efeito na prática. Muitos continuam...

4 prefeitos de MT com coronavírus

luiz binotti 400 curtinha   Pelo menos quatro prefeitos em Mato Grosso já foram diagnosticados com Covid-19. O caso mais recente envolve Luiz Binotti (foto), de Lucas do Rio Verde. Ele aguarda resultado de exames, mas já se encontra em isolamento domiciliar. Com sintomas do novo coronavírus, Binotti decidiu ficar em casa. De um...

Forçando cuiabanos a ficar em casa

emanuel pinheiro 400 curtinha   Acuado por causa do avanço dos casos de Covid-19, o que tem provocado colapso na rede pública de saúde, principalmente em Cuiabá, o prefeito Emanuel Pinheiro (foto) decidiu adotar medidas mais restritivas para conter circulação e aglomerações de pessoas,...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Em Cuiabá, o prefeito suspendeu a decisão de implantar rodízio de veículos entre placas pares e ímpares devido à Covid-19. Mas quer debater a ideia. Você concorda com rodízio?

concordo

discordo

tanto faz

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.