Últimas

Quinta-Feira, 01 de Fevereiro de 2007, 10h:06 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

LEGISLATIVO

Brunetto é agredido a caminho da Assembléia

Sindicalista iria distribuir panfletos contra deputados  

   O sindicalista Gilmar Brunetto, do Movimento Cívico de Combate à Corrupção (MCCC), foi detido e agredido nesta quinta, antes de chegar ao prédio da Assembléia Legislativa para acompanhar a sessão de posse dos novos deputados. Brunetto foi acusado de mandar confeccionar e distribuir panfletos apócrifos contra parlamentares acusados de crimes eleitorais. Ele foi detido e conduzido por policiais civis à delegacia Metropolitana.

    Brunetto conta que estava sentado numa mureta em frente à Famato, próximo à secretaria de Estado de Educação. Aguardava mais três colegas para, juntos, se deslocarem à sede da AL. A intenção era fazer espécie de panfletagem dentro do próprio legislativo, exigindo apuração de denúncias sobre atos de improbidade e de crimes eleitorais contra deputados. O sindicalista afirma que um homem estacionou um veículo e, junto com mais dois, ordenou que entrasse no carro. Brunetto resistiu e começou a gritar. Nesse momento, segundo ele, foi agredido no rosto e nas costas. Disseram-lhe que havia mandado de busca e apreensão de panfletos apócrifos. No momento em que foi interceptado para abortagem da operação, Brunetto tinha em seu poder quatro panfletos, com denúncias do Ministério Público contra membros da Assembléia.

   Gilmar Brunetto foi conduzido à Metropolitana. Acompanhado do advogado da OAB/MT, Vilson Neri, e de Antônio Cavalcanti, o Ceará, membro do Movimento Cívico de Combate à Corrupção, ele registrou um Boletim de Ocorrências e se submeteu a exames de corpo delito. "Se fiz algo errado, não é com agressão que se resolve", declarou Brunetto, que acusa um segurança da Assembléia de tê-lo agredido.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

EP cresce 5; Abílio perde 3, diz Ibope

emanuel pinheiro 400 curtinha   Pelos números do Ibope, revelados nesta sexta à noite pela TV Centro América (Globo), Abílio Júnior (Podemos) oscilou negativamente 3 pontos percentuais em menos de uma semana, de 48% para 45% das intenções de voto. Já o emedebista Emanuel Pinheiro (foto)...

Sob arrogância, ataque e desrespeito

abilio junior 400 curtinha   O candidato Abílio Junior (foto), que disputa o segundo turno em Cuiabá com o prefeito Emanuel, chegou bastante nervoso e irritado para o debate nesta sexta, na TV Vila Real (Record). Demonstrando arrogância, ignorou o superintendente do Grupo Gazeta de Comunicação, Dorileo Leal, na...

Candidatos, tensão, debate e bate boca

antoniocarlos   Em debate tenso, na TV Vila Real (do grupo Gazeta) e, após troca de acusações sobre atos de corrupção e servidores fantasmas, os candidatos à Prefeitura de Cuiabá Abílio Júnior (Pode) e Emanuel Pinheiro (MDB) protagonizaram bate boca por mais de uma vez. O clima ficou...

Abílio contrata 400 fiscais para eleição

A campanha do candidato Abílio Júnior (Pode) decidiu contratar 400 fiscais para atuar nesta eleição de domingo. Isso derruba o discurso do candidato do Podemos de que todos atuam de forma voluntária em prol da sua vitória. Aliás, quando questionado sobre a grande estrutura que montou neste segundo turno, inclusive sobre a equipe de marketing, disse que todos são colaboradores. Na sua versão, ninguém recebe pelo trabalho,...

Entrando na briga à AMM muito tarde

maurao curtinha 400   Mauro Rosa, o Maurão (foto), que está encerrando o segundo mandato como prefeito de Água Boa, é o único candidato no duelo com Neurilan Fraga, que busca mais um mandato no comando da AMM, entidade que representa as prefeituras mato-grossenses. O problema é que Maurão entrou...

Com Paccola, Câmara terá polêmicas

paccola 400 curtinha   O vereador eleito pela Capital, tenente-coronel PM Marcos Eduardo Ticianel Paccola (foto), do Cidadania, promete levar muitas polêmicas para os embates que pretende travar no Legislativo. Ele é daqueles sem papas na língua. Defende, por exemplo, que a população tenha direito de se armar. Em...