Últimas

Segunda-Feira, 21 de Julho de 2008, 21h:58 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

FISCALIZAÇÃO

Cabos eleitorais ficam limitados a 175 em Sinop

  Em reunião nesta segunda com membros do Ministério Público, os candidatos majoritários e proporcionais de Sinop, cidade-pólo do Nortão, concordaram com termos de ajustamento de conduta, que restringem a propaganda eleitoral. Várias regras foram estabelecidas. Os concorrentes a prefeito Paulo Fiúza (PV) e Juarez Costa (PMDB) estão proibidos, por exemplo, de fazer pinturas em muro com propaganda eleitoral, assim como os 105 que disputam as 11 vagas na Câmara Municipal. No caso de muro, já existe uma lei municipal que proíbe tal prática durante os 3 meses do período eleitoral.

  O empresário e candidato a prefeito Paulo Fiúza, que participou da reunião de membros do MPE com dirigentes dos partidos, aprova a definição de regras. Para ele, não tratam de proibições. "Nós não fizemos nada obrigado. O uso de carro de som, por exemplo, acaba por perturbar o cidadão. Fogos de artifícios representam a mesma coisa.

   Sobre a limitação para contratar cabos eleitorais, ele enfatiza que a preocupação do MPE é evitar abuso do poderio econômico dos candidatos.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • José Antônio de Oliveira | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Do jeito que o MP e os Juízes Eleitorais estão quase que coagindo os candidatos em Mato Grosso, é melhor voltar a LEI FALCÃO. Famigerada Lei Eleitoral do final da Ditadura Militar que proibia TUDO nas campanhas eleitorais. SENHORES JUÍZES E PROMOTORES NÃO ACABEM COM A FESTA CÍVICA QUE É A ELEIÇÃO, SENÃO A DEMOCRACIA BRASILEIRA VAI PRO PAU TAMBÉM. FOI PROIBINDO ISSO E AQUILO QUE GESTACIONOU AS MAIORES BARBÁRIES DA HISTÓRIA.

    Daqui uns dias vai aparecer um super inteligente e achar que a DEMOCRACIA não precisa dos políticos!

Sob efeito-cavalo paraguaio em ROO

thiago muniz 400 curtinha   Em Rondonópolis, o candidato a prefeito, vereador e empresário Thiago Muniz (foto), se transformou num cavalo paraguaio, expressão muito usual no futebol quando se refere a um time que dispara no início do campeonato mas, lá pela metade, começa a cair pelas tabelas. Acreditava-se...

Lula na TV deve afundar mais Julier

lula 400   O advogado Julier Sebastião da Silva, que disputa pela segunda vez a Prefeitura de Cuiabá - na primeira, em 2016, pelo PDT, ficou em terceiro lugar e, agora, pelo PT -, levou para o seu horário eleitoral o ex-presidente Lula (foto). A participação, com pedido de voto para Julier, da maior...

Na contramão dos investimentos

jose wenceslau 400 curtinha   Ao invés de reconhecer e aplaudir a iniciativa do governo estadual, que anunciou investimentos de R$ 9,5 bilhões em obras e ações, sendo R$ 6 bilhões (63%) de recursos próprios, a Fecomércio-MT, sob José Wenceslau Júnior (foto), reagiu com críticas....

Filho de ex-deputado rumo a vereador

willy taborelli 400   O coronel PM da reserva e ex-deputado estadual Perry Taborelli, que concorreu e perdeu para prefeito de Várzea Grande em 2016, lançou de novo o filho à cadeira de vereador. Trata-se do jovem advogado Willy Jacyntho Taborelli (foto), de 32 anos. Desta vez, ele concorre pelo PV. Na eleição...

Beto vê aliado como mais preparado

wellington marcos 400   O prefeito de Barra do Garças, Beto Farias (MDB), tem sido um cabo eleitoral fundamental para o candidato à sucessão municipal, advogado e atual vice-prefeito Wellington Marcos (foto), do DEM. Beto, que está concluindo o segundo mandato consecutivo com 80% de aprovação popular,...

Produtores e a unificação de eleições

antonio galvan 400 curtinha   Mato Grosso pode ter três eleições no mesmo dia, 15 de novembro. Isso porque, além das municipais e a suplementar ao Senado, alguns produtores rurais se movimentam para que a escolha do novo presidente da Aprosoja também seja na mesma data das eleitorais. Inicialmente, o pleito da...