Últimas

Segunda-Feira, 29 de Setembro de 2008, 17h:01 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:21

CONFUSÃO

Cadeia de candidato é tombada durante debate


Candidato do PPS, Hélio Silva, reclama do ato de vandalismo
Foto: Vívian Lessa

  A cadeia improvisada na carroceria de um Pampa, da campanha a vereador de Hélio Silva (PPS), foi tombada junto com o veículo neste domingo à noite, enquanto o socialista acompanhava, em frente ao prédio da TV Record Canal 10, no bairro Consil, o debate entre os cinco concorrentes à Prefeitura da Capital. Apelidado de Caça-Corrupto, Hélio concorre às eleições pela segunda vez. Sua campanha mira na conscientização do eleitor no combate à corrupção.

  Por onde passa com seu velho Pampa, ele acaba chamando atenção. Na carroceira do veículo carrega bonecos, simulando políticos corruptos presos numa "cela". Ele conta que foi à sede da Record para acompanhar de perto o confronto entre os candidatos majoritários. Deixou o veículo estacionado próximo à TV e também de uma viatura da Rotam. Por volta de 21h30, enquanto o debate "esquentava" com troca de farpas entre os candidatos, vândalos tombavam o carro de Hélio.

   Um amigo o avisou. Quando chegou ao local, o Pampa já tinha sido destombado. Hélio revela que ficou revoltado, primeiro, por causa do ato criminoso de algumas pessoas cuja identificação desconhece e, segundo, porque os policiais militares que foram acionados para registrar o incidente não deram tanta importância ao caso.

  Foi orientado a procurar o Centro Integrado de Segurança e Cidadania (Cisc), do bairro Verdão, para registrar Boletim de Ocorrência, o que não pôde ser feito, já que seu carro estava comprometido por causa do tombamento. "Isso parece ser uma demonstração de forças de gupos que comandam o crime organizado e a corrupção. Por saberem do meu trabalho, tentam de alguma forma me impedir", acredita Hélio Silva, que em 2006 concorreu, sem êxito, a deputado federal com o mesmo slogan de campanha.

  Ele suspeita também que o ato de vandalismo tenha partido de alguém descontente com o fato de ter publicado charge em seu site de campanha, com críticas à postura de parlamentares acusados de corrupção. "Muita coincidência, não?", afirma o candidato do PPS. (Lisânia Ghisi)

No play veja as imagens do "Caça-Corrupto" no chão e destombado

Postar um novo comentário

Comentários (12)

  • Marta Alves | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Somente a vontade de mudar o que está posto não basta. É preciso fazer como esse senhor Hélio que põe acara a tapa em prol de algo que realmente acredita. Fazer críticas à forma de campanha que ele adotou é muito fácil, difícil é encontrar pessoas dispostas a, pelo menos, tentar mudar essa PALHAÇADA que se tornou a campanha eleitoral, onde os candidatos recorrem a cadastros para se eleger.
    Isso sim é vergonhoso.

  • CARLOS RCOBERTO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    BEM FEITO, QUEM SABE AGORA ESSE PALHAÇO VAI TRABALHAR.

  • RODOLPHO DA SILVA | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Helio Silva vc pode até ter boas intenções, mais de boas intenções o inferno tá cheio, pegue o Partido em que vc é candidato e veja quantos corruptos tem, então vc está no partido errado, a sua proposta até foi boa mais me mostre quais os corruptos que estão presos e ai que os internautas tem razão de achar que foi vc mesmo que virou essa carroça por isso que hoje a sociedade discute propostas de geração de empregos, fiscalização na saúde e educação e segurança no nosso dia dia, Helio acho que seu sonho acabaou 400 votos é muito para quem não tem propostas. Cadeia é para p...p....p certo ok.

  • Anderson Marques | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Esse Helio é um palhaço mesmo, chega disso e faz uma politica decente meu rapaz, aposto que não vai ter 400 votos...

  • natalia | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Sr Helio se politico não presta, é corrupto porque o Sr, quer ser um deles, porque em vez de ser candidato a qualquer custo não faz concurso pro Ministério Público, ai sim o Sr vai poder cassar corrupto, agora se aliar a eles e tornar um deles fica dificil.

  • marcelo pires | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    esse ato só pode ser coisa do pessoal de Wilson Santos é a cara deles.

  • Mesias | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O circo desabou !!!! Falta nenhuma ira fazer para a politica

  • Palhaço de verdade | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Rapaz, deixa a profissão de palhaço em paz, não aguentamos essa concorrência. Vc faz palhaçada e ainda ganha espaço nos jornai... Nós palhaços de verdade temos que contentar com o salário do circo. Será que não foi vc quem virou esse carro para aparecer... fala sério..

    Quanto a sua candidatura, se tiver 400 votos é muito. Não estou gorando, mas conta pra gente, quais suas ações contra a corrupção vc já fez, a não ser desfilar com esse carro. Sei que vc é empresário e tm quase 1 milhão de patrimônio... Aí quando chega a eleição vem com essa lorota toda...

    Pára com essa palhaçada!

  • Agnello | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Que esse Hélio é um tremendo de um babaca e demagogo não é novidade para ninguém, agora dai a destruir seu carro há uma diferença muito grande.

    Não se combate estupidez com estupidez!

  • Paulo Grüm | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Será que não foi o próprio candidato que o fez para ganhar manchetes ? Este é daquele tipo que vive do rídiculo, sua audiência vem daí..

    Quanto mais aparecer melhor, mesmo que vêem ele como vítima e pobre coitado. O interessante é que aconteceu num debate, a poucos dias da eleição e na frente de jornalistas..

    Pau neles !

PTB perdeu uns, mas ganhou outros

emanuelzinho 400   Em Várzea Grande, enquanto alguns militantes do PTB, puxados pelo secretário jaymista Silvio Fidelis foram para os braços do candidato a prefeito Kalil Baracat (MDB), que tem Hazama (DEM) de vice, militantes de outras legendas decidiram abraçar a candidatura do petebista Emanuelzinho (foto). São...

PT de Cuiabá passivo; ROO, autêntico

kleber amorim 400 curtinha   O PT de Rondonópolis se organizou melhor, mobilizou a militância, se tornando mais autêntico do que o núcleo petista de Cuiabá. Para se ter ideia, o partido, numa posição de coragem e levando preocupação ao prefeito Zé do Pátio, que tinha...

DEM é "suprapartidário" em Cuiabá

wilson santos, 400 curtinha   Para uns, o DEM de Cuiabá se tornou "suprapartidário". Para outros, um partido de aluguel. Além de não ter cabeça de chapa para prefeito, o partido do governador Mauro e dos irmãos Júlio e Jayme Campos enfrenta uma situação inusitada de concorrentes...

Diretório do Podemos-VG dissolvido

mara podemos curtinha 400   A direção estadual do Podemos, sob o deputado José Medeiros, destituiu o diretório municipal de Várzea Grande e anulou o encaminhamento para apoio a Kalil Baracat a prefeito. Agora sob comando provisório da professora Wilcimara Carnelós, a Mara (foto), que está na...

Silvio provoca debandada no PTB-VG

silvio fidelis 400 curtinha   Silvio Fidélis (foto), afilhado político de Chico Galindo e que se tornou fiel escudeiro da prefeita várzea-grande Lucimar Campos, de cuja gestão é secretário de Educação, provocou debandada geral no PTB local. Inconformado com a decisão de Emanuelzinho de...

PTB tem 25 e deve eleger 2 à Câmara

misael galvao 400 curtinha   O PTB lançou 25 nomes a vereador em Cuiabá. E a tendência é de eleger entre um e dois. As maiores apostas são os seus próprios vereadores: Misael Galvão (foto) e Adevair Cabral, respectivamente, presidente e primeiro-secretário da Mesa Diretora da Câmara....

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.