Últimas

Sexta-Feira, 26 de Outubro de 2007, 07h:10 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

DEBATE

Cai a máscara de parlamentar paladino da ética

  * Antes, quando foi candidato a prefeito de Cuiabá, em 2004, ele fez uma campanha com discurso da ética, da transparência e da moralidade. Hoje, enfrenta acusação de ter apresentado documentos falsos à Justiça Eleitoral e de ter recorrido à caixa 2.

  * Antes, fazia oposição a Blairo Maggi (PR) e na campanha de 2002, quando o enfrentou nas urnas, acusava o rei da soja de destruir o meio ambiente. Hoje é tão aliado do governador que se transformou em seu vice-líder na Assembléia.

   * Antes, era contra composição com o governo Maggi e combatia qualquer tentativa de aliança. Hoje, é governista de carteirinha.  

   * Antes, enquanto presidente estadual do PT, pediu a cassação do mandato dos deputados José Riva (PP) e Humberto Bosaipo (DEM) na Comissão de Ética da Assembléia por atos de improbidade administrativa. Fez até campanha e liderou um movimento pró-cassação, chegando a lavar a calçada da antiga sede da AL. Hoje se omite. Convive com Riva e Bosaipo no mesmo ambiente.

    * Antes, movia uma ação por calúnia, injúria e difamação contra o adversário político Wilson Santos (PSDB), prefeito de Cuiabá. Hoje, o processo não existe mais. Concordou em arquivá-lo mediante acordo judicial.

    São com essas posições dúbias e posturas contraditórias que o procurador do Estado e hoje deputado estadual Alexandre Cesar se inseriu e milita na vida pública. Primeiro, tentou sem êxito, as cadeiras de vice-prefeito da Capital, em 2000, e de governador, em 2002. Até então era o paladino da moralidade. Já no ano passado, sob acusações, ficou na primeira suplência de deputado estadual ao obter 18.412 votos. Alexandre está parlamentar em substituição ao titular Ságuas Moraes, que virou secretário de Estado de Educação após o PT selar aliança com o governo Maggi, sob pretexto de que este virou parceiro do presidente Lula.

    Máscara

   Aos poucos, a máscara de Alexandre foi caindo. A última que o levou à lona se deu na sessão do Tribunal Regional Eleitoral desta quinta, quando o Pleno, por 4 a 2, acatou a representação do Ministério Público Eleitoral. Agora, o deputado petista virou réu e responderá a processo criminal. Está sujeito até à prisão e corre risco de perder direitos político por ter apresentado formalmente uma despesa de campanha de R$ 964 mil, quando, em verdade, gastou mais de R$ 3 milhões.

Postar um novo comentário

Comentários (21)

  • PEDRO PAULO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Esse Alexandre nunca me enganou, um tremendo picareta. Pergunto, somente o Alexandre pratica esse tipo de ato, sera que o pessoal do PT (S.Marly, Abilcaliu, Verinha etc) nao fizeram o mesmo de Alexandre, pois, esse pessoal tinha mala preta na epoca da campanha. Quem ja esqueceu do Waldebran Padilha, o Aloprado. Cade o Ministerio Publico do TRE-MT, acordam.

  • LUIZ BENEDITO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Grande novidade, esse pessoal do PT nao engana ningem. Fico imaginando, e o Abicaliu, S.Marly, Saguas, Verinha, sera que a prestacao de ocntas desse turma nao esta na mesma do Alexandre. O Ministerio Publico poderia bem dar uma olhada nessas prestacoes de contas, pois Abicaliu por exemplo era muito amigo do Waldebram (Aloprado), aquele que foi denunciado com malas de dinheiro do Petismo de brasilia. Poderia o M.P. do TRE acordar e fazer um pente fino nas prestacoes de contas desses deputados tambem, nao ficando apenas no Alexandre Cesar, esse deve ser peixe pequeno.

  • Ernesto Silvestre | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Esse Alexandre nunca enganou ninguém que o conhece. è um oportunista, pseudo-socialista, e agora, um vassalo dos grandes latifundiários, coisa que ele dizia que combatia quando militante do pt. Ele, ao lado do seu assessor paulão, são experts em maracutaias e desvio de dinheiro da campanha eleitoral. Lugar desses cidadãos seria a cadeia, se fosse o Brasil um país sério. Infelizmente ele é apenas mais um lobo mal tranvestido de deputado, ávido de assumir o poder para "gerenciar" o dinheiro público e que felizmente foi agora desmascarado pela justiça eleitoral. Vocês já imaginaram um camarada desses prefeito de cuiabá, para onde será que as finanças da cidade iria parar???

  • J Alves | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Essas figuras do PT são todas iguais, demagogos de carteirinha.
    Esse Alexandre representa bem a moral e a ética do PT, nós colocamos eles lá no poder, mas na próxima eleição vamos tira-los.
    Acho que eles só servem para fazer criticas ao PSDB, e namorar o rei do desmantamento.
    Na verdade vocês já conseguiram seu objetivo: ENGANAR O POVO.

  • Cláudio | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Este é o PT.
    Agora não foi só a máscara do Alexandre que caiu. E a da Seris? E a do Lula?

  • valmir molina | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Esse é o retrato de todo PT.Agora,junto com os botinudos estão querendo lançar o Abicalil prefeito de cuiabá.Vamos dar um basta nessa turma.

  • Amado Amador | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Realmente, soube de coisas durante a campanha do Alexandre que decepcionou-me, mas, sou sincero, isso não impediu-me de continuar gostando desse moço, debito esse desvio a coordenação da campanha, não que ele não tenha culpa disso, aliás, temia que o grupo executivo da campanha viesse a compor o staff municipal. Enfim, o Alexandre César é jovem, creio que aprenderá com os erros e estarei por aqui para apoiá-lo.

  • Edw | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Esses são nossos governantes !!!! Que vergonha !!!

  • Gilmar | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Realmente as mudanças de postura e atitudes foram muito rapidas. vejam quais os Juizes votaram com ele, tudo a ver com o comportamento dele na AL. Será que ele vai voltar a ser o mesmo; combativo, atuante e ter a corragem de investigar os escândalos da AL.
    Vamos torcer para que o TRE adote as mesmas medidas com os processos de cassação que estão tramitando a passos de Tartaruga, á diferença é que os acusados são influentes e alguns deles alegam perseguição. Pode!!!!!!

  • Rita | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    A sorte do PT é que a oposição não são eles, senão já teriam extinto o partido e feito impichman da maioria dos chefes de poderes do pais....
    Quem sabe um dia vão ter vergonha do que fazem para os pobres trabalhadores brasileiros!!!

2 da AL em chapas distintas à AMM

nininho 400   Dois deputados estaduais estão divididos em chapas de honra da eleição da AMM, que acontece no próximo dia 15. O curioso é que Ondanir Bortolini, o Nininho (foto), filiado ao PSD e hoje presidente de honra da entidade comandada pelo segundo mandato consecutivo por Neurilan Fraga (PL), caiu fora da...

Trentini perde de novo para Pitucha

roland trentini 400 curtinha   Na queda-de-braço nos bastidores, o ex-prefeito por três mandatos de Alto Garças, Roland Trentini (foto), perdeu de novo para o rival político histórico, o também ex-prefeito Júnior Pitucha. Ambos, que já protagonizaram disputas acirradas, tensas e...

2 maiores líderes sob crise partidária

mauro mendes 400 curtinha   Os dois maiores chefes de Executivos em MT hoje enfrentam problemas partidários internamente. O governador Mauro Mendes (foto), mesmo sendo a principal estrela do DEM no Estado, não está confortável dentro do partido por causa de conflitos com os irmãos Júlio e Jayme Campos....

MM e deputados derrotados do MDB

carlos bezerra 400 curtinha   Por coincidência, deputados do MDB que tiveram seus candidatos derrotados nas urnas estão de afagos com o governador Mauro. E até convidaram-no para deixar o DEM e migrar para o MDB, numa articulação do cacicão do partido, o federal Carlos Bezerra (foto), que puxou a corda da...

Os Maia fincam força no Legislativo

silvio maia 400   O ex-prefeito por quatro vezes de Alto Araguaia, Maia Neto, perdeu nas urnas na majoritária, mas ganhou na proporcional. De um lado, a irmã Martha Maia, seu braço-direito durante todos os mandatos, foi derrotada à prefeita por Gustavo Melo, que se reelegeu. Por outro, Maia Neto viu dois dos seus...

Reeleito, Gustavo derruba o clã Maia

gustavo melo 400   O jovem prefeito de Alto Araguaia, Gustavo de Melo (foto), de 36 anos, manteve mesmo o "apertado" favoritismo, conforme mostrou na reta final a pesquisa do instituto Analisando, e derrotou o clã Maia. Venceu por 962 votos de diferença. Filiado ao PSB, Gustavo chegou a 4.805, enquanto Martha Maia (PP) registrou 3.840...