Últimas

Quarta-Feira, 24 de Junho de 2009, 09h:13 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:23

INVESTIGAÇÃO

Câmara fatura produtos odontológicos com notas frias

   Entre as notas clonadas da JF Indústria Comércio e Serviços de Móveis Ltda, com o nome fantasia Masterflex, que atua no ramo de móveis, há algumas que chamam a atenção por apresentar dados intrigantes, como uma suposta venda de materiais odontológicos à Câmara de Cuiabá, na gestão Chica Nunes (PSDB). Os documentos supostamente fraudados compõem a prestação de contas da hoje deputada estadual. Ela presidiu o legislativo cuiabano de 2005 a 20006.

   A nota fiscal 000036, que em tese foi emitida em 22 de setembro de 2006 à Câmara, traz discriminada 22 caixas de gazes, 23 caixas de I.V.F. forração líquida, 22 caixas I.V. F. forração em pó, 41 luvas cirúrgicas, 13 pinças de dente, 30 caixas de revelador, 15 caixas de LVP degermante e 30 PVP tópico, totalizando gastos de R$ 28,4 mil. O curioso é que a mesma nota havia sido emitida pela Masterflex à Vila Real Distribuidora de Peças, em 16 de setembro de 2004. Neste caso, foram vendidos uma poltrona e um armário, que custaram R$ 499. A nota emitida à Câmara faz parte de um total de 11 documentos clonados, que totalizaram mais de R$ 500 mil em supostas compras.

   Alguns detalhes diferenciam a nota original da clonada. O documento oficial possui logomarca da empresa, endereço, CEP e telefone. Já na fraudada são verificados erros grosseiros já que não há sequer a logomarca da empresa. Além disso ao invés de Jardim Ubatuba, a empresa se localizaria no Jardim Ubata. Não estão presentes ainda dados como o CEP e/ou telefone de contato.

   Os documentos compõem um processo indenizatório com mais de duas mil páginas, movido contra a Câmara Municipal de Cuiabá pelo empresário Antônio Jeferson Chaves de Figueiredo, proprietário da  Masterflex. Ele ingressou com ação junto a 5ª Vara Criminal de Cuiabá, pedindo R$ 33 milhões de indenização, depois que seu nome foi envolvido em um suposto esquema fraudulento durante a gestão Chica Nunes, acusada de desviar R$ 6 milhões. O empresário garante nunca ter vendido diretamente para o Legislativo cuiabano, mas somente para o ex-vereador Helny de Paula (PR) – saiba mais aqui. Entre os réus do processo estão Chica Nunes, o seu marido e prefeito de Barão do Melgaço, Marcelo Ribeiro, além do ex-primeiro-secretário e ex-presidente da Câmara Lutero Ponce (PMDB), e ainda o Banco do Brasil, a Câmara Municipal e a Prefeitura de Cuiabá. (Patrícia Sanches)

Postar um novo comentário

Comentários (8)

  • januario@hotmail.com | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    isso é uma vergonha nos queremos uma resposta plausivel e qual sera a punição para o s envolvidos..???????????

  • ANTONIO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    - QUANDO VEMOS QUE A POLICIA PEDIU A PRISÃO DOS ENVOLVIDOS, NÃO FOI A TOA, AGORA NOSSAS AUTORIDADES O QUE DIZER DISSO TUDO, NA POLICIA NÃO TEM MOLEQUES, SÃO PROFISSIONAIS E PARA SER POLICIAL NÃO É SÓ DIPLOMA TEM QUE GOSTAR, POR QUE OS GRANDES DA JUSTIÇA NÃO OS VALORIZAM E COM ISSO EJO QUE SÃO HUMILHADOS POR RELEVENATES SERVIÇOS COMO O QUE ESTA AQUI. PARABENS A POLICIA, QUANTO AOS NOSSOS DEUSES DAS LEIS, SÓ VEJO FRACASSO.

  • altamiro Maia | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Isto é uma vergonha para o nosso estado, quando é que vão começar a limpar a casa. estamos de olho.

  • Vanessa de moura | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Este Jeferson afilhado de Thelma de Oliveira e Edésio Ribeiro ( ex-Presidente da Junta comercial, devia era ter vergonha, enjooei de cruzar com esse cidadão no saguão da Camara sempre acompanhado do Rui seu ex sócio. O que tanto ele fazia pelas bandas de lá? Santo ele não é, inclusive agora tá super falido pois com o governo Maggi acabou a boquinha de ganhar dinheiro fácil, quer se fazer valer, de extorquir o Marcelo, a Chica entre outros se posando de santinho. Acorda Jeferson, já participei de licitações com vc e sei do seu perfil. Seja decente e recomeçe a vida só vence quem trabalha meu véio.Fui.

  • Pedro Paulo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • Gilmar Maldonado Roman | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É apenas mais uma da Câmara de Cuiaba!

  • GONÇALINA BEIRA RIO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    A VOZ ROUCA DAS RUAS PERGUNTA? AFINAL PARA QUE A SOCIEDADE PAGA O TRIBUNAL DE FAZ DE CONTA E O MINISTERIO PUBLICO???

    CADÉ OS HOMENS DESSAS INSTITUIÇÕES,OU SÃO COVARDES,MEDROSOS,OU SÃO FARINHA DO MESMO SACO DOS CORRUPTOS.

    A QUANTO TEMPO ISSO ESTÁ CORRENDO E NINGUEM PEGA,AINDA BEM QUE A CÂMARA MUNICIPAL DE CUIABÁ HOJE TEM NA SUA PRESIDENCIA UM HOMEM DE FATO,SEM MEDO E SEM COMPROMISSO COM IMPROBIDADE.

    VÁ EM FRENTE PRESIDENTE DEUCIMAR O POVO DECENTE DESTA TERRA ESTÁ AO SEU LADO,NÃO TENHA DESSES BATEDORES DE CARTEIRA,LUTERO,CHICA NUNES,MARCELO RIBEIRO E SEUS ASSECLAS.

  • kaka | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Ainda estes dias eu ouvi no BOM DIA MT que uma mulher grávida em Rondonópolis foi condenada em regime fechado a 06 ( SEIS ) anos por roubar um celular !!! Quantos anos será que caberia a essa DEPUTADA ? Ha.......esqueci, ela tem IMUNIDADE PARLAMENTAR, ......esqueçam !!! Desculpem a minha ignorância !!! Boa noite a todos !!

Hospital cobra R$ 2,4 mi da prefeitura

luiz carlos pereira 400 tce   O Instituto de Saúde Santa Rosa recorreu ao TCE, na esperança de encontrar respaldo para receber R$ 2,4 milhões da secretaria de Saúde da Capital. Argumenta que a prefeitura, com quem mantém contrato desde 2019, está inadimplente, pois não teria pago integralmente os...

Definido novo presidente do Sanear

hermes avila 400   O prefeito Zé do Pátio nomeou à presidência do Serviço de Saneamento Ambiental de Rondonópolis (Sanear) o engenheiro Hermes Ávila de Castro (foto), que tende a se efetivar no cargo. Hermes ocupa a cadeira que, desde janeiro de 2017, pertencia à Terezinha Silva de Souza,...

Afilhado de Bezerra nomeado adjunto

clovis cardoso 400   O MDB, sob o cacique político Carlos Bezerra, "emplacou" mais um filiado histórico em cargo relevante na gestão Mauro Mendes. O advogado e ex-superintendente regional do Incra-MT, Clovis Figueiredo Cardoso (foto), foi indicado e já nomeado para o cargo de secretário-adjunto de Agricultura...

MPE suspende censo previdenciário

jose antonio borges 400 curtinha   O procurador-geral de Justiça, promotor José Antonio Borges (foto), suspendeu o censo previdenciário cadastral dos membros e servidores inativos e pensionistas do MPE. O recadastramento deveria ter iniciado no último dia 11 para ser concluído no final de fevereiro. Borges tomou...

Juca e os 7 secretários da Câmara

andre pozetti 400 curtinha   O presidente Juca do Guaraná definiu sete dos nove secretários que vão ajudá-lo a administrar a Câmara de Cuiabá. O secretário de Administração é Bolanger José de Almeida. O coronel PM da reserva Edson Leite conduz o Patrimônio e...

Morre mais um pastor da Assembleia

pastor jose alves de jesus 400   A Covid-19 transforma mais um pastor da Igreja Assembleia de Deus em vítima fatal. Morreu nesta terça José Alves de Jesus (foto), que presidia há vários anos o Campo Eclesiástico Autônomo da Igreja de Primavera do Leste e região. Ele estava hospitalizado com o...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT optou pela implantação do BRT em Cuiabá-VG em detrimento do VLT. O que você acha disso?

Estou de acordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.