Últimas

Segunda-Feira, 24 de Agosto de 2009, 19h:42 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:24

OPERAÇÃO PLUMA

Camilão trazia pistoleiros do Nordeste para agir em MT

   Depoimentos de assentados a promotores do Gaeco revelam que há dois grupos armados na região do Vale do Araguaia, sendo um comandado pelo bioquímico de Confresa, Camilo de Lelis Brasileiro Pereira, o Camilão. Ele atuaria junto com o ex-prefeito de Porto Alegre do Norte, Luiz Carlos Machado, o Luiz Bang, que já ocupou o posto de 5º pistoleiro mais perigoso do país. “O outro (grupo) é dirigido pelo doutor Iron e Lourival, cunhado de Iron. Gilbertão (Gilberto Luiz Rezende) é ligado ao grupo de Camilo”, aponta um dos promotores.

   Camilão figura no relatório como um dos responsáveis pela contratação de pistoleiros para a facção do subtenente Moreira, além de atuar no tráfico de drogas. Também seria o intermediário entre os comandantes da Polícia Militar e os proprietários das fazendas invadidas. De acordo com os promotores, Camilão atuava como “ponte” entre o coronel Elierson Metello de Siqueira e fazendeiros. Também contrataria desempregados do Nordeste para atuar como pistoleiros, que invadiram pequenas propriedades rurais. Em seguida, Camilo forçaria, por meio de ameaças, a venda do lote por preço inferior ao de mercado. 

   Depoimento de Aparecida Barbosa da Silva revela que Camilão e Luiz Bang ameaçam juízes da região. Um dos promotores relata indícios de que o então presidente da Câmara de Vila Rica, Cláudio Estrada, ex-policial militar, tenha ligação com Luiz Bang e Camilo. “Grandes escritórios de advocacia de Goiânia atuam em processos de liminares e possessórios e o escritório Bertim de Cuiabá. Juízes sérios estão atuando e recebendo ameaças e o Dr. Roman (delegado) concluiu que Luiz Bang e Camilo são os autores das ameaças”. O bioquímico atuaria na contratação dos militares que invadiam e, depois, eram contratados para fazer a segurança das fazendas.(Andréa Haddad)

Postar um novo comentário

Comentários (9)

  • bastião | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    será que este oficias citados tem algum previlegio com o comando geral PORQUE SÃO AS MESMA FIGURINHA DE SEMPRE APRONTANDO NO GOVERNO É NADA ACONTECE

  • paulo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    é por isso que não sai do comando, se sai vai cair muitos cacíque,anos passdo ele era adjunto depois sumiu o geral era pra ficar dois anos não foi trocado, aí não mehora mesmo?o governado nesse mato tem coelho.parabéns rdnews.

  • Pedro Costa Assunção | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Concordo com voce 1º comentarista, tem coronel que foi comandante daqui de Barra, foi comandante adjunto da PM, e está mais de 02 anos como comandante, não sabia de nada, e não tomou nenhuma providencia. NESSE MATO TEM CACHORRO.

    E É DOS GRANDES, QUEM VIVER VERÁ. É POR ISSO QUE NÃO SAI, ESTÁ SEGURANDO BRONCA DE ALGUÉM MAIOR QUE ELE.

  • Fernandes Arcanjo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Esse metello já estava sendo investigado por grilagem de terra, e mesmo assim foi promovido por merecimento.

    O irmão está sendo investigado por desvio de combustível de viaturas, e foi promovido ontem por merecimento.

    Outro está sendo investigado por desvio de dinheiro do quartel, e já há articulação para ser promovido por merecimento.

    Então concluo que o que devo FAZER PARA SER PROMOVIDO, E AINDA POR MERECIMENTO.

  • Adalzira Marques | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Por que será que os praças estão aposentado com 25 anos proporcionalmente de serviço perdendo dinheiro, e os oficiais estão aposentando com mais de 30 anos, mesmo perdendo dinheiro na ativa (porque o desconto previdenciário do aposentado é menor).

    Uma simples pensada, BASTA.

    C-F, L, J-R., F, B e F, reflitam nisso.

  • Paulo Roberto de Oliveira | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    A mais menos uns 21 anos atrás, na gloriosa PM,
    de soldado a cel. ninguém era promovido se esti-
    vesse sub-judíce ou seja processado, era promo-
    vido, e perdurava ate que o PM em questão não
    resolvesse sua pendega com a Justiça.
    Conseguiram derrubar essa lei do Estatuto da PM.
    Enquanto essa lei vigorava, era difícil um PM de um modo geral cometer um ato ilicíto, pois ficavam com medo de perder a sua promoção.
    Felismente 95% da corporação é formada por pessoas honestas, confíavel e que ama a sua
    profissão.

  • Jacyara - Observando a falencia das esco | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Desculpe-me Maia e Novacki, não resisti, tenho que responder ao Fernandes Arcanjo, que quer saber como pode ser promovido por merecimento.

    Meu caro Fernandes Arcanjo, solicito que enderese sua propositura aos dois oficiais, acima sitados, que são o melhor exemplo de promoção por merecimento.
    Depois deles as portas se escancararam.

    Os endereços são: Casa militar e Gabinete Civil. CPA - Cbá-MT.

  • Fernades Arcanjo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • Andressa Vitória | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Quando que a PF vai fazer outra investida de prisões dos oficiais comandantes da PM.

    Tem muito mais a serem presos, segurança de fazenda, grilagem e pistolagem sempre existiu até hoje 25/08/2009.

    Cáceres - Juina - B. Garças.

EP na batalha por vacinas e insumos

emanuel pinheiro 400 O prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro (foto) entrega nesta segunda (8) PL para a aquisição de vacinas para combate à Covid-19, medicamentos, insumos e equipamentos. O documento foi elaborado pela Frente Nacional dos Prefeitos (FNP) e será votado na Câmara. Esse é mais um movimento...

Fúrio volta à carga contra secretário

celio furio 400 curtinha Depois de se enganar ao abrir investigação contra o secretário de Saúde Gilberto Figueiredo e ter de pedir desculpas, o promotor Célio Fúrio (foto) voltou à carga. Fúrio entrou na Justiça para que Gilberto seja condenado à perda da função...

TJ e posse em cartórios após 7 anos

maria helena _ curtinha O Tribunal de Justiça, sob Maria Helena (foto), marcou para 31 de março a posse coletiva dos aprovados no concurso para os cartórios extrajudiciais de Mato Grosso. O certame vem se arrastando desde 2013 e foi interrompido diversas vezes por causa de recursos judiciais de concorrentes inconformados com os...

Setores vivem tensão e são castigados

Gilberto Figueiredo Artigo O governo acerta ao estender o horários de funcionamento dos supermercados. Afinal, desde que o decreto entrou em vigor, as filas se multiplicaram pela Capital, aumentando o risco de transmissão do novo coronavírus. Há a expectativa de que novas medidas possam ser tomadas diante do evidente colapso da...

Limpeza e obras no entorno da Arena 

Beto 2x1 400 curtinha   Apesar da Arena Pantanal ser um cartão postal do Estado, o entorno do estádio vive situação crítica com lixo nas ruas, episódios de esgoto à céu aberto e matagal. O secretário estadual de Esporte e Cultura, Beto 2 a 1 (foto), em visita ao Rdnews, assegura que os...

VI de R$ 18 mil garantida na Câmara

juca 400 curtinha A verba indenizatória de R$ 18 mil para os vereadores da Câmara de Cuiabá está garantida, pelo menos por enquanto. Depois de diversas ações judiciais, derrubando a alta indenização por gastos do mandato, os vereadores implantaram o benefício novamente em dezembro. O...