Últimas

Sexta-Feira, 13 de Julho de 2007, 08h:39 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:16

ARTICULAÇÃO

Campo Majoritário perde força dentro do PT

Sob as lideranças do deputado federal Carlos Abicalil e do estadual Alexandre Cesar, o Campo Majoritário e agora batizado de Articulação está sob ameaça. Mesmo com seus líderes ocupando cargos eletivos e vários postos na máquina pública, essa corrente também batizada de Unidade na luta vem perdendo força dentro do PT. No encontro do diretório municipal, realizado nos últimos dias 07 e 08, o grupo de Abicalil e Cesar não conseguiu motivar a presença de 50 dos 520 filiados necessários para dar quórum. Houve, inclusive, impasse e ameaça de pedido de nulidade do encontro.

   As divergências já são motivadas pelo processo de escolha da nova executiva petista e também por causa das eleições municipais de 2008. No encontro do último final de semana foram eleitos 13 delegados para o encontro estadual do PT, programado para o período de 30 de agosto a 1º de setembro, e também um para o congresso nacional, previsto para a primeira semana de setembro. O Campo Majoritário não conseguiu eleger a maioria dos delegados, uma prova do seu esvaziamento.

    Os escândalos políticos tanto em nível nacional quanto regional são as principais razões para o processo fraticida pelo qual passa a corrente majoritária. Desse grupo fazem parte figuras como o ex-presidente do partido e ex-ministro-chefe da Casa Civil, José Dirceu, e o ex-tesoureiro Delúbio Soares. Eles estão se rearticulando para retomarem o poder, com respaldo em Mato Grosso de Abicalil, Cesar e também do deputado licenciado Ságuas Moraes, atual secretário de Estado de Educação.

    Hoje, o PT regional está sob a senadora Serys Marly, que se diz independente. Agrega a seu grupo a ex-deputada Vera Araújo, que agora virou blairista, inclusive no cargo de secretária-adjunta da pasta da Educação. Outros grupos também se mobilizam, como Utopia e Vida, liderado pelo ex-deputado Gilney Viana e a vereadora Enelinda Scala; O Trabalho, do cacerense Domingos Sávio; e a Articulação de Esquerda, capitaneado por Jairo Rocha, presidente do diretório de Cuiabá.

      Confusão

     O grupo de Abicalil e Alexandre Cesar chegou a discutir a idéia de ingressar com recurso para anular o encontro de Cuiabá do último final de semana. Ocorre que seriam necessários a presença mínima de 520 filiados até 17h daquele sábado para validar o congresso que, no domingo, elegeria os 13 delegados. Como alguns chegaram de última hora para as inscrições, as lideranças tiveram que fazer um acordo e prorrogar o início para às 17h30, possibilitando, dessa forma, atingir quórum. Mesmo assim, houve contestação. Alguns do Campo Majoritário, como Abicalil, Cesar, Paulo Xavier, o Paulão, e Silbene Santana, esvaziaram o encontro municipal.

    As brigas internas sempre foram uma marca do PT. O problema é mergulham tanto nas discussões, nas conspirações e nas trocas de farpas e encontrma dificuldades de apresentar à sociedade boas alternativas para a disputa eleitoral. A carência de quadros é tanta, assim como se verifica nas outras legendas partidárias, que há convite para cooptar lideranças de fora do PT.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

IFMT e novo laboratório pra testagem

deiver 400 curtinha   Numa iniciativa inédita, o Campus do IFMT Cuiabá - Bela Vista, sob o diretor-geral Deiver Alessandro Teixeira (foto), terá um novo laboratório a ser utilizado para análise sorológica da Covid-19, através da pesquisa de IgG e IgM. A obra, orçada em R$ 1 milhão,...

Comitê chama órgãos fiscalizadores

emanuel pinheiro 400 curtinha   Para colocar fim às críticas sobre suposta falta de transparência na aplicação dos recursos transferidos a Cuiabá pelo governo federal com vistas ao enfrentamento à pandemia, o prefeito Emanuel Pinheiro (foto) determinou que seu secretário de Saúde, Luiz...

PT sob risco de não eleger ninguém

marcos viana 400 curtinha   Mesmo tendo cabeça de chapa para prefeito, no caso o ex-juiz federal Julier Sebastião da Silva, o PT dificilmente elege um vereador em Cuiabá no pleito deste ano. A chapa de pré-candidatos proporcionais é fraquíssima. O "grande" nome do partido é da professora Edna...

Único da família Oliveira pra vereador

luluca 400 curtinha   Na queda-de-braço entre irmãos, venceu, por enquanto, Luiz Arthur Oliveira Ribeiro, o Luluca (foto), que será candidato a vereador pelo MDB em Cuiabá, carregando o espólio político da família Oliveira. Irmão de Luluca, o ex-vereador Leonardo Oliveira, que procurou e...

2 nomes do DEM avaliam desistência

ivan evangelista 400 curtinha   A chapa de pré-candidatos do DEM a vereador pela Capital corre risco de sofrer duas baixas consideráveis. Os ex-vereadores Ivan Evangelista (foto), que atuou na Câmara por 13 anos, e Leonardo Oliveira, por dois mandatos, podem vir a desistir do teste das urnas. Mas, por enqanto, ambos garantem...

Sexto suplente na Câmara por um mês

aluizio leite 400 curtinha   Aluízio Leite (foto), filiado histórico do PV, tomou posse como vereador pela Capital na último dia 2. Mas vai ficar na cadeira por somente 31 dias, até o retorno do titular, delegado Marcos Veloso, que se afastou para cuidar de assuntos pessoais e hoje se encontra hospitalizado com...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Em Cuiabá, o prefeito suspendeu a decisão de implantar rodízio de veículos entre placas pares e ímpares devido à Covid-19. Mas quer debater a ideia. Você concorda com rodízio?

concordo

discordo

tanto faz

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.