Últimas

Sábado, 21 de Abril de 2007, 09h:10 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

VARIEDADES

Campos Neto assegura que só possui 3 bens

Campos Neto revela possuir somente três bens em seu nome, avaliados em cerca de R$ 150 mil. Tem um terreno em Chapada dos Guimarães, que ele próprio avalia em cerca de R$ 30 mil. Os outros dois são automóveis: Toyota Corolla, avaliada em R$ 42 mil, e uma Mitsubishi L-200 Sport, orçada em R$ 79 mil.

    O deputado Neto está no segundo mandato de deputado estadual. Ex-vereador e presidente da Câmara Municipal de Várzea Grande, conquistou mandato na Assembléia, em 2002, ao obter, pelo PFL (hoje DEM), 24.257 votos. Nas urnas do ano passado, se reelegeu, pelo PP, com 23.248 votos.

    Campos Neto tem como principal orientador e articulador de sua atuação na vida pública o próprio pai Ary Leite de Campos, ex-deputado e conselheiro do Tribunal de Contas do Estado. Em 2004, Neto teve a maior frustração de sua trajetória política. Saiu candidato a prefeito de Várzea Grande e, como estava em declínio nas pesquisas, desistiu a um mês das eleições. O PFL, então, lançou o hoje deputado estadual Wallace Guimarães, que perdeu para Murilo Domingos por uma diferença de apenas 588 votos.

    O deputado pepista busca agora superar o desgaste político da campanha de 2004. Já fala em candidatura a deputado federal em 2010.

  O RDNews já revelou, em detalhes, os bens oficiais dos oito deputados federais mato-grossenses (Wellington Fagundes, Pedro Henry, Thelma de Oliveira, Homero Pereira, Eliene Lima, Carlos Bezerra, Valtenir Pereira e Carlos Abicalil) e também de nove deputados estaduais (Sérgio Ricardo, Dilceu Dal Bosco, Adalto de Freitas, Ademir Brunetto, Chica Nunes, Gilmar Fabris, Percival Muniz, Humberto Bosaipo e José Riva). Agora, torna público o patrimônio que Campos Neto revelou à Justiça Eleitoral.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Vereadores de ROO e trocas de siglas

fabio cardozo 400 curtinha   Em Rondonópolis, praticamente a metade dos vereadores está aproveitando a janela, que se encerra neste sábado, para mudar de partido, e já com as atenções voltadas à reeleição. E, com a dança das cadeiras, o Solidariedade do prefeito Zé do...

Podemos absorve a turma do barulho

O Podemos conseguiu juntar no seu diretório em Cuiabá a turma do barulho. Dela fazem parte dois com mandatos cassados, Abílio Júnior, que perdeu a cadeira de vereador por quebra de decoro, e a senadora Selma Arruda, cassada por caixa 2 e abuso de poder econômico, mas que ainda continua no cargo. Selma impôs condições para seguir no partido. Chegou a negociar ida para o PSC. E ganhou a presidência municipal do Pode, forçando o...

Secretário, furtos e a incompetência

rodrigo metello 400 curtinha   O secretário de Transporte e Trânsito de Rondonópolis, Rodrigo Metello (foto), filiado ao MDB e pré-candidato a vereador, corre risco de ser acionado na Justiça por centenas de pessoas que tiveram motocicletas apreendidas e que depois acabaram furtadas do Pátio Rondon. O local...

Vereador na base e críticas a Leonardo

leonardo 400 curtinha   Chico 2000, vereador pela Capital, assegura que não procede a informação de que o seu Partido Liberal irá romper com o prefeito Emanuel, não o apoiando à reeleição. Segundo ele, foi Leonardo Oliveira (foto), que participou na quarta de uma reunião do...

Embates sobre a cadeira da discórdia

selma arruda curtinha 400   A cadeira da senadora Selma Arruda (foto), que está cassada há um ano mas, mesmo assim, continua no cargo, vem dividindo opinião de vários líderes políticos, uns torcendo logo para a Mesa do Senado decretar a vacância para Carlos Fávaro assumir a vaga, outros...

PL avisa Chico que não apoiará EP

chico 2000 curtinha   O vereador Chico 2000 (foto), único do PL na Câmara de Cuiabá e governista de carteirinha, se mostrou  desconfortável politicamente quando foi informado nesta quinta que a legenda liberal não vai apoiar a reeleição do prefeito Emanuel, do MDB. O partido é comandado no...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você concorda com a decisão de prefeitos, que começam a decretar estado de emergência, fechando comércio, serviços públicos e o transporte coletivo?

sim

não

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.