Últimas

Quinta-Feira, 08 de Outubro de 2009, 16h:55 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:24

ELEIÇÃO NA ORDEM

Candidato opositor, Scaravelli chama Stábile para debate

   O candidato da chapa OAB Independente, João Vicente Scaravelli, afirma que as declarações do adversário Cláudio Stábile, que o acusou de não conhecer a Ordem, não merecem sequer resposta. "Só quero dizer que isso é uma falácia. Ele (Stábile) não me conhece. Se me conhecesse saberia que minha família sempre esteve ligada à OAB", diz Scaravelli, em visita ao RDNews nesta quinta (8), acompanhado de um dos principais aliados da campanha, o advogado José Moreno. 

   Já sobre a acusação também disparada por Stábile de que o adversário não tem propostas concretas para apresentar à classe, Scaravelli sugere a realização de um debate público para que cada um mostre o que pretende realmente, caso vença a eleição.

   "Eu estou pronto, mas quero que todos os advogados entendam que o debate será entre eu e Stábile. Não quero saber de ninguém do grupo dele junto", desafia o candidato.

   Scaravelli voltou a acusar o adversário de utilizar a estrutura da OAB-MT em benefício da candidatura. "Quando eu resolvi disputar a presidência da OAB, eu me afastei da Caixa de Assistência ao Advogados do Estado, para que não houvesse dúvidas quanto aos meus atos. Ele, ao contrário, tem feito viagens pelo interior sob o argumento de que está prestando serviços, já que é diretor da Escola Superior da Advocacia da Ordem (ESA). Nestas ocasiões, Stábile tem feito campanha", contrapõe João Scaravelli.

   Sobre a gestão Francisco Faiad, que apóia Stábile, Scaravelli garante que é inadmissível que a equipe que dirige a instituição hoje utilize dos cargos para promover ações políticas.

   "Não vou dizer que é errado ser ligado a algum partido político, mas tem que saber separar essas coisas. Jamais deixaria que atos considerados políticos influenciassem na administração", diz, numa referência ao fato de Faiad ser declaradamente ligado ao PSDB do prefeito cuiabano Wilson Santos.

   Ele observa que, antes de se afastar da instituição, recebia inúmeras reclamações dos profissionais durante o período em que presidiu a Caixa. "(A Caixa) ficou dividida em dois muros. Um das lamentações e outro de lama". A eleição na OAB-MT acontece em 19 de novembro. A briga eleitoral se polariza ente o situacionista Stábile o oposicionista Scaravelli, enquanto correm por fora Pio da Silva e Hernan Gutierrez. Cada chapa deve se inscrever com 61 integrantes. Destes, 5 compõem os cargos de diretores, 44 na função de conselheiros estaduais, 5 como conselheiros federais e 7 como diretores da Caixa. (Flávia Borges)

Postar um novo comentário

Comentários (13)

  • Jose Oliveira | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Isso ae Scaravelli o convite ta feito dessa vez acho que o Faibile vira Stabile pelo menos por algumas horas.

  • Aparecido Almeida | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Muito bem candidato. É isso que está ocorrendo no interior do Estado. O Stábile com a trupe do Faiad está pedindo voto com uso da máquina. Isso tudo me fez mudar meu voto e optar pelo Scaravelli, honesto e competente. Ah, tb queremos debate!!!

  • Jose Oliveira | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Isso ae Scaravelli o convite ta feito dessa vez acho que o Faibile vira Stabile pelo menos por algumas horas.

  • marcio guedes | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • Carlos Costa | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Dúvido que o Stábile aceite o desafio do Scaravelli. Ele não tem coragem, não tem oratória, é péssimo de retórica. Vai sair correndo quando o Scaravelli fazer certas perguntas.

  • Marcos do Cerrado | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Stábile em debate???? Você só pode estar de brincadeira... Ele não consegue fazer nada, falar nada, muito menos debater sem o Faiad e o Ussiel do lado dele. Acho bom você procurar outra forma de campanha, porque desta o Faiabile e seu grupelho não topam de jeito nenhum.

  • Paulo Silvino | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Já estou louco pra assistir este debate. Quero ver o Cláudio se embananar todo, se enrolar, envaretar, travar, gagejar, chorar, assim como fez o Sr. Ussiel Tavares nas eleições de 1994 contra a Maria Helena Póvas. (quando ele perdeu e depois ajudou a colocar ela no TJ, contrariando seu grupo)

  • Dr. Márcio | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    STÁBILE, SEMPRE VC PRETENSO CANDIDATO FOI UMA MARIONETE, SEMPRE DESEJANDO SER DESEMBARGADOR, MAIS ESQUEÇEU DE COMBINAR COM OUTRAS PESSOAS, VC É UM CARA SECO, MENOSPREZA AS PESSOAS, E AGORA QUER DAR UMA DE BOM MOÇINHO SÓ PARA GANHAR A ELEIÇÃO. SAIBA DR CLAUDIO ELIZABETE II, QUE VOTAREMOS CONTRA ESSA CHAPA ARROGANTE, COMPOSTA POR OS GRANDES MANDATARIOS USSIEL, FAIAD, ULISSES RABANEDA, GEANDRE, RONIMARCIO, ESGAIB, E MUITOS OUTROS FALSOS.

  • Joaquim Fidelis | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Contra fatos não há argumentos! Scaravelli jogou toda a verdade na cara do Stábile e ele sabe que não tem como rebater. E agora Cláudio? Vai pedir ajuda ao Faiad e Ussiel, vai gritar, espernear? Vai inventar mentiras mais uma vez? Vai fazer beicinho?

  • Bruce Wayne | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Volto a repetir: Essa chapa é a do Escudo e da Escada.

    ESCUDO - Faiad usa a OAB como escudo!

    ESCADA - Stábile vai usar a OAB como escada.

    Abram os olhos, advogados.

Niuan de fora da suplência ao Senado

niuan ribeiro 400 curtinha   O deputado federal José Medeiros não conseguiu segurar o vice-prefeito de Cuiabá, Niuan Ribeiro (foto), como primeiro-suplente de sua chapa ao Senado. Há alguns dias, o filho do ex-vice-governador e ex-deputado Osvaldo Sobrinho vinha demonstrando desejo de pular fora, em meio a...

Jayme incomodado com Flávio em VG

jayme campos 400 curtinha   A candidatura a prefeito de Várzea Grande do empresário Flávio Frical (PSB), principal aposta da oposição, passou a incomodar a família Campos, que apoia o ex-vereador Kalil Baracat, concorrente ao Executivo pelo MDB. Em uma noite que seria de festa, em comemoração...

Acordo com Euclides partiu de Allan

allan kardec 400   Otaviano Pivetta, vice-governador licenciado por 30 dias para cuidar de problemas de saúde, disse que nada tem a ver com o tal acordo "costurado" pelo presidente regional do PDT, deputado Allan Kardec (foto), com Euclides Ribeiro, candidato a senador pelo Avante. Explica que só apresentou Euclides para Allan e...

Família Maia tenta retomar o poder

martha maia 400   O ex-prefeito de Alto Araguaia por quatro vezes, Maia Neto, não entrou na disputa de novo ao Executivo, mas lançou a irmã Martha Maia (foto), cuja filha Sylvia Maia é vereadora. Filiada ao PP, Martha entra como principal candidata da oposição ao prefeito Gustavo Melo, que vai à...

Welinton fará grande ato em Barra

welinton marcos 400 curtinha   Welinton Marcos (foto) lança sua candidatura a prefeito de Barra do Garças, na segunda (28), em um grande ato. Mesmo pelo sistema drive-in, devido à necessidade de adotar medidas sanitárias contra a Covid-19, são esperadas na solenidade cerca de mil pessoas, num espaço amplo,...

Irmão de Riva está na disputa em Juara

priminho riva 400 curtinha   O irmão do ex-deputado José Riva, Priminho Riva (foto), filiado ao PL, será mesmo candidato a prefeito em Juara, posto já ocupado por ele por duas vezes (1997/2004). Priminho pertence a uma famíliade políticos. Além de Riva, que foi prefeito e deputado, é...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.