Últimas

Sábado, 25 de Agosto de 2007, 07h:06 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:16

CONVENÇÃO DO PR

Candidatos devem deixar o governo em 4 meses

Helny sai da MTGás para buscar novo mandato; 4 secretários estão de olho em vaga de prefeito e de vereador 

   O presidente da MTGás, vereador Helny de Paula (PR), já arruma as gavetas para, dentro de quatro meses, deixar o governo estadual. Vai tentar à reeleição na Câmara Municipal de Cuiabá. A exemplo de Helny, ao menos quatro secretários e outros integrantes do segundo e terceiro escalões do governo Blairo Maggi também serão "convidados" a sair. A determinação é do próprio governador. Maggi avisou que até dezembro deseja que os pré-candidatos tanto a prefeito, a vice quanto a vereador se desvinculem da administração. Trata-se de uma medida preventiva para evitar uso da máquina para fins político-eleitoral.

    Além de Helny de Paula, eleito para primeiro mandato em 2004, com 4.315 votos, vários outros assessores do governo Maggi ensaiam candidaturas. Dos 24 secretários, quatro nomes estão na lista. João Carlos Vicente Ferreira (Cultura), por exemplo, trabalha pré-candidatura a vereador por Cuiabá. Filiado ao PR, ele recuou da idéia de concorrer à Prefeitura de Barão de Melgaço. Augustinho Moro (PR), apesar de desconversar sobre o assunto, está sendo incentivado a disputar a sucessão em Sapezal, município desbravado pela família Maggi. Ocorre que o prefeito César Maggi, primo do governador, não está muito empolgado com a possibilidade de tentar novo mandato.

    Neldo Egon Weirich (Desenvolvimento Rural) deve entrar no páreo à Prefeitura de Canarana. No ano passado, ele concorreu a deputado estadual. Teve 14.647 votos, o que lhe garantiu apenas a 9ª suplência da coligação PPS/PFL. Neldo está filiado ao DEM. Também deixa a primeiro escalão em dezembro Baiano Filho (Esportes e Lazer). Ele vai tentar, de novo, a Prefeitura de Sinop. Em 2004, perdeu para o tucano Nilson Leitão (PSDB). Ainda são citados como virtuais candidatos o secretário-adjunto da Fazenda, Júnior Bezerra (PMDB). Sobrinho do deputado federal Carlos Bezerra, Júnior é opção do partido para disputar cadeira de vereador por Rondonópolis, assim como Carlos Naves, que também ocupa cargo comissionado na Sefaz.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Candidato a reitor e 2 apoios fortes

dimorvan rui 400   O candidato de oposição a reitor do IFMT, Deiver Teixeira, recebeu dois apoios importantes. As manifestações de adesão à candidatura vieram dos professores Ruy Oliveira e Dimorvan Brescancim. Ruy foi candidato a reitor nos últimos dois pleitos e é um pesquisador...

Abílio e Medeiros rejeitam Fernanda

coronel fernanda 400 curtinha   Abílio Júnior e o deputado José Medeiros, presidente do Pode-MT e que foi derrotado para senador, querem distância da coronel Rubia Fernanda (foto) da campanha neste segundo turno em Cuiabá. Nos bastidores, comentam que não precisam da militar filiada ao Patriota e que ficou...

Com maioria na Câmara de Cáceres

eliene liberato 400 curtinha   A prefeita eleita de Cáceres Eliene Liberato (foto), que conquistou 15.881 votos (38,16% dos válidos), terá apoio da maioria dos 15 vereadores. Destes, oito garantiram cadeira pela coligação da própria Eliene, o que representa 53%. As duas maiores bancadas são do PSB de...

Gamba quer Tuti presidindo a Câmara

tuti 400 alta floresta curtinha   O prefeito eleito de Alta Floresta, Chico Gamba (PSDB), tem se articulado para eleger presidente da Câmara o vereador reeleito do seu partido, Oslen Dias dos Santos, o Tuti (foto), que obteve a segunda maior votação, com 814 votos. Na tentativa de convencer os novos integrantes da próxima...

Várzea Grande paga a folha já na 6ª

lucimar campos 400   A prefeita várzea-grandense Lucimar Campos, prestes a concluir o segundo mandato, anunciou que na sexta, a três dias de fechar o mês, conclui o pagamento da folha de novembro. E, nesta quarta (25), já libera a diferença da correção do piso federal para os professores. No total...

Críticas à busca do poder pelo poder

marcia pinheiro 400   Em um ato realizado na praça Alencastro, nesta segunda à noite, a primeira-dama de Cuiabá Marcia Pinheiro disparou críticas aos adversários do prefeito Emanuel, que busca a reeleição. Segundo ela, as alianças formadas por Abílio neste segundo turno são...

MAIS LIDAS