Últimas

Sábado, 25 de Agosto de 2007, 07h:06 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:16

CONVENÇÃO DO PR

Candidatos devem deixar o governo em 4 meses

Helny sai da MTGás para buscar novo mandato; 4 secretários estão de olho em vaga de prefeito e de vereador 

   O presidente da MTGás, vereador Helny de Paula (PR), já arruma as gavetas para, dentro de quatro meses, deixar o governo estadual. Vai tentar à reeleição na Câmara Municipal de Cuiabá. A exemplo de Helny, ao menos quatro secretários e outros integrantes do segundo e terceiro escalões do governo Blairo Maggi também serão "convidados" a sair. A determinação é do próprio governador. Maggi avisou que até dezembro deseja que os pré-candidatos tanto a prefeito, a vice quanto a vereador se desvinculem da administração. Trata-se de uma medida preventiva para evitar uso da máquina para fins político-eleitoral.

    Além de Helny de Paula, eleito para primeiro mandato em 2004, com 4.315 votos, vários outros assessores do governo Maggi ensaiam candidaturas. Dos 24 secretários, quatro nomes estão na lista. João Carlos Vicente Ferreira (Cultura), por exemplo, trabalha pré-candidatura a vereador por Cuiabá. Filiado ao PR, ele recuou da idéia de concorrer à Prefeitura de Barão de Melgaço. Augustinho Moro (PR), apesar de desconversar sobre o assunto, está sendo incentivado a disputar a sucessão em Sapezal, município desbravado pela família Maggi. Ocorre que o prefeito César Maggi, primo do governador, não está muito empolgado com a possibilidade de tentar novo mandato.

    Neldo Egon Weirich (Desenvolvimento Rural) deve entrar no páreo à Prefeitura de Canarana. No ano passado, ele concorreu a deputado estadual. Teve 14.647 votos, o que lhe garantiu apenas a 9ª suplência da coligação PPS/PFL. Neldo está filiado ao DEM. Também deixa a primeiro escalão em dezembro Baiano Filho (Esportes e Lazer). Ele vai tentar, de novo, a Prefeitura de Sinop. Em 2004, perdeu para o tucano Nilson Leitão (PSDB). Ainda são citados como virtuais candidatos o secretário-adjunto da Fazenda, Júnior Bezerra (PMDB). Sobrinho do deputado federal Carlos Bezerra, Júnior é opção do partido para disputar cadeira de vereador por Rondonópolis, assim como Carlos Naves, que também ocupa cargo comissionado na Sefaz.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Scheila assume APDM e cita projetos

scheila pedroso 400   Esposa do prefeito sinopense Roberto Dorner, Scheila Pedroso (foto), primeira-dama e secretária municipal de Assistência Social, passa a tocar, pelos próximos dois anos, a Associação para o Desenvolvimento Social dos Municípios de MT (APDM/MT). Ela promete juntar força com os...

Prefeito de Araputanga negocia praça

enilson rios prefeito 400 araputanga   O prefeito de Araputanga, Enilson Rios (foto), que ganhou as eleições do ano passado por uma diferença de apenas 56 votos sobre Joel Martins, com placar de 3.492 a 3.436, está no centro de uma polêmica. Ele aceitou uma proposta do Sicredi para utilização de um...

Barra recebe R$ 1,9 mi pra bancar UTIs

adison gon�alves 400   Em Barra do Garças, com 61 mil habitantes e 5.929 casos confirmados de Covid-19, inclusive com 207 mortes, incluindo 26 óbitos de indígenas em consequência da doença, o prefeito Adilson Gonçalves (foto) abriu crédito suplementar no orçamento de R$ 1,9...

De MT para USP; governo comemora

gabriel usp ribeiraozinho 400   O governador Mauro Mendes comemorou o fato do estudante Gabriel Rodrigues Ribeiro (foto), de 18 anos, morador de Ribeirãozinho, município mato-grossense com menos de três mil habitantes, ter conseguido ingresso no curso de medicina da USP, considerada a melhor universidade do país. Aos 18...

ICMS e R$ 150 mi a mais a municípios

rogerio gallo 400 curtinha   O secretário Rogério Gallo (foto), da Fazenda, assegura que o governo estadual já enviou para os municípios, no primeiro trimestre deste ano, R$ 150 milhões somente em ICMS arrecadado a mais do que estava previso na lei orçamentária. O valor é 8 vezes...

Fúrio, última ação no MPE e morte

celio furio 400   Célio Joubert Fúrio (foto), que morreu nesta sexta, aos 56 anos, vítima da Covid-19, foi um incansável combatente de atos de improbidade administrativa em MT e na defesa do patrimônio público. Integrava aos quadros do Ministério Público Estadual havia 29 anos. Ele atuou...