Últimas

Segunda-Feira, 01 de Dezembro de 2008, 22h:55 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:22

DIAMANTINO

Capistrano é denunciado por doações suspeitas

  Uma denúncia sobre doação eleitoral sem origem pode complicar juridicamente o prefeito de Diamantino, Erival Capistrano de Oliveira (PDT). A coligação do seu adversário Juviano Lincoln (PPS), que tem respaldo do prefeito Chico Mendes (PR), irmão do presidente do Supremo Tribunal Federal Gilmar Mendes, ingressou nesta segunda, 1º de dezembro, com uma representação na 7ª Vara Eleitoral de Diamantino. Pede apuração de supostas irregularidades na prestação de contas do pedetista.

   As "munições" de Lincoln para cassar Capistrano antes mesmo deste tomar posse em 1º de janeiro são três doações (de R$ 4,5 mil, R$ 6 mil e de R$ 10 mil) assinadas pelo produtor rural Arduíno dos Santos, que reside na vizinha Novo Diamantino. Ao todo foram R$ 20,5 mil. Assim, o agricultor se tornou o maior doador da campanha do prefeito eleito.

   O intrigante e curioso é que Arduíno negou as contribuições financeiras em conversa informal com o promotor eleitoral José Ricardo Costa Mattoso. Arduíno assegurou que não tinha condições financeiras de contribuir com a campanha, principalmente com valores elevados. O MPE não havia registrado formalmente o depoimento do agricultor porque este compareceu à audiência sem documento de identificação. A oitiva se deu dias depois. No retorno, Arduíno resolveu mudar sua versão dos fatos. Alegou que as assinaturas na planilha de doações é de sua autoria e o dinheiro seria referente à quitação de dívida que teria com Oliseu Batista, indicado secretário de Obras de Erival Capistrano.

   A representação é assinada pela advogada Joselina dos Santos Souza. Ela sustenta nos autos que, como o dinheiro não era do agricultor, então, houve captação ilícita de recurso e abuso de poder econômico. Solicita ao juiz eleitoral Newton Franco de Godoy a decretação da quebra de sigilo bancário dos doadores, especialmente de Arduíno dos Santos. Pede também que Erival Capistrano e sua vice Sandra Baierle sejam declarados inelegíveis.

   Ex-deputado estadual, Erival Capistrano teve 43,05% dos votos válidos (4.831 votos). Lincoln atingiu a 39,32% (4.413 votos). Os demais concorrentes foram Valdinei Teodoro (PSDB), que ficou com 1.061 votos, e Amarildo Constard, com 917. Caso a Justiça casse o registro de Capistrano, Lincoln assumirá como prefeito.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Wendell Oliveira | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O Erival esta tendo o que mereceu por colocar a cidade de Diamantino em risco com suas declarações absurdas e impensadas, Erival tem que comprir com seus compromissos e de Brizolista ele não tem nada, pois está envolvido até o pescoço com o Arcanjo e todos sabem que esse 20.500,00 doados em nome de um agricultor quebrado veio do Arcanjo, agora resta apenas a justiça eleitoral e a promotoria investigar e por falar nisso, alguém aqui sabe onde esta o irmão do prefeito eleito de Diamantino? sim, eu respondo, está na enfermaria do hospital Julio Millher em Cuiabá morrendo aos poucos e outra pergunta, porque Erival não coloca o seu proprio irmão num apartamento, o ex-prefeito Darcy Capistrano não merece morrer em uma enfermaria ainda mais, para quem já foi presidente da AMM, uma boa dica para a imprensa né! é pesquisar e constatar que Darcy Capistrano esta internado na enfermaria do Hospital Julio Millher ai em Cuiabá.

  • Samir Sebastião da Costa Ribeiro | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Gostaria deixar aqui meu apoio ao Prefeito Erival Capistrano, que representa a verdadeira Luta Brizolista em Mato Grosso. Erival pode contar com o PDT com essa Luta e com essas calúnias e formas obscuras que estes opositores querem o poder de qualquer forma.
    Abraços
    Samir Ribeiro

MPE vê prefeita de Torixoréu inelegível

ines 400 curtinha torixoreu   Para o Ministério Público Eleitoral, a prefeita de Torixoréu, Inês Mesquita Moraes Coelho (foto), que se lançou à reeleição pelo DEM, está inelegível. Numa ação de impugnação de registro de candidatura, o promotor...

Candidato amarga derrota na Justiça

adilson gon�alves 400 curtinha   O candidato a prefeito de Barra do Garças, delegado Adilson Gonçalves (foto), tentou, sem êxito na Justiça, censurar o Rdnews na publicação de matérias sobre o pleito eleitoral no município. Numa ação impetrada junto à...

Com certidão pra disputar 1ª suplência

dito lucas 400 curtinha   Filiado ao Podemos, Dito Lucas (foto), que entrou de última hora como primeiro-suplente da chapa ao Senado encabeçada por José Medeiros, assegura que vai apresentar novamente sua certidão junto à Justiça Eleitoral, de modo a provar que sua candidatura é legítima....

Um novo embate entre Diane x Adair

diane alves 400 curtinha   Adair José Alves Moreira, que vinha atuando na assessoria do vice-governador Otaviano Pivetta, decidiu mesmo concorrer de novo à Prefeitura de Alto Paraguai. Ele já foi prefeito por duas vezes. Adair será o principal nome da oposição à prefeita democrata Diane Alves (foto),...

Taques ofuscado e sob mira do MPE

pedro taques 400 curtinha   Pedro Taques (foto) achou que o recall dos tempos de senador e governador, ajudando-o a se posicionar de forma razoável nas pesquisas, bem antes do início da campanha, o manteria como favorito na corrida ao Senado. Ledo engano. Não levou em consideração o alto índice de...

2 caciques não disputam Alto Garças

roland trentini 400 curtinha   Após décadas de rixas, de campanhas ostentadoras, rachas e brigas eleitorais intermináveis em Alto Garças, os ex-prefeitos Rolando Trentini (foto) e Júnior Pitucha resolveram não mais concorrer ao Executivo. Mas, um deles segue se movimentando nos bastidores. Pela...