Últimas

Sexta-Feira, 21 de Agosto de 2009, 15h:29 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:23

DIAMANTINO

Capistrano reclama de coronelismo e promete recorrer

   O prefeito cassado de Diamantino (a 195 km de Cuiabá), Erival Capistrano (PDT), está na bronca com o presidente do TRE, desembargador Evandro Stábile, que determinou o novo afastamento do pedetista do cargo. Capistrano questiona a justificativa de Stábile para deferir o pedido de liminar apresentado pela defesa do candidato Juviano Lincoln (PPS), segundo colocado nas urnas, que assumiu a prefeitura com sua cassação.

   O desembargador deferiu o pedido de liminar sob alegação de que o TSE orientou os Tribunais Regionais a evitar a alternância no poder. “É um absurdo. Se fosse para evitar a alternância no poder, eu teria que continuar no cargo, já que fui eleito nas urnas. É uma aberração o que estão fazendo”, disparou. Ele se considera vítima de perseguição política, uma vez que Lincoln é ligado ao grupo do ex-prefeito Chico Mendes (PR), irmão do presidente do STF, ministro Gilmar Mendes. “Temos que acabar com esse coronelismo em Mato Grosso. As pessoas acham que podem ficar eternamente no poder e isso tem que mudar”, sustenta.

   Segundo Capistrano, Lincoln reassumiu a prefeitura de forma irregular. “Eu teria que ter sido ao menos citado, mas não houve isso. Tivemos que sair da prefeitura de uma hora para outra”. Na avaliação do pedetista, Lincoln teria que ser diplomado novamente pela Justiça Eleitoral antes de reassumir, já que a liminar concedida por Stábile cassou os efeitos do acórdão do Pleno do TRE, de 29 de junho, que reconsiderou a decisão de primeiro grau responsável pela cassação do diploma do pedetista. “Naquela oportunidade, ganhei por seis votos a zero. O processo foi anulado e retornou à Zona Eleitoral porque a minha vice não foi citada. Com isso, o Lincoln também teria que ser diplomado novamente para voltar ao cargo”, avalia.

   Capistrano foi eleito nas urnas em 2008 com 4.831 votos, 418 a mais que Lincoln. Ele está em Cuiabá, junto com os advogados, para analisar quais instrumentos jurídicos serão usados contra a decisão de Stábile. “Estamos definindo se vamos ingressar com novo recurso no TRE ou no TSE”.  (Andréa Haddad)

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • Selma Maria | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É Capistrano, são poucos mais ainda existe Coronélismo em MT, principalmente na sua querida cidade de Diamantino. Torço que novos cidadões venham de outro estados, pois so assim acabara com o Coronelismo, pois estes daqui que estão na frente comandando a justiça não passa de pau mandado do coronel do STF.

  • Alexandre do Espírito Santo Almeida | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Esse Desembargador não esta pensando nem um pouco na população de Diamantino,até onde vai este processo de FICAR TIRANDO E COLOCANDO PREFEITO EM DIAMANTINO, DAQUI A POUCO JÁ ESTAMOS EM OUTRA ELEIÇÃO PRA PREFEITO E A BRIGA NÃO TERÁ ACABADA...

    BRINCADEIRA....

  • Marion Silva | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    FORÇA ERIVAL CAPISTRANO, DEUS E O POVO D DIAMANTINO ESTÁ COM VOCÊ, E O PODER RETORNARÁ Á VOCÊ QUE FOI ELEITO PELO POVO CONTRA TUDO E CONTRA TODOS, NÃO DEIXE BARATO, VAMOS ELIMINAR DE VEZ ESSES CORONÉIS, CAPANGUEIROS E SANGUESSUGAS DO PODER QUE EXISTEM AQUI EM DIAMANTINO. QUANTO AO TRE, POSSO AFIRMAR QUE O ATO DO PRESIDENTE É UMA VERGONHA PARA A JUSTIÇA DE MATO GROSSO, UMA ABERRAÇÃO JURIDICA IMENSA, QUE VERGONHA, QUE VERGONHA.

  • Diamantinense | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Erival continue firme, você venceu a velha e ultrapassafa olegarquia que existe aqui em Diamantino, Deus e o povo sempre estará com vc, pela sua honestidade e clareza. Vamos eliminar de vez com a sacanagem existente nA JUSTIÇA. devemos acabar com o coronelismo e seus coronéis que não aceita desgarar das tetas da prefeitura de Diamantino, vamos dar um fim nos capangueiros e sanguessugas. que vergonha mau, que vergonha mau...

Ministro Tarcísio rasga elogios a Fávaro

tarcisio 400 curtinha   O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas (foto), em vídeo de congratulações, só faltou pedir voto para Carlos Fávaro, senador interino que busca à reeleição e que completou 51 anos nesta segunda. Disse que Fávaro, com quem possui bom...

Vinicius e demagogia sobre salário

vinicius nazario 400 curtinha   Em Alta Floresta, o delegado de polícia Vinicius de Assis Nazario (foto), candidato a prefeito pelo Podemos, tem se apresentado como "o novo", prega honestidade, transparência e renovação, mas, em algumas pautas, nada diferente dos demais políticos. Uma de suas propostas, mais de...

2 candidaturas vetadas em Torixoréu

ines coelho 400 curtinha torixoreu   Em Torixoréu, de três candidaturas a prefeito, a Justiça Eleitoral já barrou duas, em decisão de primeira instância. O juiz da 9ª Zona Eleitoral de Barra do Garças, Douglas Romão, indeferiu o pedido de registro da candidatura do ex-prefeito e ex-deputado...

Apoio sem influência de Luciano Hang

otaviano pivetta 400 curtinha   O empresário e vice-governador Otaviano Pivetta (foto), do PDT, contesta a informação de que teria sido convencido por Luciano Hang, dono da Havan, e pelos primos Maggi a apoiar para o Senado a coronel Rúbia Fernanda. Pivetta diz que quem o conhece sabe que nunca foi garantista na...

Sem o agro e apoiado pela Fetagri

carlos favaro 400 curtinha   Na corrida pela cadeira no Senado, na suplementar de 15 de novembro, alguns concorrentes têm rotulado o senador Carlos Fávaro (foto) como candidato dos grandes produtores. Mas as entidades que compõem o Fórum Agro MT estão todas com Nilson Leitão, à exceção...

França reafirma seu apoio à Fernanda

roberto franca 400 curtinha   Em sua quarta disputa à Prefeitura de Cuiabá, desta vez pelo Patriota, Roberto França (foto) assegura, por meio de assessoria, que continua apoiando para o Senado a colega do partido, coronel Rúbia Fernanda. É que surgiram questionamentos e dúvidas sobre se o ex-prefeito...