Últimas

Quarta-Feira, 26 de Novembro de 2008, 22h:58 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:21

PARANATINGA

Carlinhos sofre nova derrota; TRE nega recurso

  O prefeito de Paranatinga, Francisco Carlos Carlinhos do Nascimento (PMDB), que chegou a apostar em novo mandato mesmo com a derrota nas urnas à reeleição, vê o seu sonho se transformar cada vez mais em pesadelo. Primeiro, o seu adversário e prefeito eleito Vilson Pires (PRP), que estava com o registro cassado, conseguiu êxito em recurso junto ao TSE e agora poderá ser diplomado e, depois, empossado em 1º de janeiro.

  Enquanto isso, Carlinhos, que também teve o registro cassado em primeira instância, recorreu ao TRE e, nesta quarta à noite, o Pleno, em julgamento concluído com voto de minerva do presidente, desembargador Leônidas Duarte Monteiro, decidiu por negar provimento ao seu recurso eleitoral. A esperança de Carlinhos seria reformar a sentença da 57ª Zona Eleitoral, que cassou seu registro por crime eleitoral.

    Carlinhos foi acionado na Justiça Eleitoral por distribuir bens à população no projeto denominado “Meu bairro é Show”. O relator original do processo, juiz Renato Vianna, deu provimento ao recurso, sendo acompanhado pelo desembargador Manoel Ornellas e pela juíza Maria Abadia. O juiz José Zuquim, que havia pedido vistas do processo, votou pela improcedência do recurso, entendendo que a distribuição de bens à população caracterizou abuso de poder político. O entendimento de Zuquim foi acompanhado pelos juízes Alexandre Elias e Adverci Rates de Abreu.
           
      Configurado o empate, o presidente do TRE votou pela improcedência do pedido citando o depoimento de uma testemunha que afirmou existir, durante a distribuição dos bens à população, um locutor que repetidamente exaltava o nome do atual prefeito. Com esse julgamento, fica mantida a cassação do registro de candidatura de Carlinhos. Cabe recurso junto ao TSE.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • claudio teodoro | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    fico muito triste com a decisao que que a justica eleitoral tomou, paranatinga nao pode mais ficar vivendo de passado, sera que ai nao tem gente que pensa para frente. a justica tinha que ter realizado outras eleicoes municipais, o povo nao pode ficar a merce de dois grupos politicos que sempre depedraram os cofres publicos, kd o novo, kd o jovem, espero que a turma que vai entrar possa me mostrar mo contrario, pq amo esta cidade. na verdade estao trocando 6 por meia duzia gente.. o paranatinga ate quando vai andar para traz... affff....

  • Denize | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Sabe...agora eu estou começando a acreditar que a justiça serve para defender a verdade e os interesses do povo, se não fosse para isso para que serveria a democracia? Paraçe que as mudanças da Justiça Eleitoral vieram para moralizar, e acabar com as sujeiras nas eleições e principalmente com o abuso do poder daqueles que se dizem humildes antes de terem o poder na mão e qto estão no poder tentam tirar proveito de todas as formas, não basta o salario supervalorizado de um prefeito que chega a quase ao do presidente da republica....Esta na hora dos políticos terem conciência que são empregados do povo!!! Que a justiça continue sendo feita!!!Para mim basta elogiar e torcer para isso!!!

  • JUNIOR | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0


    PARABEMS JAIMINHO, FEZ A CAMPANHA SOZINHO, E SERÁ NOSSO PREFEITO, VOCE MERECE, A JUSTIÇA E GROSSEIRA, MESMO.O BARBOSA TA CERTO. BURRO E QUEM É HONESTO.ESTOU TORCENDO POR VOCE QUEM TIVER PENSANDO EM EMPREGO PROCURE REALMENTE QUEM MANDA. E QUEM TRABALHOU NA CAMPANHA SEM AGREDIR NINGUÉM... JAIMINHO PREFEITO ........ É NÓIS......KKKKKKKK

Um novo embate entre Diane x Adair

diane alves 400 curtinha   Adair José Alves Moreira, que vinha atuando na assessoria do vice-governador Otaviano Pivetta, decidiu mesmo concorrer de novo à Prefeitura de Alto Paraguai. Ele já foi prefeito por duas vezes. Adair será o principal nome da oposição à prefeita democrata Diane Alves (foto),...

Taques ofuscado e sob mira do MPE

pedro taques 400 curtinha   Pedro Taques (foto) achou que o recall dos tempos de senador e governador, ajudando-o a se posicionar de forma razoável nas pesquisas, bem antes do início da campanha, o manteria como favorito na corrida ao Senado. Ledo engano. Não levou em consideração o alto índice de...

2 caciques não disputam Alto Garças

roland trentini 400 curtinha   Após décadas de rixas, de campanhas ostentadoras, rachas e brigas eleitorais intermináveis em Alto Garças, os ex-prefeitos Rolando Trentini (foto) e Júnior Pitucha resolveram não mais concorrer ao Executivo. Mas, um deles segue se movimentando nos bastidores. Pela...

Um ex-prefeito inelegível em Poconé

clovis martins 400   Dificilmente o ex-prefeito petebista Clovis Damião Martins (foto) terá registro de candidatura a prefeito de Poconé deferido pela Justiça Eleitoral. O promotor de Justiça, Mário Anthero, já pediu impugnação do registro do petebista por inelegibilidades. Clovis, que...

Briga em Sinop entre Juarez e Dorner

juarez costa 400 curtinha   Em Sinop, a briga eleitoral caminha para tensão e acirramento entre o emedebista Juarez Costa (foto) e Roberto Dorner (Republicanos). Hoje, o ex-prefeito seria eleito, mas Dorner vem crescendo nas adesões, com ajuda do vice de sua chapa, ex-vereador Dalton Martini (Patriota). O apoio da prefeita Rosana...

França elegível; CNJ desatualizado

roberto franca 400 curtinha   O advogado Rodrigo Cirineu, que assumiu a assessoria jurídica da campanha a prefeito de Cuiabá de Roberto França (foto), assegura que o ex-prefeito está elegível. Explica que o cadastro de inelegibilidades do Conselho Nacional de Justiça, constantando ainda o nome de...