Últimas

Domingo, 25 de Maio de 2008, 11h:11 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:20

VARIEDADES

Carro oficial é utilizado para passeio em Manso


Veículo oficial no lago de Manso, na feriado de 5ª: privilégio

  Este veículo Corolla, chapa branca (Mato Grosso) e de placas JZX-5392, aparece estacionado no lago de Manso, uma das regiões de Chapada dos Guimarães que, além de ter se transformado em atração turística, começa a sediar competições de jet sky. O flagrante se deu no feriado de Corpus Christi na última quinta (22). O carro oficial foi mantido estacionado durante todo o dia no trapiche principal da lagoa, onde os barcos ficam atracados e são abastecidos. No fundo, um dos maiores barcos que operam em Manso. O Detran deve informar nesta segunda, após o feriado prolongado, sobre a que órgão ou Poder pertence o veículo.

   Alguns servidores e até autoridades dos Poderes e dos órgãos auxiliares usam e abusam de veículos oficiais fora do expediente. Em algumas situações até se justifica como sendo legal, mas, no fundo, constitui ato imoral.

   A Ouvidoria-Geral do Estado tem recebido reclamações de pessoas que utilizam carros do Estado para levar crianças à escola, fazer compras e passear. Há casos também de policiais que se aponderam de viaturas, chegando ao ponto de levá-las para casa e só devolvê-las no dia seguinte. Veículos oficiais dos municípios são vistos nos estacionamentos dos shoppings de Cuiabá.

  Na Assembléia, cada deputado tem direito a um veículo Corolla para ajudá-lo no trabalho legislativo. É comum o carro oficial ficar no final de semana com assessor, que acaba por utilizá-lo em passeios e para se deslocar até a festas. É a farra com dinheiro público.


Veículo "chapa branca" e barco ao fundo, em Manso

(26/5 - às 12h30) - Veículo em passeio pertence ao TJ

   O carro oficial de placas JZX-5392, flagrado na lagoa de Manso no feriado de Corpus Christi, pertence ao Tribunal de Justiça, revela o cadastro do Departamento Estadual de Trânsito (Detran). Foi fabricado em 2005 e traz como proprietário o Fundo de Apoio ao Judiciário. O documento não revela o nome da autoridade ou do servidor que estaria responsável oficialmente pelo veículo. De todo modo, o Tribunal deve se pronunciar acerca do assunto.

(26/5 às14h15) - TJ emite nota sobre carro oficial

   O Tribunal de Justiça, por meio de assessoria, confirma, em nota divulgada nesta segunda (26), que o carro oficial "flagrado" num passeio no lago de Manso é de responsabilidade da equipe de segurança do presidente do TJ, desembargador Paulo Lessa. Segundo a nota, no último feriado, os seguranças acompanhavam Lessa ao local turístico com a família, já que devem protegê-lo durante 24 horas por dia.

   Eis abaixo as explicações do TJ

 "Senhor Editor,
 Para melhor informação de seus leitores, utilizo-me do presente para esclarecer que o veículo Toyota, modelo Corolla, placas JZX 5392, que ilustra a nota intitulada “Carro oficial é utilizado para passeio em Manso”, postada em 25/05/2008 às 09h29, pertence ao Poder Judiciário de MT e é de uso da segurança do presidente do Tribunal de Justiça, nos deslocamentos dentro do Estado.
   
Na última quinta-feira, o veículo estava a serviço, no acompanhamento do desembargador Paulo Dias Lessa que, como chefe do Poder Judiciário, a exemplo do governador do Estado e demais Chefes de Poder, faz jus a segurança 24 horas por dia. Por oportuno, informo ainda que na ocasião, o deslocamento pessoal do desembargador Paulo Lessa e família à estância Morro do Chapéu, em Manso, se deu no seu próprio veículo, e às suas expensas.
  
Apenas a equipe de segurança, que é dever do Estado, realizou deslocamento em veículo oficial, como requer disposição legal. Esta Coordenadoria mantém-se à disposição para quaisquer outros esclarecimentos julgados necessários". 
  Atenciosamente,
  Araisa Ferreira 
 Coordenadora de Comunicação/TJMT

Postar um novo comentário

Comentários (42)

  • ruan nicer peroni o gringo brabo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    antes das pessoas falarem, é importante checar, muitas vezes carros oficiais estão em lugares publicos a serviço de alguem ou alguma coisa de interesse publico.

  • cuidado com injustiça | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Antes de publicar uma materia desta o dono do Site, deveria checar, pois depois, se este veiculo estiver legalmente no local, aposto que não vai publicar nenhuma materia dizendo isso.

  • marcos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    acho certissimo o dono do saite fazer isso, agora se o veiculo esta a serviço, era bom desconsiderar a materia...pra mim estão andando e gastando a toa com dinheiro publico...

  • João Pedro | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É no mínimo vergonhoso. Esses senhores que usurpam do dinheiro público deviam ter vergonha de dizer que são autoridades. Com que moral vão julgar as contas, o mandato, o seja lá o que for do próximo. Precisamos enxugar a máquina estatal. Poderíamos começar pelo TCE, Assembléia Legislativa, Câmara Municipal, órgãos esses que principalmente na capital não tem outra serventia senão provocar esse tipo de manchete.

  • Carito Pereira da Silva | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • Raimundo Souza | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Romilson,
    Parabéns pelo jornalismo sério que vem fazendo. É preciso que os ocupantes de cargos públicos respeitem o dinheiro que é nosso.

    Gostaria de lhe sugerir que verifique se esse passeio foi por mais de um dia, pois os hotéis ou pousadas poderão confirmar se seguranças hospedaram por lá, ou restaurantes podem confirmar despesas com refeições. Isso está cheirando mal. Deve ser rigorosamente apurado.

  • cuiabano | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Como dizia o Leão da Montanha:

    SAÍDA PELA DIREITA!!!!

  • Rafael Damian | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Romilson, este carro pertence ao Judiciário, é um daqueles comprados para serem utilizados pelo TJ, tenho quase que certeza que a serviço ele não estava.

    Tem duas situações a serem ponderadas ao meu ver, a primeira, é que ao que tudo indica, o desembargador que utiliza estes veículos deveria abrir mão da verba chamada (salvo engano) de Auxílio Transporte, ai sim poderia utilizar este carro, como se fosse próprio, ainda assim acho muito grave, posto que com o salário desembargador, é possível comprar um excelente carro por mês. A segunda situação, é que se o eventual magistrado não abriu mão da sua verba, mas, mesmo assim o utilizava, neste caso sim, a situação é gravíssima e caracteriza má aplicação de verbas ou recursos públicos, aquilo que já estamos bem acostumados em MT.

  • Asdrubal Nasciento | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Romilson: Favor checar e informar seus leitores de quem é o carro. A placa você tem. Vamos aguardar.

  • pedro celestino | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    muitas vezes e na maioria das vezes homens publicos estão em alguma festa ou outro lugar no oficio do serviço do seu mandato, deja como convidado, seja como organizador, seja como representante de uma cidade ou de um orgão. cuidado ao crucificarem. é importN

Nobres chora a morte de ex-prefeito

flavio dalmolin 400   A pequena e turística Nobres, de 16 mil habitantes, parou neste Feriado de Tiradentes em comoção pela morte, por Covid-19, do ex-prefeito Flávio Dalmolin (foto). Um cortejo percorreu ruas e avenidas, parou em frente ao estádio municipal Balizão e à prefeitura, onde...

Derrotado ensaia disputa ao Governo

reinaldo morais 400 curtinha   O empresário Reinaldo Morais (foto), o rei dos porcos, está disposto a gastar mais uns milhões com nova candidatura majoritária, agora para governador. No ano passado, concorreu ao Senado e obteve votação decepcionante. Foi o penúltimo colocado numa corrida com 11...

Sicredi recua de comprar praça pública

enilson rios 400 prefeito araputanga   A diretoria do Sicredi nem esperou ser votado na Câmara Municipal o polêmico projeto sobre negociação de uma praça pública no centro de Araputanga para cancelar o negócio. A cooperativa havia "amarrado" entendimento com o prefeito Enilson de Araújo...

Sessão, voto e namoro com cantora

ulysses moraes 400   Na sessão virtual da Assembleia desta segunda, o deputado Ulysses Moraes (foto), do PSL, estava demorando para computar o voto na apreciação de um veto do governador. O presidente Max Russi (PSB), então, cobrou agilidade do colega e brincou, dizendo que agora ele só tem olhos para a Maraisa....

Misal é reeleito para o 10º mandato

misael galv�o 400 curtinha   Após dois anos fora do comando do Shopping Popular, período em que respondeu pela presidência da Câmara da Capital, o ex-vereador Misael Galvão (foto) voltou à direção do empreendimento, que abriga 500 lojas. E, sob forte...

Oscarlino, Pros e "nocaute" em Gisela

oscarlino 400   Na queda-de-braço dentro do Pros por espaço político, o ex-sindicalista Oscarlino Alves (foto) nocauteou a ex-superintendente do Procon-MT, Gisela Simona. Ele foi um dos filiados que não aceitaram apoio a Abílio na disputa de segundo turno para prefeito de Cuiabá, se aliou ao projeto de...