Últimas

Sábado, 01 de Agosto de 2009, 09h:27 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:23

COMUNICAÇÃO

Carta Capital revela operações imobiliárias de Dantas

   A revista Carta Capital, que chega às bancas mato-grossenses neste domingo (1), traz em sua matéria de capa as denúncias de lavagem de dinheiro feitas pelo Ministério Público Federal (MPF) à Justiça contra o banqueiro Daniel Dantas, proprietário do banco Opportunity. Na Operação Satiagraha, a PF apurou os três “elos” usados pelo banqueiros para a lavagem de dinheiro: mineração, imóveis e agropecuária, incluindo duas fazendas em Mato Grosso e outras 23 em outros dois Estados.

   Até agora, as supostas “falcatruas” nos setores de mineração e agropecuária primeiros parecem razoavelmente mapeadas. Faltava entender o modus operandi no setor imobiliário. Após quatro meses apurando o episódio, Carta Capital identificou duas operações imobiliárias que dão pistas de como funcionava o esquema, em que os interesses de Daniel Dantas se confundem com os do governo. “Com base nas informações obtidas durante a Operação Satiagraha, a Polícia Federal e o Ministério Público conseguiram detectar os setores usados pelo Opportunity para lavar dinheiro obtido de atividades ilegais e golpes aplicados no sistema financeiro”, aponta a revista.

   Daniel Dantas também é destaque em outra matéria da Carta Capital referente ao complexo agropecuário composto de 27 fazendas, sendo duas em Mato Grosso, e 543 mil cabeças de gado. O patrimônio que foi objeto de cautelar sequestro judicial, determinado pelo juiz Fausto De Sanctis, e o novo pedido de concessão de liminar pela defesa do banqueiro deverá ser apreciado na próxima semana.  (Andréa Haddad e Patrícia Sanches)

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Maria Peitudah | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    As duas fazendas em MT tem algum político envolvido? quem é ele?

Ex-prefeito no páreo em Alta Floresta

robson silva 400 curtinha   Alta Floresta, uma das cidades pólos do Nortão, tem sete candidatos a prefeito. Um deles é Robson Silva (foto), empresário, ex-prefeito entre 93 e 96 e que concorre pelo MDB, mesmo partido do prefeito Asiel Bezerra, que está encerrando o segundo mandato e se tornou um dos principais...

Vice sinopense quer retornar à Câmara

gilson de oliveira 400 curtinha   O vice-prefeito de Sinop e apresentador de TV, Gilson de Oliveira (foto), resolveu concorrer a vereador, cadeira já ocupada por ele por dois mandatos, o primeiro pelo PSDB, entre 2005 e 2008, e, depois, pelo PSD (2009/2012). Foi candidato a deputado estadual duas vezes (2006 e 2010) e, como suplente da...

Vice que morreu na praia em Tangará

renato gouveia 400 curtinha   Assim que percebeu que não seria escolhido pelo prefeito Fabio Junqueira (MDB) como o candidato governista na briga pela Prefeitura de Tangará da Serra, ainda em junho, o vice-prefeito Renato Gouveia (foto), do PV, correu para os braços do tucano Vander Masson. Levou com ele uma chapa de 21...

Câmara chama secretária para vaga

chico 2000 curtinha   Após a destituição de Ralf Leite (MDB) da vaga de Chico 2000 (foto), licenciado, por força de decisão judicial, a Câmara de Cuiabá convocou a primeira suplente Luciana Zamproni (MDB) para assumir mandato temporário no Legislativo, menos de 30 dias. Ela atua como...

PTB perdeu uns, mas ganhou outros

emanuelzinho 400   Em Várzea Grande, enquanto alguns militantes do PTB, puxados pelo secretário jaymista Silvio Fidelis foram para os braços do candidato a prefeito Kalil Baracat (MDB), que tem Hazama (DEM) de vice, militantes de outras legendas decidiram abraçar a candidatura do petebista Emanuelzinho (foto). São...

PT de Cuiabá passivo; ROO, autêntico

kleber amorim 400 curtinha   O PT de Rondonópolis se organizou melhor, mobilizou a militância, se tornando mais autêntico do que o núcleo petista de Cuiabá. Para se ter ideia, o partido, numa posição de coragem e levando preocupação ao prefeito Zé do Pátio, que tinha...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.