Últimas

Terça-Feira, 29 de Janeiro de 2008, 08h:15 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

CONFRONTO

Carta de Valtenir expõe briga com Dóia no PSB

  Após colocar para correr do partido os vereadores cuiabanos Éden Capistrano e Dilemário Alencar, o presidente estadual do PSB, deputado Valtenir Pereira(ex-PT), não conseguiu fazer o mesmo com o militante histórico Teodoro Lopes, o Dóia, presidente do Detran. Ele é vice-presidente da direção estadual e não aceita as regras impostas pelo colega dirigente.

   O racha no conturbado e nanico PSB eclodiu nesta segunda, quando Valtenir decidiu protocolar junto ao governador Blairo Maggi uma carta, em que entrega oficialmente a direção do Departamento Estadual de Trânsito e, em moeda de troca, reivindica a secretaria de Ciência e Tecnologia. Dóia acusa o dirigente de tomar decisão isolada e ainda de incluir sem nome sem autorização - confira aqui.

   Em termo de estrutura e de visibilidade, trata-se de uma estratégia equivocada. Acontece que, enquanto a Ciência e Tecnologia, hoje sob Chico Daltro (PP), detém um orçamento anual de R$ 2,7 milhões, apesar de ter sob sua vinculação à Unemat (R$ 81,7 milhões), o Detran controla uma receita de R$ 56,1 milhões e mantém um quadro bem maior de servidores, inclusive em vários municípios.

   No fundo, o que Valtenir deseja é a expulsão de Dóia, dentro do processo que ele classifica como depuração. O tiro, porém, saiu pela culatra. O governador já anunciou que não mudará a diretoria do Detran, ou seja, Dóia continua presidente do órgão e, para piorar, não demonstra interesse em ceder a pasta da Ciência e Tecnologia para o PSB. Assim, Valtenir leva a legenda socialista a ficar sem cargo e ainda continuará enfrenta queda-de-braço com Dóia.

   Como tenta depurar um partido que já é nanico, Valtenir corre risco de ficar isolado, o que inviabiliza tanto as pré-candidaturas a vereador quanto o seu próprio projeto de concorrer a prefeito da Capital. Hoje, por exemplo, o partido só tem 10 virtuais concorrentes à cadeira na Câmara Municipal de Cuiabá, todos sem visibilidade eleitoral.

   Defensor público e ex-vereador, Valtenir se elegeu federal nas urnas de 2006 como espécie de zebra da campanha. Teve 52.401 votos, apenas 436 a mais dos obtidos pelo empresário Eduardo Moura (PPS), que ficou na primeira suplência da coligação Unidade Ética na Política, composta por oito partidos (PSB, PPS, PAN, PRTB, PMN, PTC, PSB e PV).

(Às 11h25) - Não expulsei ninguém, reage deputado

   Valtenir Pereira garante que não expulsou ninguém do PSB, tão logo assumiu a direção estadual. Ele garante também que o partido conta com chapa completa para vereador pela Capital. Chega a 30 pré-candidaturas. Destaca ainda que conseguiu viabilizar recursos, via emenda parlamentar, e em parceria com o governo Blairo Maggi. Lista, como exemplos, a construção de 70 casas populares no Praeirinho, na Capital, a construção de uma indutora em Várzea Grande, avaliada em R$ 1 milhão e que vai beneficiar mais de 20 bairros e R$ 15 milhões em emendas para duplicação da estrada do Moinho, também em Cuiabá.

Postar um novo comentário

Comentários (14)

  • carvalho | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • Arcindino Cuiabano | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Óia siminino Juan, fiquei demais de tocêra cô xô comentário, ispia, se ocê tíve memo arretado prá iscreve um livro sobre o linguajá Cuiabano, bamo conversa, vai fica até docê, e eu vô ficá mais assanhado do que lambari de sanga.
    Que me perdoe meu amigo Moisés Martins.
    Óia RD, esse xô site já tá virano site de relacionamento, pois não é?

  • Claudia Maria de Souza | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É lamentável a postura do deputado federal Valternir. Eu votei nele por acreditar que ele era a melhor opção, mas se eu pudesse voltar no tempo, jamais votaria nele. Essa conversa de querer prejudicar o presidente do Detran é uma vergonha, demonstra a imaturidade política do deputado, além dos seus desvios de personalidade. Bargangando cargos com o governador Blairo Maggi, apesar das contantes críticas que ele faz ao governo. Acho que ele está sendo oportunista, tentando usuar o governo pra prejudicar seu ex-cabo eleitoral (TEODORO)e de quebra vai colocar as mãos e pés, no gorducho recurso da secretaria de ciências e tecnologia, que foi incorporado no seu orçamento os recursos do ceprotec. De bobó, Valternir só tem a cara. Mesmo com essa cara de pau o deputado ainda sonha em ser o candidato a prefeito de Cuiabá. Abra o olho companheiro! Assim você volta pra casa em 2010.

  • marli arruda | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É brincadeira.... sempre desconfiei desse Valtenir e do irmão dele. Sempre se utilizando da história triste do pai assassinado para se dar bem, ganhar popularidade... e é logico se candidatar. Só não viu quem não quis. Pq a cidade de Juscimeira conhece bem a história , e sabe que o pai dele não era nem um santo, pelo contrário bastante temido na região. Mais tudo bem, hj, essa pessoa vai se mostrando quem é.

  • VALDENIR | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    PREZADA RUTH,

    Concordo contigo quando diz: “Partidos e pessoas precisam se adequar as políticas do país em que vive, ditadura aqui não!”
    Pois bem, o Deputado VALTENIR PEREIRA, está no caminho certo, ELE NÃO PODE SE CURVAR a esta política que aí está, a do faz de conta, precisamos melhorar, a política, mas principalmente os políticos, e quando pessoas honestas, íntegras entram na políticas temos que valorizá-las, pois quem acompanha um dia de trabalho do Deputado, percebe que ele não vai se adequar a esta política que aí está.
    Por exemplo, o DETRAN, DÓIA, diga-se de passagem, foi indicação do Deputado MAURO SAVI e outros, qual é a indicação do PSB neste Governo? NÃO HÁ. Portanto, chega de faz de conta.
    A Executiva Estadual do PSB, está de PARABÉNS, juntamente, com o Deputado VALTENIR PEREIRA, fizeram muito bem em por um ponto final, já que não era indicação do Partido. (“Valtenir descreve a missão de levantar o PSB no Estado como “espinhosa”. “É uma missão espinhosa, porque vem mexendo com muitos interesses, o que mostra essa tal negativa de que o PSB não tem espaço no governo” – Jornal Diário de Cuiabá do dia 17/04/2008).
    E o Deputado VALTENIR PEREIRA sempre deixou bem claro, que se for para contribuir para o desenvolvimento do Estado, pode contar com ele independentemente de sigla partidária. Bem como sempre deixou claro que o Governo nunca chamou o Partido para conversar, e caso chamasse, sugeriu a SECITEC. (“O PSB é um dos partidos políticos que formaram o arco de alianças no projeto de reeleição de Blairo Maggi. “Mas tudo indica que o PSB não é mais importante”, analisa Valtenir Pereira. Ele afirma que em nenhum momento o partido foi chamado pelo governador para discutir a distribuição de cargos no staff estadual.
    Valtenir cita a Secretaria de Ciência e Tecnologia (Secitec) como exemplo emblemático dessa situação. “No Rio de Janeiro, sabiamente o governo estadual convocou o PSB por termos o Ministério de Ciência e Tecnologia. Mas aqui em Mato Grosso, nada de se discutir”. O ministério é liderado por Sergio Machado Rezende.
    O presidente do PSB alerta que de posse de cargos ou não no organograma estadual, a sigla não se isentará de cobrar o Poder Executivo. “Nossa contrapartida é trabalhar por Mato Grosso. Contrapartida melhor que essa não existe” – Jornal Diário de Cuiabá de 17/04/2007).

    CARO CARLOS ROBERTO,

    É bom lembrar que o Deputado VALTENIR PEREIRA, em SORRISO, teve apenas 199 votos (0,76%), ou seja menos de 1%.


    PREZADA SENHORA CLÁUDIA MARA,

    O Deputado VALTENIR PEREIRA, sugeriu em abril/2007 que o PSB conduzisse a Secretaria SECITEC (conforme notícia reproduzida logo acima), naquela época não se falava na extinção do CEPROTEC, no mais com relação ao orçamento da SECITEC, o mesmo é muito inferior ao do DETRAN, olha o que foi publicado neste site recentemente sobre orçamento da Secretaria: “Com a decisão de extinguir o Ceprotec, Blairo Maggi destina ao seu ex-adversário político Chico Daltro (foi secretário do governo opositor Dante de Oliveira), a administração direta de mais R$ 12,4 milhões, além dos R$ 2,7 milhões que o secretário já conduz. (Simone Alves)" - RDNEWS do dia 15/jan/2008.
    Sobre o orçamento de cada Órgão, consta do Diário Oficial do dia 17/jan/2008 (Lei 8.828/08), orçamento sancionado:
    a) R$ 9.803,369,00 – Para SECITEC;
    b) R$ 12.422.673,00 - Para o CEPROTEC;
    c) R$ 56.185.009,00 – DETRAN
    Portanto, de gorducho orçamento, a SECITEC não tem nada.

    Um abraço a todos,

  • Fernando Capilé | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Não expulsou ninguém do PSB, Deputad??? Ora, aprendi que as pessoas podem errar por ação ou OMISSÃO. O sr. era o presidente da sigla, colocou no diretório municipal homens de sua confiança que deveriam ter ordens expressas de pressionar os companheiros históricos. Ficou intransigente em seu posto maior. Jamais chamou qualquer companheiro (me incluo aí) para o diálogo. E vem dizer que não expulsou ninguém. Estou chocado com a mudança que o poder e o dinheiro podem fazer em uma pessoa. Com mais esse comentario de "Vossa Excelência" quero dizer que o Sr. me assusta!!!

  • hernan Escudero gutierrez | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    PRezado Jta Romilson: Quando se noticia - emitindo uma opinião - que a Sec. Ciência e Tecnologia de MT não tem visibilidade em forma de estrutura, chamando-a de "estratégia equivocada" quanto a Carta endereçada ao Sr. Gov. Estado, pelo Dep Fed. Valtenir, Presidente do PSB-MT, o teu público e todos deveriam ser informados que na esfera Federal é o PSB QUEM DETÉM O MINISTÉRIO da Ciência e Tecnologia, ou seja, trata-se de políticas púbicas que poderiam ser implementadas em MT com melhor sintonia - com o PSB-MT assumindo a pasta - e não fazer uma analogia decorrente de uma estrutura de empregos e forte arrecadação, como é o caso do Detran, onde muitos Dep. Estaduais tbém tem muitos dos seus correligionários indicados - ou seja, o sr dóia manda e ao mesmo tempo não manda!; e a Unemat (que é ligada a Sec Ciência e Tecn) precisa ser melhor oxigenada e apoiada! - com investimentos em seu quadro de pessoal, melhorias para os acadêmicos, além da estrutura material com tecnológia de última geração, enfim, com um orçamento significativo que a instituição possui e estando em sintonia fina com o Ministério que é do PSB, pode MT receber maiores aportes mediante convênios visando atender os interesses da Unemat, dentre outros segmentos.
    Por outro lado, quando se emite um Juízo de valor no artigo de que se trata de um pano de fundo o desejo de expulsão do Presidente do detran-MT pelo Dep. fed. Valtenir, em verdade, o que se está tratando internamente é a vivência de um processo de purificação dos seus integrantes - dirigentes e militantes, daqueles que sempre trataram (e querem continuar a tratar) a agremiação partidária históricamente rica como o PSB é, de forma descomprometida com o espírito de homens como Miguel Arraes, o atual Ministro Ciro Gomes, dentre tantos outros; e é por estas razões que o descrédito com a classe política e seus dirigentes, pois como até o presente momento o sr. "doia" como Presidente do Detran NUNCA PARTICIPOU NEM FEZ INGERÊNCIA PARA QUE O PSB RECEBESSE NENHUM CRÉDITO - TAL QUAL OS ANTERIORES LIGADOS AO PSB JUNTO A "CADEIRA OFICIAL DO DETRAN" - nada mais razoável que conjuntamente com uma ampla maioria de Presidentes de Diretórios municipais e Comissões Provisórias do PSB em MT, APROVARAM, anuindo a CARTA ENDEREÇADA AO SR GOV. MT, em encontro estadual de Presidentes de diretórios e Comissões Provisórias, a entrega do Detran pelo PSB - apesar de NUNCA TEREM SEUS MILITANTES (com uma pequeníssima partipação) CONTRIBUIDO COM A CARENTE POLÍTICA PÚBLICA DO DETRAN - ou seja sr. Romilson, com todo o respeito de sua opinião como Jta político, não ocorreu um tiro que saiu pela culatra, como articulado por Vossa senhoria. Finalmente, diante da informação privilegiada deste "blog" de que "O governador já anunciou que não mudará a diretoria do Detran, ou seja, Dóia continua presidente do órgão e, para piorar, não demonstra interesse em ceder a pasta da Ciência e Tecnologia para o PSB." NÃO MUDARÁ em nada o quadro atual dos militantes do PSB bem como de sua direção partidária em todas as instâncias, pois NUNCA O PSB FOI CONTEMPLADO de forma presente no primeiro escalão do atual Gov. de MT, infelizmente!, ou seja Sr. Romilson, o Dep. Fed. Valtenir não está "levando a legenda socialista a ficar sem cargo"; e quanto a "queda-de-braço com Dóia" no PSB-MT, tem o Dep. Fed. Valtenir o INTEGRAL APOIO DO DIRETÓRIO MUNICIPAL DE VÁRZEA GRANDE, bem como da ampla maioria (senão a totalidade!) dos demais diretórios e comissões provisórias em MT, que conta com a sigla organizada em arpoximados 75% dos municípios do Estado.


  • VALDENIR LUIZ PEREIRA | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    REMEMORAR É PRECISO.
    Abaixo notícia veiculada no Jornal Diário de Cuiabá em 17 de abril do ano (2007).

    DIÁRIO DE CUIABÁ - Edição 11792 - de 17/04/2007:
    IMPLOSÃO
    Briga de Valtenir e PSB chega ao governo

    Críticas do parlamentar contra a administração estadual e desavenças internas no seu partido têm motivado embaraços entre os aliados

    Deputado Valtenir diz que independente de cargos, PSB vai continuar cobrando governo

    NOELMA OLIVEIRA e JULIANA SCARDUA
    Da Reportagem

    O deputado federal Valtenir Pereira (PSB) se tornou um desafeto não só para alguns militantes do partido como para integrantes do governo. O secretário de Educação do Estado, Luiz Antonio Pagot, ontem criticou a forma como o parlamentar tem se posicionado com relação ao governo e ao tratamento dispensado às lideranças do partido, entre elas o vice-presidente do diretório regional, Teodoro Lopes, o Dóia.

    Conforme Pagot, Valtenir tem virado as costas para quem o ajudou na campanha. Ele lembrou que Pereira foi eleito num arco de aliança e agora busca projeção individual. Ele lembrou da ajuda de Dóia na campanha de Valtenir que depois não tem reconheceu a ajuda. Para ele, da forma como o partido está sendo conduzido no Estado, Valtenir tem primeiro atuado para explodir e depois construir.

    O parlamentar foi eleito pela coligação governista. Foi para o PSB já visando à disputa pela Câmara Federal. Porém, recentemente, o deputado tem destilado críticas à gestão estadual, sobretudo após ganhar a direção estadual da legenda em função do mandato que ocupa.

    Valtenir Pereira rebateu ontem as críticas lançadas por Luiz Antônio Pagot cobrando mais “respeito” do governo Blairo Maggi. “Não queremos cargos, apenas respeito. Eles sabem do que estou falando”. O presidente do PSB em Mato Grosso ainda se diz desconfiado de que as declarações tratem de uma estratégia arquitetada pelo governo para minar a participação do partido e sua trajetória política.

    O PSB é um dos partidos políticos que formaram o arco de alianças no projeto de reeleição de Blairo Maggi. “Mas tudo indica que o PSB não é mais importante”, analisa Valtenir Pereira. Ele afirma que em nenhum momento o partido foi chamado pelo governador para discutir a distribuição de cargos no staff estadual.

    Valtenir cita a Secretaria de Ciência e Tecnologia (Secitec) como exemplo emblemático dessa situação. “No Rio de Janeiro, sabiamente o governo estadual convocou o PSB por termos o Ministério de Ciência e Tecnologia. Mas aqui em Mato Grosso, nada de se discutir”. O ministério é liderado por Sergio Machado Rezende.

    O presidente do PSB alerta que de posse de cargos ou não no organograma estadual, a sigla não se isentará de cobrar o Poder Executivo. “Nossa contrapartida é trabalhar por Mato Grosso. Contrapartida melhor que essa não existe”.

  • Ruth | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É por notícias como essa a Democracia do país fica em descrédito.
    Partidos e pessoas precisam se adequar as políticas do país em que vive, ditadura aqui não!

  • SILVIO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    TEODORO LOPES É COMPETENTE, ACREDITO NA SUA GESTÃO, É UM ADMINISTRADOR VOLTADO AOS INTERESSES DA SOCIEDADE.

    QUANTO AO APOIO DE MAURO SAVI, É PORQUE O NOBRE DEPUTADO JÁ PERTENCEU AO QUADRO DO PSB, E CONHECE SEUS INTEGRANTES, SOUBE APOSTAR NA ÉTICA, COMPANHERISMO E CONHECIMENTO.

    VALTENIR, BOA PESSOA TAMBEM, INCLUSIVE TEVE MEU VOTO, MA ELEIÇÃO PASSADO, SÓ QUE O PODER ESTA MUDANDO SEU OBJETIVO... NUNCA PROSPERAMOS SOZINHOS, PRECISAMOS UNS DOS OUTROS, ESTE É O CONCEITO DE SOCIEDADE POLITICA.

Luizão e 10 promessas em cartório

luizao 400   O empresário Luizão (foto), candidato a prefeito de Rondonópolis pelo Republicanos, registrou em cartório 10 comprimissos de gestão, garantindo, em caso de eleito, executá-los logo no primeiro mês de mandato. O primeiro deles é de zerar a fila de consultas, exames e cirurgias. E...

Ex-secretários de França sem mácula

roberto franca 400 curtinha   A assessoria jurídica da coligação de Roberto França (foto), que concorre à Prefeitura de Cuiabá pelo Patriota, classifica de mentirosa e irresponsável a notícia de que ex-secretários de França, da época em que comandou a Capital, de 1997 a...

Líderes de Lucas e apoios ao Senado

otaviano pivetta curtinha 400   As principais lideranças políticas da "República" de Lucas do Rio Verde estão divididas nos apoios sobre candidaturas ao Senado. O vice-governador Otaviano Pivetta (foto), recém-desfiliado do PDT, faz campanha pela coronel Rúbia Fernanda (Patriota), propagada como a candidata...

Reeleição difícil em Barra do Bugres

raimundo nonato 400   Aos 81 anos, o piauiense de Campo Maior, Raimundo Nonato (foto), busca renovar o mandato de prefeito de Barra do Bugres pelo DEM. Embora considerado carismático e populista, pioneiro no município e ajudado pela força da máquina pública, Nonato, que já foi prefeito nos anos 82 e 90,...

4 com as maiores chances ao Senado

carlos favaro 400 curtinha   Todos os principais candidatos ao Senado, na suplementar de 15 de novembro, para eleger quem ocupará a cadeira da cassada Selma Arruda, estão trabalhando com tracking eleitoral, metodologia que consiste, basicamente, em realizar pesquisas de intenção de voto por telefone de forma...

Polarização entre Gustavo e os Maia

gustavo mello 400 curtinha   Em Alto Araguaia, três disputam a prefeitura, mas a briga eleitoral está mesmo polarizada entre o prefeito Gustavo Melo (foto), do PSB, e Martha Maia (PP), irmã do ex-prefeito por quatro vezes Maia Neto. Júnior da Farmácia (PSL) corre por fora, mas sem chance de êxito nas urnas....

MAIS LIDAS