Últimas

Sábado, 05 de Maio de 2007, 07h:00 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

EXECUTIVO

Casa Civil alega erro de digitação em contratos

 

   A Superintendência de Assuntos Jurídicos da Casa Civil emitiu uma nota oficial sobre a matéria publicada aqui no RDNews intitulada "Casa Civil gasta R$ 5 mil só com água mineral". Vários contratos com valores inferiores a R$ 8 mil foram divulgados com base em publicação no Diário Oficial do Estado.

   A nota assinada pelo assessor jurídico da Casa Civil, Vladimir Márcio Torres - confira reprodução ao lado -, admite que "ocorreu um erro material na publicação dos extratos citados". Disse que, "por um erro de digitação, consignou como valor mensal, quando deveria ser valor anual". Destaca que esses erros já foram re-ratificados e serão publicados no Diário Oficial de novo.

    O documento explica que a Casa Civil, hoje sob o deputado licenciado João Malheiros, "não efetua a compra direta de qualquer material". "Todos os contratos estão corretamente expressos e de acordo com os valores de mercado, sendo todos objeto de licitação, e só serão utilizados se necessário e pelo período de 12 meses".

   O superintendente de Assuntos Jurídicos destaca ainda na nota que "a Casa Civil faz adesão ao Registro de Pregão Presencial, coordenado e executado pela pasta da Administração, quando lhe é conveniente". Observa que esses pregões "são públicos e colocados à disposição de qualquer cidadão".

   Na tentativa de amenizar a crise criada na Casa Civil e no âmbito do governo com a divulgação da matéria sobre os contratos, a superintendência conclui: "O erro ocorrido não causou qualquer prejuízo ao erário, mostrando transparência, lisura e honestidade com que o governo do Estado de Mato Grosso trabalha na pessoa do seu secretário-chefe da Casa Civil, João Antônio Cuiabano Malheiros".

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Voto a favor e agora contra Congresso

jose medeiros 400 curtinha   O pitbull do governo Bolsonaro, deputado José Medeiros (foto), está pegando carona num protesto, marcado para 15 de março, onde não deveria porque os seus atos não correspondem ao discurso. Medeiros foi um dos parlamentares que aprovaram o orçamento impositivo de R$ 30...

Pátio, "chororô" e chance de reeleição

ze do patio 400 curtinha   Em Rondonópolis, o prefeito Zé do Pátio (foto), com seu estilo populista, adotou a estratégia de se passar por vítima dos grupos políticos. Leva sempre a mensagem para as massas de que é um prefeito rejeitado pela elite política pelo simples fato de estar apoiando os...

Taques nem aí para colegas tucanos

pedro taques 400 curtinha   Caiu a ficha, enfim, da cúpula do PSDB em MT sobre o jogo de cena de Pedro Taques (foto). Os tucanos esperaram até ontem para ver se o ex-governador iria ao partido se pronunciar sobre eventual pretensão em disputar o Senado. Taques deu de ombros para os colegas de partido, que lançaram hoje,...

Campos e tese sobre vice de Emanuel

joacelestino_curtinha_400   Depois de uma reunião na segunda passada, na casa do prefeito Emanuel, com pré-candidatos ao Senado, entre eles, Leitão, Neri, Max, Júlio e Jayme, ficaram conversando de forma reservada o prefeito de Cuiabá e os irmãos Campos. Ali, finalizaram um acordo de cavalheiros para que o...

Recuo do DEM e agora no Republicano

gabriel guilherme 400 curtinha   O DEM terá de excluir da lista de pré-candidatos a vereador pela Capital o nome do jovem Gabriel Guilherme (foto), de 22 anos. Ele optou por se filiar ao Republicano. Lotado na Assembleia como assistente da Secretaria de Orçamento e Finanças e filho do ortopedista Paulo Fonseca...

Galvan vai deixar PDT e ir pra o PRTB

antonio galvan 400 curtinha   Embora não tenha perdido de vistas o Aliança pelo Brasil, partido que está sendo criado por Bolsonaro, Antonio Galvan (foto), presidente da Aprosoja e que acabou levado à frigideira dentro do PDT em meio ao embate por tentativa de candidatura ao Senado, se mostra disposto a ingressar no...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Bolsonaro...

excelente

bom

razoável

ruim

péssimo

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.