Últimas

Sexta-Feira, 04 de Maio de 2007, 00h:00 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

EXECUTIVO

Casa Civil gasta R$ 5 mil mensais só com água mineral

   O deputado licenciado João Malheiros, que assumiu a Casa Civil do governo Blairo Maggi há três meses, assinou um contrato de R$ 5,4 mil mensais com a empresa Silvano Schafer para fornecimento de água mineral. Como nas compras inferiores a R$ 8 mil não há necessidade de licitação, Malheiros está "usando e abusando" dos contratos.

  Um outro foi feito por Malheiros com a Ugolini & Cia Ltda, no valor de R$ 1 mil por mês para aquisição de material de copa e cozinha. Com a Indústria Gráfica Leonora Ltda, o secretário fechou negócio mensal de R$ 5,2 mil para receber resmas de papel.

   Também estabeleceu contrato com a Distribuidora de Alimentos Rio Branco Ltda, a quem a Casa Civil pagará R$ 2,7 mil mensais por vassoura, açúcar, garrafa térmica, sabão em barra e em pó. Só de pano de chão, a Casa Civil gasta R$ 204 mensais, conforme outro contrato assinado entre o secretário Malheiros e a Comercial Luar Ltda. Com café são gastos mais R$ 4,2 mil por mês na Casa Civil.

  Um contrato foi selado com a empresa Big Comércio e Serviços de Papelaria Ltda para compra de copos descartáveis com vistas a atender a demanda da pasta. O curioso é o valor do contrato: R$ 3.054,00 mensais ou R$ 42,4 mil por ano. E mais: pode ser prorrogável por quanto tempo achar necessário.

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • ELIFAS JOSE RIBEIRO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É intere$$$$$$$$ante esta noticia.

  • Priscila | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Não sei como a população deve reagir diante desta realidade, se deve se espantar ou se revoltar. A verdade mesmo sendo dolorida aos cofres públicos e a nossos bolsos é que os "poderosos" usam e abusam do dinheiro público e nem se "envergonham" das atitudes.

  • marcos costa | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Esses valores nao devem ser mensais e sim anuais!
    O Governo nao é como os do passado!

  • Roseany Barros | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Provavelmente o valor informado na notícia(p.ex. 5,4 mil) deve ser o valor total do contrato (que cutuma ser por um período de 12 meses). Se assim for, a Lei n. 8.666/93, em seu art. 24, dispensa a licitação até o valor de R$ 8 mil (por contrato - valor total).Caso contrário, se o valor de R$ 5,4 mil for mensal, vezes 12 meses, teriamos um contrato de R$ 64,8 mil, aí sim a contratação, sem licitação, seria ilícita, e a irregularidade apurada pelo Tribunal de Contas do Estado.Acho que a Casa Civil não se exporia a tanto. É preciso ter bom senso e averiguar bem o que se publica.

2 abstenções e briga pela 4ª Secretaria

silvio favero 400   Dois deputados se abstiveram na eleição da Mesa Diretora da Assembleia desta terça cujo votação foi secreta. Nos bastidores, os comentários são de que as abstenções foram de Sílvio Fávero (foto), que se lançou à disputa e, sequer, teve...

Petista, incoerência e voto contrário

ludio cabral 400   O petista Lúdio Cabral (foto), daqueles parlamentares do morde e assopra, na tentativa de marcar posição, expõe cada vez mais suas incoerências em votação na Assembleia. Na sessão que antecedeu a eleição para a nova Mesa Diretora, provocada pela decisão...

Projeto sobre VI na Saúde está na AL

gilberto figueiredo 400 curtinha   Já está na Assembleia, para votação dos deputados, o projeto do governo que garante retomada do pagamento da verba indenizatória aos profissionais da Saúde que atuam na linha de frente do combate à Covid-19 nas unidades hospitalares, ambulatoriais e...

2 desembargadores vão para TRE-MT

carlos alberto tj 400 curtinha   O Pleno do Tribunal de Justiça define, na quinta (25), em votação secreta e por videoconferência, dois desembargadores que comporão os quadros de comando do TRE-MT pelos próximos dois anos. O ex-presidente do TJ, Carlos Alberto Alves da Rocha (foto), é um dos inscritos...

Primeira-dama pede retorno de auxílio

marcia_pinheiro_curtinha400 Primeira-dama de Cuiabá Márcia Pinheiro (foto), em visita à sede do Rdnews e entrevista ao Rdtv, pede que a bancada federal de MT se mobilize e vote favorável ao retorno do pagamento do auxílio emergencial às famílias em situação de vulnerabilidade. Márcia...

Retorno, um novo tempo e inocência

jose carlos novelli 400 curtinha   Os conselheiros José Carlos Novelli (foto) e Antonio Joaquim participaram nesta terça da primeira sessão do Pleno do TRE, após três anos e seis meses afastados por determinação da Justiça, com base em denúncias sem provas de que cinco conselheiros...