Últimas

Quarta-Feira, 01 de Abril de 2009, 14h:01 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:22

DIAMANTINO

Cassado acusa ministro Mendes de interferir em decisão

Mato-grossense Gilmar Mendes, ministro do STF   O prefeito de Diamantino, Erival Capistrano (PDT), alega estar sofrendo perseguição política, o que teria motivado a cassação de seu mandato nesta terça (31), bem como o de sua vice, Sandra Baierle (PDT). A decisão que afastou o prefeito foi tomada pelo juiz da 7ª Zona Eleitoral, Luiz Fernando Voto Kirche. Capistrano julga ser perseguido porque venceu o pleito de 2008 após concorrer com o que denomina como "grupo que comandava o município por 16 anos seguidos", numa referência ao segundo colocado nas urnas, Juviano Lincoln (PPS), afilhado político do ex-prefeito Chico Mendes, irmão do presidente do Supremo Tribunal Federal Gilmar Mendes, que visitou Diamantino na última sexta (27). Para Capistrano, o fato teria influenciado a decisão do magistrado. "Infelizmente, venci e derrubei uma oligarquia que comandava Diamantino por 16 anos. Talvez, isso tenha sido o meu maior erro, pois tenho consciência tranquila que minha campanha foi limpa e honesta", afirmou Erival Capistrano.
  
   O assessor jurídico do prefeito cassado, Christian Almeida, pretende protocolar já nesta quarta (1º) junto ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE) o recurso de apelação contestando a decisão do juiz. O advogado afirma que o MP e a Justiça Eleitoral ignoraram provas documentais que absolveriam o prefeito eleito da acusação de prestação de contas irregulares.

   De acordo com Capistrano, o agricultor Arduíno dos Santos, pivô de todo o processo, "foi coagido pelos capangas do candidato derrotado a mudar seu primeiro depoimento dado no final de novembro de 2008". À época, Arduíno havia afirmado que doou R$ 20 mil à campanha eleitoral de Capistrano. Já em dezembro do ano passado, o agricultor mudou todo seu depoimento inicial, negando sua assinatura em recibos em que comprovam a doação de dinheiro à campanha do então candidato. (Flávia Borges)

Postar um novo comentário

Comentários (9)

  • Antonio H. Silva | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Ministro, vai trabalhar... Vai pegar no pé da Policia e soltar seu amigo banqueiro

  • MARIA CRISTINA DOS S. GUERRA | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Dr. Cristian e Erival tenham mais dignidade assumam o erro cometido não me venha com essa de que o Juiz errou, pelo que entendi da sentença o que motivou a decisão do juiz foi a comprovação das falsificações de assinaturas de três pessoas e um total de 06(seis) recibos eleitorais falsificados. E uma coisa os senhores não podem atribuir aos “perseguidores” o falsificador é seu homem de confiança, não foi o responsável pela contabilidade de sua campanha eleitoral como também cuida da contabilidade de seu Cartório, há anos, foi o seu contador que te colocou nessa situação não seus adversários. Dr. Cristian não aproveite dessa ação para tentar ganhar notoriedade utilizando o nome do Ministro, seja ético se não pode dizer a verdade sobre o processo, fique calado, não fale bobagem, não fica bem ao um advogado ficar atribuindo a terceiros e a justiça a responsabilidade pelos atos errados de seu cliente e foi a seu pedido que foram realizadas perícias em duas das assinaturas falsificadas, alias assinaturas estas cuja autenticidade já havia sido negada em depoimento, pois tanto Sr. Helio como o Sr. Wilmar afirmaram em audiência e na sua presença, que não tinham assinado os recibos eleitorais, um deles inclusive indicou o autor da falsificação apontou o Claudinei – contador de Erival e responsável pelas finanças da campanha eleitoral do mesmo. Resumindo me explique as falsificações. Me explique porque Erival prestou contas de apenas R$ 2.000,00(dois mil reais) e depois vem a tona as doações com recibos falsificados que somam mais de R$ 37.000,00(trinta e sete mil reais) essa patacoada é também de autoria de seus adversários perseguidores? Ou também vão querer atribuir ao Ministro?

  • Samir Ribeiro | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Companheiros e Companheiras,
    tesmo que lutar pela Democracia, chega de abuso de poder!!!!!
    Em 1964 tivemos que abandonar o processo Democrático que se instalava no nosso País e voltamos a poder ter uma diguinidade após a Constituição de 1988. Tenho certeza que Erival Capistrano consiguirá reverter essa situação perante ao TRE - MT. Tenhos certeza que o Desembargador e Corregedor Manoel Orenelas junto com outros magistrados iram deferir o ato do Sr. Juiz Luiz Fernando Voto Kirche.
    Saudações Socialista e Briozolista,

    Samir Ribeiro

  • hugo furlan/ PDT JACIARA | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    TODO PODER EMANA DO POVO E EM SEU NOME SERÁ EXERCIDO
    A cassação do companheiro Erival, rasga o voto do povo de Diamantino.

  • Vladimir Torres | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • Mario Marcio Torres | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Diante da nova matéria veiculada pelo Rdnews, sinto a necessidade de fazer novamente os seguintes comentários:

    A cassação do prefeito Erival Capistrano deixa toda a nação Pedetista de Mato Grosso perplexa, essa decisão arremete para o estado do Maranhão, onde o Gov. Jackson Lago foi afastado sob alegação de compra de voto ato que tem gerado uma indignação nacional.

    Aqui e lá foram lutas contra oligarquias enraizadas a décadas, em eleições que marcaram a decisão coletiva desses dois povos numa luta dos setores populares contra o poder economico.

    Erival vem das origens do PDT e trás as marcas da ética e da honra em lições que aprendeu ano após ano na militância ancorado nas lutas imemoriais do Gov. Leonel Brizola.

    Nesse instante carrego a segurança de que as Instancias Superiores da Justiça Eleitoral, reformem essa decisão que contraria os esforços de resgate dos bons costumes políticos. Já comuniquei a Direção Nacional do PDT para que promova uma grande mobilização do nosso partido em defesa do mandato que o PDT conquistou LEGITIMAMENTE nas urnas.

    Mario Marcio Torres.
    Presidente do Diretório Municipal de Cuiabá

  • Severino | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • Orlandir CAvalcante | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O Ministro Gilmar Mendes sempre se envolve em polemicas não porque ele seja polemico, mas pelo simples fato de falar demais. Sou de uma época em que Juiz não dava opinião mas sentenciava. Ele fala mais que o homem da cobra, como se ele ocupasse um cargo politico> Ele não esta sendo pago por nós brasileiros para dar opinião sobre sem terras, politica, economia... ele esta sendo pago por nós para defender os ditames de nossa lei maior a Constituição federal.
    Será quando que vai cair a ficha deste senhor?
    Ah quem fala muito da bom dia a cavalo.
    Por Favor ministro fale menos e julgue mais! Defenda nossa constituição e não suas convicções politicas!!!!!!!!!!!

  • osanir ferreira nascimento | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Que falta de personalidade, e falta de oportunidade de adquirir confiança entre a população Diamantinense, ou até mesmo mundial com o Ministro Gilmar é conhecido e reconhecido. O Ministro não vem a Diamantino visitar seus parentes e amigos que o amam desde 08 de dezembro de 2.008, isto é o chamado ato esperniante, quando não se tem argumento diante a situação levantada para a decisão judicial de um Juiz e um promotor que tem crédito ilibado junto a toda corte do judiciário matogrossense e porque não dizer nacional, onde suas decisões coerentes possam chegar.
    intentem outra pois esta só vai lhe dar mais dor de cabeça.

Romoaldo, prescrição e elegibilidade

romoaldo junior 400 curtinha   Assim como Wilson Santos, o deputado Romoaldo Júnior (foto) assegura que hoje também está elegível porque uma condenação de dois anos e três meses de prisão, inclusive com perda do mandato, acabou prescrita. Ele disse que ainda não sabe se disputará...

Juca quer ex-deputado no Gabinete

roberto nunes 400   O presidente do Legislativo cuiabano, vereador Juca do Guaraná, disse que irá convidar o ex-vereador, ex-vice-prefeito e ex-deputado estadual Roberto Nunes (foto) para assumir a Chefia de Gabinete da Presidência. Enfatiza que Roberto é bem articulado politicamente, tem habilidade e experiência e,...

Governo "desmama" senador do Dnit

wellington fagundes 400   O Governo Bolsonaro conseguiu, enfim, "desmamar" Wellington Fagundes (foto) do Dnit. Há décadas, entra e sai governo e o ex-deputado federal por seis mandatos (24 anos) e no cargo de senador desde 2015 vinha indicando apadrinhados no cargo de superintendente regional do Dnit em MT. O último foi Orlando...

Ex-deputado demitido de assessoria

luiz soares 400   O ex-deputado Luiz Soares (foto), hoje com 63 anos, foi exonerado do cargo de assessor parlamentar do contemporâneo Wilson Santos. Ganhava quase R$ 10 mil brutos. Estava lotado no gabinete do deputado tucano havia quase dois anos. Soares é pensionista do extinto Fundo de Assistência Parlamentar, ganhando...

Arsec concede reajuste; prefeito veta

alexandro adriano arsec 400   No último dia 22, a diretoria-executiva colegiada da Agência Municipal de Regulação de Serviços Públicos Delegados de Cuiabá (Arsec), presidida por Alexandro Adriano Lisandro (foto), aprovou índice de reajuste de 2,21% nas tarifas de água e esgoto. E...

Novo ensaio do privilegiado Neurilan

neurilan fraga 400   Neurilan Fraga (foto) transformou mesmo a AMM não apenas num cabide de emprego, mas numa entidade para, em alguns casos, atender a seus interesses pessoais. Ali, investido no cargo de presidente, inclusive já pelo quarto mandato, mesmo não sendo mais prefeito, ele se articula politicamente o tempo todo....

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT optou pela implantação do BRT em Cuiabá-VG em detrimento do VLT. O que você acha disso?

Estou de acordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.