Últimas

Sábado, 08 de Março de 2008, 10h:15 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

VALE A PENA RECORDAR

Cassado em 2004, Rogério Silva quer ser prefeito

  Primeiro deputado federal mato-grossense cassado sumariamente por compra de votos, Rogério Silva (PP) estará de volta nas eleições deste ano. Agora, vai pleitear a Prefeitura de Alta Floresta, onde o irmão Robson Silva já foi prefeito. Rogério ficou "carimbado" pelo crime eleitoral que declinou sua trajetória política, tanto que tentou retornar à Câmara Federal em 2006, mas não obteve êxito. Com 41.166 votos, ficou na terceira suplência, atrás de Celcita Pinheiro (DEM) e do secretário estadual de Ciência e Tecnologia, Chico Daltro (PP).

   Em 2002, Rogério Silva se elegeu federal pelo PMDB. Teve 60.040 votos. Em 2003 a "casa caiu" e foi denunciado por captação ilícita de sufrágio. Perdeu o mandato no ano seguinte. Seu mandato foi concluído por Teté Bezerra (PMDB). Rogério pulou para o PPS e, depois, para o PP.

   Na propaganda eleitoral gratuita na TV, em 2006, ele defendeu ações sociais. "A minha vida pública sempre foi pautada pelo respeito ao cidadão". Enalteceu os projetos de sua autoria que tramitava no Câmara Federal. Também fez questão de dizer que foi considerado o quinto parlamentar do país a apresentar maior números de propostas que alteram a legislação. (Pollyana Araújo)

   Clique no play e relembre as promessas na campanha de 2006 de Rogério Silva.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • alves | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Este foi tirado o seu mandato no tapetão,olha só o que estes estão aprontando por ai e cade a justiça?Tem neguinho que deita e rola em cima,este foi igualmente o Fernando Collor se F... por um carro elba da fiat.tem gente com mais de dez talão de cheque e mais coisa não cai é igual o saco do boi balança mais não cai,está é a historia da raposa que seguiu o boi mto tempo e mtos km ela via o saco do boi balançando e imaginava ... agora cai já cai,ai ela chegou a um conclução que nem tudo que balança cai.e brincadeira.

  • José | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Cassado ou perseguido?
    Se formos pensar em caçar...não sobra ninguém.

Diretório do Podemos-VG dissolvido

mara podemos curtinha 400   A direção estadual do Podemos, sob o deputado José Medeiros, destituiu o diretório municipal de Várzea Grande e anulou o encaminhamento para apoio a Kalil Baracat a prefeito. Agora sob comando provisório da professora Wilcimara Carnelós, a Mara (foto), que está na...

Silvio provoca debandada no PTB-VG

silvio fidelis 400 curtinha   Silvio Fidélis (foto), afilhado político de Chico Galindo e que se tornou fiel escudeiro da prefeita várzea-grande Lucimar Campos, de cuja gestão é secretário de Educação, provocou debandada geral no PTB local. Inconformado com a decisão de Emanuelzinho de...

PTB tem 25 e deve eleger 2 à Câmara

misael galvao 400 curtinha   O PTB lançou 25 nomes a vereador em Cuiabá. E a tendência é de eleger entre um e dois. As maiores apostas são os seus próprios vereadores: Misael Galvão (foto) e Adevair Cabral, respectivamente, presidente e primeiro-secretário da Mesa Diretora da Câmara....

Retorno à Câmara após 6 mandatos

fulo 400 curtinha   Figura bastante popular, especialmente na região da Vila Operária, Lourisvaldo Manoel de Oliveira, o Fulô (MDB), que foi vereador de Rondonópolis por seis mandatos, está de volta. Hoje suplente, ele assume provisoriamente nesta segunda a cadeira do titular Thiago Muniz, que pediu licença...

Bolsonaro nem aí para políticos de MT

nelson barbudo 400 curtinha   O cerimonial da Presidência da República deu de ombros para os políticos, inclusive para a bancada federal mato-grossense, na visita de Bolsonaro, sexta, em Sinop e Sorriso. Alguns tentaram, de forma insistente, tirar foto com o presidente. E até conseguiram. Mas o capitão preferiu...

Tião com Flávio e "pau" nos Campos

tiao da zaeli 400 curtinha   A maior bronca dos Campos em Várzea Grande hoje é com o ex-prefeito Tião da Zaeli (foto), que motivou o amigo e empresário Flávio Vargas, dono do frigorífico Frical, a entrar na disputa à sucessão municipal. E Flávio conseguiu construir um amplo arco de...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.