Últimas

Segunda-Feira, 18 de Fevereiro de 2008, 21h:26 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

CÁCERES

Célio recusa nova eleição; briga encerra sessão

Célio Silva, presidente da Câmara de Cáceres   Mesmo acuado por um grupo de oito dos 10 vereadores cacerenses, o presidente da Câmara, Célio Silva, o Celinho (PP), não aceitou a proposta de promover uma nova eleição à Mesa Diretora. Em sessão ordinária nesta segunda (18) à noite, houve bate-boca. A sessão foi encerrada depois que os oito parlamentares, em protesto e sob aplauso da platéia, deixaram o plenário. Aliado do prefeito Ricardo Henry, Celinho se vê isolado na Câmara. A maioria dos seus colegas não concorda com a forma como conduz o legislativo cacerense. Ele é acusado de cometer atos de improbidade administrativa. Seu mandato de dois anos encerra em 31de dezembro deste ano.

   Na semana passada, três dos cinco integrantes da Mesa renunciaram aos cargos. Foram eles o vice-presidente Manoel Matos (PMDB), o Manezinho, o primeiro-secretário Usias Pereira (PSDC), e o segundo-secretário Wilson Palhinha (PSDC) - saiba mais aqui.

   Com as vacâncias, conforme estabelece o Regimento Interno, o presidente deve buscar preenchimento das vagas na sessão seguinte, que seria nesta segunda. Nenhum vereador topou compor um dos três cargos. O grupo dos 8 apresentou um requerimento, propondo nova eleição para todos os cinco cargos, inclusive de presidente. Temeroso em perder o trono, Celinho engrossou a conversa. Ignorou a proposta. Irritados, os oito abandonaram o plenário, obrigando o presidente a encerrar a sessão. Pelo visto, a briga política vai descambar para o embate jurídico.


Após troca de farpas, vereadores se retiram da sessão
Foto: Lilian Kemper

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • João Aparecido Moraes | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    A Cãmara de Vereadores de Cáceres, com esse presidente, é realmente um caso de polícia. Ao que parece, a "estrutura" do prefeito Ricardo Henry começa a cair, depois de três anos de uma administração pífia que lhe renderam a maior rejeição popular já vista em Cáceres, como mostraram as diversas pesquisas feitas ultimamente, inclusive com divulgação por esse blog espetacular. Escândalos como o do famoso "chequinho" e do transporte escolar superfaturado e sem licitações são a marca da dupla Ricardo Henry/Célio Silva. Acorda Câmara Municipal, Ministério Público, Polícia!!!!

Sorriso tenta aval para conceder RGA

estevam calvo 400   A Prefeitura de Sorriso quer pagar RGA aos servidores, mas não encontrou até agora respaldo legal para assim proceder, considerando a Lei Complementar 173/2020 que, no contexto da pandemia, proíbe reajuste no salário de servidores federais, estaduais e municipais até 31 de dezembro deste...

Ambulância doada pela CBF para MT

Aron Dresch 400   O governo estadual recebeu doação de uma ambulância da CBF como forma de reconhecimento à dedicação dos profissionais da Saúde e dos serviços que estão sendo prestados durante a pandemia. O Hospital Metropolitano, em Várzea Grande, foi escolhido para...

Fávaro, relatório e vacina sem Anvisa

carlos favaro 400   O senador mato-grossense Carlos Fávaro (foto), eleito na suplementar do ano passado, está comemorando a aprovação pelos colegas do seu relatório ao Projeto 1315/2021, que libera a importação de vacinas e insumos para o combate à Covid-19 no Brasil e sem depender do...

TRE intima deputado pra se defender

gilberto cattani 400   O TRE já citou o deputado Gilberto Cattani (foto) e o comando do PRTB para se manifestar sobre o pedido do suplente Emílio Populo, que quer a perda do mandato do recém-empossado por infidelidade partidária. O relator é o jurista Sebastião Monteiro. Cattani apresenta defesa na...

DEM tem derrotados em 2020 pra AL

anelise silva 400   Alguns filiados do DEM do governador Mauro Mendes estão se movimentando por conta própria, visando as eleições de deputado estadual no próximo ano, alheios ao comodismo do presidente regional do partido, ex-deputado Fabinho Garcia. Em Cáceres, por exemplo, dois são cogitados para...

Vereadores vão devolver a VI de abril

agostinho carneiro 400   Presidida por Agostinho Carneiro (foto), a Câmara Municipal de Ribeirãozinho, um dos menores municípios do Estado, com cerca de 2,5 mil habitantes, decidiu suspender o pagamento da verba indenizatória deste mês de abril de todos os seus nove vereadores. Com isso, os R$ 9 mil que iriam para o...