Últimas

Segunda-Feira, 04 de Junho de 2007, 08h:35 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

EXECUTIVO

Cepromat dá lanche com refrigerante toda noite

 

      O Centro de Processamento de Dados (Cepromat)  assinou contrato com a Comercial Luar para fornecimento mensal, no período noturno, de aproximadamente 550 lanches, acompanhados da mesma quantidade de refrigerantes. O curioso é que não pode ser qualquer refrigerante. O contrato deixa claro que deve ser de "boa qualidade" - confira no fac-simile acima.  Além dos funcionários receberem adicional noturno de 35% sobre a hora trabalhada e auxílio alimentação mensal no valor de R$ 20, o Cepromat se obriga a garantir o fornecimento de lanches, com caloria mínima.

      Provavelmente, os servidores estão tomando Coca-Cola Zero.  Além disso, o contrato prevê que eventualmente haja fornecimento de marmitex, também acompanhada de refrigerante.  O fornecimento de lanches está previsto em acordo coletivo. "O Cepromat funciona 24 horas por dia e, não tem como, durante a noite, aproximadamente 18 funcionários saírem para comprar seu lanche", disse Graziele Pichioni, uma das contratantes.

  O contrato foi assinado pelo presidente Adriano Niehues e pelos diretores Graziele Pichioni e Luciano Bigatão e a dona da empresa Comercial Luar, Mirian Cláudia de Paula.

Postar um novo comentário

Comentários (7)

  • Emerson Marques | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Parabens aos gestores do CEPROMAT, se todo funcionario seja ele publico ou privado, fosse tratado com dignidade como se deve, com certeza teriamos repartiçoes publicas com profissionais mais dedicados e com serviços no grau daquilo que se espera. Tomara Deus que outros dirigentes de repartiçoes, Empresas privadas e Etc.. tenham a mesma iniciativa.

  • Marcelo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Existem tantos absurdos neste governo para ser denunciado e vcs me vêm com essa mesquinharia de lanches para as pessoas que trabalham até tarde da noite.
    Porque vcs não vão atrás dos valores pagos para construção do ginásio Aesin Tocantins por exemplo, que foi licitado em 22 milhões e já pagaram 35. Ou melhor, porque vcs não vão procurar saber como estão sendo feitas as licitações da Sinfra.
    Por favor, não menosprezem a inteligênia das pessoas.

  • Highlander | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Com certeza, iniciativa como essas deixam os funcionários/servidores até mais estimulados para trabalharem, pois estão sendo tratados com diginidade.
    Pena que nem todos gestores públicos tenham essa mesma visão de Administração.

  • Carlos Roberto de Aguiar | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    A noticia não deveria ser veiculada, se alguem tá se doendo, deve é estar querendo o contrato, se não têm nada de ilegal na contratação não há razão para virar noticia.

  • DONIZETE SENA RODRIGUES | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O Cepromat semple esta na lista do Governo. para fechamento o hoje vejo esbanjando dinheiro. conjelando os salario dos servidor. isso e uma vergonha?

  • Aristóteles Potter | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Esse cidadão Adriano é um iminência parda no governo. faz de tudo e nada lhe acontece. ainda por cima possue um clube de golfe na estrada de manso, na margem de uma lagoa, degradou área de preservação permanente e nada lhe acontece. QUE PAIS É ESSE! QUE PAÍS É ESSE! QUE PAÍS É ESSE!

  • Ana Brasil | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Fornecer o lanche é uma atitude nobre, garantida por acordo coletivo, e realmente é um benefício, um reconhecimento a mais a todos aqueles que estão trabalhando nas noites e madrugadas a dentro, colaborando com a construção de um Estado melhor.
    O que deve ser conferido é se essa quantidade e/ou a quantidade paga está de acordo com o fornecido aos empregados. E também deve haver rigorosidade na cobrança da qualidade do lanche.

Candidato a reitor e 2 apoios fortes

dimorvan rui 400   O candidato de oposição a reitor do IFMT, Deiver Teixeira, recebeu dois apoios importantes. As manifestações de adesão à candidatura vieram dos professores Ruy Oliveira e Dimorvan Brescancim. Ruy foi candidato a reitor nos últimos dois pleitos e é um pesquisador...

Abílio e Medeiros rejeitam Fernanda

coronel fernanda 400 curtinha   Abílio Júnior e o deputado José Medeiros, presidente do Pode-MT e que foi derrotado para senador, querem distância da coronel Rubia Fernanda (foto) da campanha neste segundo turno em Cuiabá. Nos bastidores, comentam que não precisam da militar filiada ao Patriota e que ficou...

Com maioria na Câmara de Cáceres

eliene liberato 400 curtinha   A prefeita eleita de Cáceres Eliene Liberato (foto), que conquistou 15.881 votos (38,16% dos válidos), terá apoio da maioria dos 15 vereadores. Destes, oito garantiram cadeira pela coligação da própria Eliene, o que representa 53%. As duas maiores bancadas são do PSB de...

Gamba quer Tuti presidindo a Câmara

tuti 400 alta floresta curtinha   O prefeito eleito de Alta Floresta, Chico Gamba (PSDB), tem se articulado para eleger presidente da Câmara o vereador reeleito do seu partido, Oslen Dias dos Santos, o Tuti (foto), que obteve a segunda maior votação, com 814 votos. Na tentativa de convencer os novos integrantes da próxima...

Várzea Grande paga a folha já na 6ª

lucimar campos 400   A prefeita várzea-grandense Lucimar Campos, prestes a concluir o segundo mandato, anunciou que na sexta, a três dias de fechar o mês, conclui o pagamento da folha de novembro. E, nesta quarta (25), já libera a diferença da correção do piso federal para os professores. No total...

Críticas à busca do poder pelo poder

marcia pinheiro 400   Em um ato realizado na praça Alencastro, nesta segunda à noite, a primeira-dama de Cuiabá Marcia Pinheiro disparou críticas aos adversários do prefeito Emanuel, que busca a reeleição. Segundo ela, as alianças formadas por Abílio neste segundo turno são...

MAIS LIDAS