Últimas

Quinta-Feira, 24 de Maio de 2007, 07h:16 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

PESQUISA

César Maggi bate qualquer adversário, diz Mark

    Cesar Maggi (PR) reconquistaria hoje a Prefeitura de Sapezal, fundada pela própria família Maggi, contra qualquer adverário, entre eles o ex-prefeito Aldir Schineider (PSDB), o produtor rural Paulo Sachetti (DEM), o secretário estadual de Saúde, Augustinho Moro (do mesmo partido do prefeito), o engenheiro agrônomo Paulo Adriano (PMDB) e José Guarino PV), a quem Maggi derrotou nas urnas de 2004.

    Numa disputa contra Schineider, Sachetti e Adriano, conforme mostra o quadro 01, César Maggi garantiria um novo mandato com 50,3% das intenções de voto, revela o instituto Mark. A pesquisa foi realizada em Sapezal, com cerca de 15 mil habitantes, na segunda e terça-feira desta semana. O segundo colocado nessa amostragem é o tucano Schineider, com 20,4%. Os demais surgem bem atrás. Sachetti, provável candidato dos democratas, ficaria com 5,4%, enquanto o peemedebista Paulo Adriano seria o lanterna, com somente 1,4%.

   Numa outra situação, em que teria como concorrentes a esposa do ex-prefeito Aldir, Elaine Schineider, a Preta, Sachetti e Adriano, César Maggi perderia dois pontos percentuais, mas manteria larga vantagem. "Abocanharia" 48,3% dos votos (ver estimulada 02), enquanto Elaine obteria 23,8%. Sachetti continuaria na terceira posição com 6,1%, seguido de Adriano, com 2%.

   Uma eventual substituição de candidatura de José Guarino por Paulo Sachetti (quadro 03), o prefeito republicano também lidera, chegando a 49,7%. Elaine seria a preferida por 23,1%, seguida do presidente do Sindicato Rural de Sapezal, José Guarino (14,3%), pré-candidato pelo PV. Nessa simulação, Paulo Adriano aparece com 1,4%.

   César Maggi seria reconduzido à Prefeitura de Sapezal com 49,7% dos votos se tivesse hoje como concorrentes nas urnas Aldir, Guarino e Adriano. Nesse caso (simulação 04), o tucano Aldir ficaria com 19%; Guarino, 15% e; Paulo Adriano, 1,4%.

  Mesmo uma eventual candidatura da ex-secretaria de Educação do município, Ilma Grisoste, hoje secretária-adjunta do Estado de Ciência e Tecnologia, não impedira a reeleição de César Maggi. Conforme revela a simulação 08, o prefeito chegaria a 51% das intenções de voto, enquanto Ilma obteria apenas 2%. Ela seria "engolida" pelo secretário Augustinho Moro (PR), Fernando Maggi (6,8%) e por Paulo Sachetti (7,5%).

    Sem Maggi

   Já sem o prefeito César Maggi no páreo, o favorito é o seu antecessor Aldir, que administrou o município de 2000 a 2004. O tucano surge em primeiro lugar com 27,2% (quadro 05). Em segundo lugar, com 15,6%, fica o empresário rural Paulo Sachetti, que deve concorrer pelo DEM. O secretário de Estado de Saúde, Augustinho Moro, que mora em Sapezal, seria o terceiro colocado, com 8,8% das intenções de voto e, Paulo Adriano, o lanterna, com 4,1%.

   Sem o prefeito e sem Aldir entre os candidatos, a vantagem ficaria com Elaine Schineider, a Preta, esposa do ex-prefeito. Ela venceria com 33,3% revela a pesquisa Mark. Sachetti figura com 16,3%, enquanto Augustinho teria 7,5% e, Paulo Adriano, 4,8% (estimulada 06).

   José Guarino, que em 2004 concorreu a prefeito e obteve 2.604 votos, seria o segundo colocado, atrás de Aldir Schineider, se a corrida sucessória tive ainda Augustinho e Adriano. Nesse cenário (quadro 07), Guarino teria 22,4%, enquanto Aldir ganharia com 28,6%.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Jayme é contra decreto do governador

jayme campos 400 curtinha   O senador Jayme Campos (foto), que já foi governador e prefeito, engrossa a lista dos que defendem isolamento social mais rigoroso neste momento. A postura vai na contramão do correligionário Mauro Mendes. O governador editou decreto que prevê a abertura de shoppings e comércio, desde...

EP e 2 medidas junto à Águas Cuiabá

emanuel pinheiro 400 curtinha   O prefeito Emanuel Pinheiro (foto) impôs duas medidas à concessionária Águas de Cuiabá. A empresa está proibida de cortar a água de inadimplentes e não terá direito a um aumento de 6%, aprovado pela Arsec. As medidas, segundo o prefeito, são...

Vice e o uso político do Creci pró-Julio

claudecir 400 creci curtinha   O sindicato dos profissionais do Mercado Imobiliário de Mato Grosso, sob Juliano Lobato, em nota de repúdio, detona o atual vice-presidente do Creci-MT, Claudecir Contreiras (foto), para quem está fazendo uso político da entidade e beneficiando, de forma descarada, o...

Toninho e expectativa de retorno à AL

toninho 400 curtinha   Toninho de Souza, que no ano passado estreou como deputado, permanecendo no cargo por 46 dias, no lugar de Eduardo Botelho, vive expectativa de retornar à cadeira na Assembleia. Mas isso vai depender de uma decisão de Janaína Riva, que está no quarto mês de gravidez. Ela tem...

Parlamentar temido reassume em VG

caio cordeiro 400 curtinha   Com menos de 15 dias no cargo de vereador em Várzea Grande, o primeiro-suplente Caio Cordeiro (foto), do PRP, já terá de desocupar a vaga. Eis que está de volta, da prisão para retomar o assento de parlamentar, Jânio Calistro, que está no segundo mandato e responde...

Diversos cortes nas despesas da AL

eduardo botelho curtinha 400   Num período em que o Legislativo praticamente parou, assim como o Judiciário e órgãos vinculados aos Poderes, como TCE e MPE, o presidente da AL, deputado Eduardo Botelho (foto), tomou decisão correta ao cortar gastos enquanto perdurar a pandemia do coronavírus. Entre as...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você concorda com a decisão de prefeitos, que começam a decretar estado de emergência, fechando comércio, serviços públicos e o transporte coletivo?

sim

não

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.