Últimas

Terça-Feira, 01 de Maio de 2007, 06h:32 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

OPERAÇÃO LACRAIA

Chega ao Supremo pedido para investigar Jaime

   Já está no Supremo Tribunal Federal o pedido de investigação encaminhado pelo juiz federal Julier Sebastião da Silva, da 1ª Vara de Mato Grosso, contra suposto tráfico de influência praticado pelo senador Jaime Campos (DEM). São cópias de transcrição e áudios.
   Ele teve o nome envolvido no escândalo, que estourou com a Operação Lacraia e resultou na prisão de mais de 30 pessoas, por meio de interceptação telefônica entre duas suspeitas de participar do grupo. Agora, o STF vai designar um ministro-relator para decidir se o parlamentar mato-grossense será ou não investigado.
    A acusação pode comprometer o futuro político de Jaime, que já havia deflagrado sua pré-candidatura ao governo estadual para 2010. Ex-prefeito de Várzea Grande por três mandatos e governador (91/94), ele nega qualquer ligação com a quadrilha. Jaime Campos promete, inclusive, acionar judicialmente tanto o juiz Julier quanto o procurador da República em Mato Grosso, Mário Lúcio Avelar, autor do pedido de investigação.
    Segundo as investigações, funcionários de cartórios falsificavam e forjavam registros e títulos de propriedades rurais, que posteriormente eram usados na obtenção de empréstimos e financiamentos bancários por "clientes" do grupo. A suspeita do Ministério Público Federal é que o senador tenha agido em defesa da ex-tabeliã Helena Jacarandá, uma das presas.
   Na representação, Avelar afirma que o senador "supostamente promove os interesses da organização criminosa junto a elevadas instâncias do poder público, mormente perante o Superior Tribunal de Justiça, a fim de restabelecer a investigada Helena Jacarandá à frente do cartório de registros de imóveis de Barra do Garças".
    O diálogo em que o senador aparece é da corretora de imóveis Lucélia Parreira e Maria de Lourdes Dias Guimarães, ambas presas pela PF. Lucélia, segundo a procuradoria, era braço direito de Helena, e Maria de Lourdes, sua ex-funcionária. Maria de Lourdes diz: "Qual será que foi o político forte que (interrompida)." "O Julio Campos", diz Lucélia. "Ahn?", fala Maria de Lourdes. "O Jaime Campos, que ele é senador. (...) Ele que conseguiu", diz Lucélia.
    Além desse diálogo, há um outro gravado pela PF, em que Cristine Jacarandá, lotada no gabinete de Jaime, telefona para a mãe Helena e comenta a respeito do senador. Fala, entre outras coisas, que Jaime ficou feliz pelo retorno dela (Helena para o Cartório de Barra do Garças).

    Defesa

    Jaime Campos já fez pronunciamento no Senado (clique aqui e confira), rechaçando a acusação. Os seus colegas senadores, em aparte, saíram em sua defesa. Demóstenes Torres (DEM-GO), por exemplo, criticou a decisão do juiz Julier, de encaminhar o caso para o STF e disparou: "infelizmente, a autoridade judicial jogou um balde de merda em sua cabeça". O senador Mão Santa (PMDB-PI) completou: "Isso é inveja do senhor Jaime Campos, que já foi prefeito três vezes de Várzea Grande e também governador, um homem honrado".

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Amado Amador | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Briga das boas...O senhor Jaime Campos não poderia ter encontrado em Mato Grosso pedreira maior que o juiz Julier e o procurador Avelar (e duvido que a Justiça tenha apenas esse fragmento como acusação).

  • Jão | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    E a empresa de ônibus dele em VG?

    tem que chegar tbm no MPE...


    Fala Jaimão...vera, veríssimo

  • Lane Costa | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Bem a Professora Janete já dizia durante o processo eleitoral de 2006: "Jaime Campos NÃO MERECE ser eleito senador por Mato Grosso"!

    Quer motivo maior? É só pesquisar...

Reeleição consagradora e base forte

leonardo bortolini leo 400 curtinha   Em Primavera do Leste, o prefeito Léo Bortolin (foto) mostrou nas urnas ser mesmo um líder político emergente da região. Ele assumiu o Executivo, após vencer a eleição suplementar em novembro de 2017, com 69% dos votos válidos. Agora foi à...

Vereador eleito diz não apoiar Abílio

eduardo magalhaes 400 curtinha   Release produzido pela campanha de Abílio Júnior anuncia que 13 dos 25 vereadores eleitos e/ou reeleitos estão apoiando o candidato do Podemos neste segundo turno em Cuiabá. E incluiu na lista Eduardo Magalhães (foto), do Republicanos. Mas o próprio Magalhães,...

Ibope mostra acirramento Abílio x EP

abilio junior 400 curtinha   O primeiro resultado da pesquisa Ibope deste segundo turno, revelado hoje pela TVCA, apontando Abílio (foto) com 48% e Emanuel com 40% das intenções de voto, empatados tecnicamente dentro da margem de erro de 4 pontos percentuais para mais ou para menos, é uma mostra do quanto está...

Ricardo atuando pela reeleição de EP

ricardo adriane 400 curtinha   O ex-vereador Ricardo Adriane (foto), um dos dirigentes do Republicanos da Capital e do quadro de assessores do presidente da Assembleia, deputado Eduardo Botelho, está fazendo campanha pela reeleição do prefeito cuiabano Emanuel Pinheiro. Numa reunião ampliada, Ricardo deixou claro que...

Única petista eleita define apoio a EP

edna sampaio 400 curtinha   Única vereadora eleita pelo PT na Capital, a professora Edna Sampaio (foto) resolveu declarar apoio à reeleição do prefeito Emanuel Pinheiro (MDB). E mandou mensagens aos servidores públicos, que passarão a ter a petista como espécie de porta-voz na Câmara Municipal....

Batista agora aparece pra pedir voto

joao batista 400 curtinha   Único deputado do Pros com assento na Assembleia e presidente estadual do partido, João Batista (foto) resolveu aparecer nestas eleições em Cuiabá, mas no segundo turno. No primeiro, foi escondido pela candidata do Pros, Gisela Simona, que ficou em terceiro lugar. Nos bastidores,...

MAIS LIDAS