Últimas

Quinta-Feira, 12 de Março de 2009, 13h:25 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:22

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA

Chica defende marido da acusação de compra de votos

   A deputada Chica Nunes (PSDB) usou a tribuna da Assembléia, nesta quinta (12), para defender o marido e prefeito cassado de Barão de Melgaço, Marcelo Ribeiro (PP). Acusada pelo Ministério Público Estadual (MPE) de desviar R$ 6 milhões dos cofres do legislativo cuiabano, Chica classificou de "levianas" e "infundadas" as denúncias de abuso de poder político e econômico, de fraudes e compra de votos contra Marcelo. "O processo tem provas infundadas e depoimentos forjados", apontou.

   Referindo-se diretamente ao grupo político do novo prefeito de Barão, empresário Antônio Ribeiro Torres (PSB), a deputada garantiu que os advogados do marido recorrerão até a última instância para que o progressista retorne ao cargo. "Vamos lutar até a última instância. Enquanto isso, espero que o novo prefeito continue os trabalhos iniciados na gestão do Marcelo Ribeiro".

   Chica Nunes classificou de "baixaria" a comemoração de partidários de Antonio Torres após o anúncio de sua diplomação pela Justiça Eleitoral. "A falta de respeito é tanta que tem três dias que os moradores não dormem com o disparo de foguetes. Para que isso? Não vamos precisar dessa baixaria para permanecermos no cargo. Para isso existe a Justiça".

   Ela criticou Antonio Torres por suposto pedido de segurança policial para manter a "ordem" durante a cerimônia de transmissão do cargo. Sob o argumento de tranquilizar a população, a tucana disse que se depender do seu grupo político, a posse será harmônica e não há necessidade do novo prefeito usar dinheiro público para pagar seguranças. "O município tem apenas cinco ou seis ruas. Deslocar policiais de outras ocorrências para a cerimônia só pode ser um ato de um prefeito inconsequente, que quer ganhar a prefeitura no tapetão".

   Em resposta às críticas à gestão na Câmara de Cuiabá, Chica apontou uma pesquisa feita pelo PSDB em junho de 2008 com nomes do partido para disputar a vice-prefeitura na chapa encabeçada pelo então candidato à reeleição, Wilson Santos (PSDB). "Meu nome apareceu em segundo lugar. Esta pesquisa é a resposta aos comentários feitos de forma leviana", argumentou.

   Marcelo Ribeiro foi cassado por determinação do juiz que respondia pela 38º Zona Eleitoral, Lídio Modesto da Silva. O magistrado decretou perda de mandato do prefeito eleito em dois dos quatro processos protocolados pela oposição. O socialista Antonio Torres será empossado nesta quinta (12), às 20h, na Câmara Municipal de Barão de Melgaço. (Andréa Haddad)

------------------------------------------------------------------------------------------

Clique no play e veja o que diz a deputada Chica Nunes

Postar um novo comentário

Comentários (44)

  • Celino Teodoro de Melo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • JOAQUIM | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    A CULPA DESSA BANDALHEIRA TODA, É DAS NOSSAS ALTISSIMAS AUTORIDADES, POIS SE TIVESSEM LEVADO EM CONSIDERAÇÃO AS FICHAS SUJAS, QUANTA PORCARIA NÃO ESTARIAMOS VENDO, HOJE, IMAGINEM NUM FUTURO PROXIMO O QUE VEREMOS, AINDA. QUE ABERRAÇÃO, NINGUEM EM CANA E AINDA O ROTO QUERENDO DEFENDER O RASGADO. SÓ AQUI NESTA DEMOCRACIA, MESMO. FUI.....

  • simpatizante de Ribeiro | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Caro Alessandro, o que você deseja discutir sobre gestão pública? Orçamento, LDO, LOA, PPA ou Plano de Trabalho anual? É só escolher o assunto. A propósito, estrangeiros trazerem verba p Barão? Centro de Treinamento??? Acorda Alice, papai Noel também participará? Faz me rir...

  • Fernanda Travassos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Bom, usarei aquele velho ditado pra dar uma mensagem a essa mulher !!!

    Um sujo, falando, do mal lavado?

  • Ricardo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Se a chica acha que o marcelo se manterá no cargo através de liminar (como ela), está enganada. Aliás, já deveriam ter cassada essa liminar dela, mas a justiça, infelizmente é lenta e as vezes pacial.
    Ela invoca muito o nome de Deus. Mas que Deus é esse que ela conhece? com certeza não é o Deus criador dos céus e da terra, porque este sim, é justo, e não compactua com tantas noticias de desvios da Chica Nunes.
    Chica, Deus realmente é justo, e a próxima justiça que fará, vai ser cassar essa liminar que ainda a mantém no cargo. As noticiaS QUE CIRCULAM PEOS SITES SOBRE SUA PESSOA, SOBRE OS DESVIOS, SE FOSSE EM UM PAÍS SERIO, JÁ TERIAM OBRIGADO VC A DEVOLVER CENTAVO POR CENTAVO, E AINDA IR CURTIR ALGUNS ANOS NO XILINDRÓ.
    PARE DE INVOCAR O NOME DE DEUS E FICAR ALARMANDO QUE É CUIABANA, PORQUE NÓS CUIABNOS HONESTOS, TEMOS VERGONHA DISSO.

  • luiz carlos de souza | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    parabens deputada, espero qua justiça seja feita, como que o juiz lidio modesto acredita em uma testemunha como valdemir, isso é brincadeira com o nosso municipio.

  • Marcelo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Brincadeira né Sra.Deputada. A tribuna da Assembléia deveria ser usada para tratar de assuntos do povo, que inclusive paga além de todas as despesas o seu salário, que não é baixo.

    O problema do seu marido, tem que ser resolvido com o Ministério público.

    Aliás o seu também, quando da sua calamitosa passagem pela presidência da câmara de Cuiabá.

    Vai trabalhar e deixa de cuidar de assuntos pessoais não lhe pago salário pra isso.

    Ja imaginou se a moda pega, a tribuna só vai servir pra defender salteadores de cofres públicos.

  • dejango | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    QUE DUPLA É ESSA MEU DEUS?
    A AUSENCIA DELES NA POLÍTICA NÃO NOS FARÁ FALTA...

  • cardoso | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    chiquinha nunca mais, quem é esa mulher pra falar do marido, os dois tem roupa sujas....
    a justiça tem que acabar com esa historia de liminar...

  • Ana Maria P. Leite | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

PT na oposição independente do eleito

edna sampaio 400   Independente de quem ocupar o Palácio Alencastro, a partir de janeiro, a professora Edna Sampaio (foto), única eleita pelo PT à Câmara de Cuiabá, fará oposição ao prefeito. E dá sinais de que será uma parlamentar bastante atuante. Neste segundo turno, como o seu...

Secretário não consegue eleger Fred

fred gahyva 400 curtinha   O vereador licenciado e secretário estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo, foi um cabo eleitoral incansável pela candidatura de Fred Gahyva (foto) a vereador pela Capital. Ele liderou reuniões nas unidades de saúde, reforçando pedido de voto para o aliado e amigo de...

Deputado agora pula de palanque

elizeu nascimento 400 curtinha   O ex-vereador e hoje deputado estadual Elizeu Nascimento (foto), que amargou a oitava colocação na disputa ao Senado na eleição suplementar do último dia 15, mudou de lado, como se troca de camisa. Em princípio, era apoiador do projeto de reeleição do prefeito...

Ex-aliado, Sales lembra quem é Abílio

coronel sales 400   Em mensagem enviada aos amigos, reforçando pedido de voto para Emanuel Pinheiro, o coronel PM da reserva e secretário de Ordem Pública da Capital, Leovaldo Sales (foto), diz conhecer bem os dois candidatos que disputam, neste segundo turno, o Palácio Alencastro. Sobre Emanuel, lembra que este tem...

Uma perna no muro e dicas indiretas

eduardo botelho 400 curtinha   O presidente da Assembleia, Eduardo Botelho (foto), chega ao final deste 2º turno das eleicões em Cuiabá com uma perna no muro. Ele liberou toda sua equipe para votar em quem quiser e todos pedem voto para Emanuel. Já Botelho, particulamente, preferiu não assumir publicamente o seu...

Nezinho, nova derrota e aposentadoria

nezinho 400   Aos 69 anos, o petebista Carlos Roberto da Costa, o Nezinho (foto), considerado da velha guarda política, tentou, mas foi reprovado nas urnas em Nossa Senhora do Livramento. Ele concorreu a prefeito em quatro pleitos. E já exerceu dois mandatos. Nezinho já foi secretário-adjunto de Fazenda do Estado,...

MAIS LIDAS