Últimas

Segunda-Feira, 26 de Março de 2007, 07h:23 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

ARTICULAÇÃO

Chica Nunes deixa PSDB para blindar o mandato

    Sob pressão, Chica Nunes decidiu abandonar o PSDB, após conquistar, pelo partido, dois mandatos de vereadora e um de deputada estadual. De adversária, ela passa a ser aliada do governo Blairo Maggi. Apesar de recorrer ao argumento de que é a sigla tucana é quem está provocando sua desfiliação, Chica busca mesmo, no fundo, é uma espécie de 'blindagem' ao se tornar governista.

   Dois 'pepinos' podem complicar o seu mandato. Um diz respeito a supostos atos de improbidade administrativa enquanto presidente da Câmara Municipal de Cuiabá (2005/2006). O Ministério Público investiga denúncia de fraudes em licitações. No outro processo, baseado em procedimento administrativo a partir de notícia-crime em Barão de Melgaço sobre compra de votos, o Ministério Público pede a cassação do diploma de Chica. A representação em que a parlamentar é acusada de cometer abuso de poder econômico e capacitação ilícita de votos tramita no Tribunal Superior Eleitoral. Ela nega as acusações.

   Em princípio, Chica Nunes havia decidido trocar o PSDB pelo PP do deputado José Riva. Na semana passada, ao ser convidada pelo governador para ingressar no PR, ela se entusiasmou e a tendência agora é migrar para a nova legenda. Assim, o PR passaria a ter cinco cadeiras na Assembléia e Chica, por sua vez, contaria com respaldo do governo para se manter no cargo.

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • Agnaldo da Silva Campos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Infelizmente, o Governador Blairo Maggi está preocupado com quantidade de membros no PR não com qualidade. Cabe a ele (Governador) explicar a população aquela velha máxima: "DIGAS COM QUEM ANDAS QUE EU TE DIREI QUEM ÉS".

  • Gonçalo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É o troca-troca para se ter beneficios proprios e bajular o governador.Temos que ter fidelidade partidaria o cargo deve ser do partido e nao do candidato.

  • alberto cunha dourado | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    é nisto que dá...os partidos politico estão cheios de gente que não tem nada a ver com os partidos e sim com suas pretensões pessoais.Cadê a tão falada reforma politica será que vai sair do discurso: duvido enquanto tiver esta baderna nunca vai sair a reforma, pois conforme a situação de cada politico, é só mudar de sigla e sua situação fica estavel, é o presente caso da Chica Tranbique Nunes..é pagar pra ver...os problemas dela vão acabar vai terminar em pitzza...duvida

  • José Ribamar Trindade | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Amigos jornalistas que cobrem a área política, primeiro é preciso bater duro contra essa prática abusiva e nojenta de troca de partido: uma vergonha. Também é preciso denunciar os políticos que se elegem para legislar e viram secretários. O povo vive enganado e isso é um crime de estelionato político, igual prometer e não cumprir. Isso revolta porque todos sabem que por trás de tudo estão os interesses financeiros. Só para lembrar: Nas promessas das últimas eleições para prefeito, Cuiabá ganharia até um metrô.

  • Alessandro | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    CHICA NUNES FOI UMA VEREADORA ATUANTE NOS BAIRROS EM CUIABÁ, SUA VOTAÇÂO VEM SEMPRE CRESCENDO , COM CERTEZA SERA UMA ÓTIMA DEP. ESTADUAL .COM RELAÇÃO A FIDELIDADE PARTIDÁRIA VAMOS ANALISAR O EXEMPLO DO PARTIDO DO PRES. LULA.ACHEI A CHARGE DE MUITO MAL GOSTO E BAIXO NÍVEL.

Nezinho, nova derrota e aposentadoria

nezinho 400   Aos 69 anos, o petebista Carlos Roberto da Costa, o Nezinho (foto), considerado da velha guarda política, tentou, mas foi reprovado nas urnas em Nossa Senhora do Livramento. Ele concorreu a prefeito em quatro pleitos. E já exerceu dois mandatos. Nezinho já foi secretário-adjunto de Fazenda do Estado,...

EP cresce 5; Abílio perde 3, diz Ibope

emanuel pinheiro 400 curtinha   Pelos números do Ibope, revelados nesta sexta à noite pela TV Centro América (Globo), Abílio Júnior (Podemos) oscilou negativamente 3 pontos percentuais em menos de uma semana, de 48% para 45% das intenções de voto. Já o emedebista Emanuel Pinheiro (foto)...

Sob arrogância, ataque e desrespeito

abilio junior 400 curtinha   O candidato Abílio Junior (foto), que disputa o segundo turno em Cuiabá com o prefeito Emanuel, chegou bastante nervoso e irritado para o debate nesta sexta, na TV Vila Real (Record). Demonstrando arrogância, ignorou o superintendente do Grupo Gazeta de Comunicação, Dorileo Leal, na...

Candidatos, tensão, debate e bate boca

antoniocarlos   Em debate tenso, na TV Vila Real (do grupo Gazeta) e, após troca de acusações sobre atos de corrupção e servidores fantasmas, os candidatos à Prefeitura de Cuiabá Abílio Júnior (Pode) e Emanuel Pinheiro (MDB) protagonizaram bate boca por mais de uma vez. O clima ficou...

Abílio contrata 400 fiscais para eleição

A campanha do candidato Abílio Júnior (Pode) decidiu contratar 400 fiscais para atuar nesta eleição de domingo. Isso derruba o discurso do candidato do Podemos de que todos atuam de forma voluntária em prol da sua vitória. Aliás, quando questionado sobre a grande estrutura que montou neste segundo turno, inclusive sobre a equipe de marketing, disse que todos são colaboradores. Na sua versão, ninguém recebe pelo trabalho,...

Entrando na briga à AMM muito tarde

maurao curtinha 400   Mauro Rosa, o Maurão (foto), que está encerrando o segundo mandato como prefeito de Água Boa, é o único candidato no duelo com Neurilan Fraga, que busca mais um mandato no comando da AMM, entidade que representa as prefeituras mato-grossenses. O problema é que Maurão entrou...