Últimas

Segunda-Feira, 26 de Março de 2007, 07h:23 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

ARTICULAÇÃO

Chica Nunes deixa PSDB para blindar o mandato

    Sob pressão, Chica Nunes decidiu abandonar o PSDB, após conquistar, pelo partido, dois mandatos de vereadora e um de deputada estadual. De adversária, ela passa a ser aliada do governo Blairo Maggi. Apesar de recorrer ao argumento de que é a sigla tucana é quem está provocando sua desfiliação, Chica busca mesmo, no fundo, é uma espécie de 'blindagem' ao se tornar governista.

   Dois 'pepinos' podem complicar o seu mandato. Um diz respeito a supostos atos de improbidade administrativa enquanto presidente da Câmara Municipal de Cuiabá (2005/2006). O Ministério Público investiga denúncia de fraudes em licitações. No outro processo, baseado em procedimento administrativo a partir de notícia-crime em Barão de Melgaço sobre compra de votos, o Ministério Público pede a cassação do diploma de Chica. A representação em que a parlamentar é acusada de cometer abuso de poder econômico e capacitação ilícita de votos tramita no Tribunal Superior Eleitoral. Ela nega as acusações.

   Em princípio, Chica Nunes havia decidido trocar o PSDB pelo PP do deputado José Riva. Na semana passada, ao ser convidada pelo governador para ingressar no PR, ela se entusiasmou e a tendência agora é migrar para a nova legenda. Assim, o PR passaria a ter cinco cadeiras na Assembléia e Chica, por sua vez, contaria com respaldo do governo para se manter no cargo.

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • Agnaldo da Silva Campos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Infelizmente, o Governador Blairo Maggi está preocupado com quantidade de membros no PR não com qualidade. Cabe a ele (Governador) explicar a população aquela velha máxima: "DIGAS COM QUEM ANDAS QUE EU TE DIREI QUEM ÉS".

  • Gonçalo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É o troca-troca para se ter beneficios proprios e bajular o governador.Temos que ter fidelidade partidaria o cargo deve ser do partido e nao do candidato.

  • alberto cunha dourado | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    é nisto que dá...os partidos politico estão cheios de gente que não tem nada a ver com os partidos e sim com suas pretensões pessoais.Cadê a tão falada reforma politica será que vai sair do discurso: duvido enquanto tiver esta baderna nunca vai sair a reforma, pois conforme a situação de cada politico, é só mudar de sigla e sua situação fica estavel, é o presente caso da Chica Tranbique Nunes..é pagar pra ver...os problemas dela vão acabar vai terminar em pitzza...duvida

  • José Ribamar Trindade | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Amigos jornalistas que cobrem a área política, primeiro é preciso bater duro contra essa prática abusiva e nojenta de troca de partido: uma vergonha. Também é preciso denunciar os políticos que se elegem para legislar e viram secretários. O povo vive enganado e isso é um crime de estelionato político, igual prometer e não cumprir. Isso revolta porque todos sabem que por trás de tudo estão os interesses financeiros. Só para lembrar: Nas promessas das últimas eleições para prefeito, Cuiabá ganharia até um metrô.

  • Alessandro | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    CHICA NUNES FOI UMA VEREADORA ATUANTE NOS BAIRROS EM CUIABÁ, SUA VOTAÇÂO VEM SEMPRE CRESCENDO , COM CERTEZA SERA UMA ÓTIMA DEP. ESTADUAL .COM RELAÇÃO A FIDELIDADE PARTIDÁRIA VAMOS ANALISAR O EXEMPLO DO PARTIDO DO PRES. LULA.ACHEI A CHARGE DE MUITO MAL GOSTO E BAIXO NÍVEL.

EP vira "garoto propaganda" do HMC

emanuel hmc 400 curtinha   Emanuel Pinheiro (MDB) não se conteve e gravou um vídeo de um minuto e 35 segundos em que aparece em frente ao HMC. E, imitando a passagem de um repórter de TV, convida a população a conhecer o recém-inaugurado hospital. Enquanto fala, imagens mostram salas, equipamentos e a...

DEM "esconde" candidatos a vereador

beto 2 a 1 400 curtinha   O presidente do DEM em Cuiabá, Beto 2 a 1 (foto), secretário estadual de Governo, faz mistério sobre a chapa que está sendo montada para concorrer a vagas na Câmara de Cuiabá. Não esconde apenas o nome do vereador Marcelo Bussiki que, em março, deixa o PSB aproveitando...

Fávero e peso político em novo partido

silvio favero 400   A definição pelo presidente Jair Bolsonaro para que Silvio Fávero conduza a Comissão Provisória em MT da Aliança pelo Brasil, partido que só será criado oficialmente no próximo ano ou em 2021, representa peso político importante para o deputado de primeiro...

Prefeito estoura limite e TCE faz vetos

francis maris 400 curtinha   No sétimo e penúltimo ano de mandato, o prefeito cacerense Francis Maris (foto) segue na mesma toada, de que a administração precisa continuar "enxugando" a máquina, embora já tenha conseguido o equilíbrio fiscal e que quem o suceder receberá uma gestão...

Vice muda de partido e vai a prefeito

leandro felix 400 curtinha   O vice-prefeito de Nova Mutum e primeiro-suplente de deputado estadual, Leandro Félix (foto), pretende deixar o DC. Deve se filiar no Podemos ou no PRB. Vai depender da orientação política dos irmãos Adriano (Podemos) e Otaviano Pivetta (PDT), respectivamente, prefeito de Mutum e...

Câmara só regulamenta salário de EP

misael partido 400 curtinha   Ao fixar o salário do prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro em R$ 27 mil, a Câmara de Cuiabá, sob Misael Galvão (foto) não aumenta o subsídio de Emanuel de imediato, mas sim regulamenta o valor que já era pago desde dezembro de 2018. O imbróglio começou...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Como você avalia a decisão do Supremo de suspender prisão imediata após julgamento em segunda instância?

Concordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.