Últimas

Sexta-Feira, 01 de Janeiro de 2010, 10h:55 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

Câmara de Cuiabá

Clovito sai de novo; Júlio volta à Câmara

Cloves Hugueney (PTB)   O vereador Ivan Evangelista (PPS), reeleito pela coligação PPS/PTB, não aceitou a proposta de ingressar com pedido de licença a partir de fevereiro, quando a Câmara Municipal de Cuiabá retoma aos trabalhos legislativo. O primeiro-suplente Júlio Pinheiro recorreu, então, ao outro titular da coligação, o colega petebista Clovis Hugueney, o Clovito, que aceitou colaborar com o esquema de rodízio. Esta vai ser a segunda vez que Clovito se afastará da Câmara. Ele alega enfrentar sérios problemas de saúde. Logo nas primeiras sessões deste ano, o vereador apresentar seu pedido de afastamento por ao menos 121 dias. Assim, Júlio Pinheiro, que teve 3.232 votos, volta a legislar.

   Nesta 18ª Legislatura, seis suplentes tiveram a oportunidade de atuar na Câmara, cobrindo licenças ou em substituição a vereadores cassados. O mais sortudo foi Roosivelt Coelho (PSDB), que teve 3.572 votos. Ele assumiu o posto logo no início de 2009, quando o titular e ex-líder do prefeito Wilson Santos na Câmara, Edivá Alves, se tornou secretário de Trânsito e Transporte Urbano.

    Sérgio Cintra (PDT) também foi contemplado com cadeira de vereador, graças à articulação do comando do seu partido junto à administração Wilson Santos. Conseguiu transformar o parlamentar Adevair Cabral em secretário de Cultura da Capital. Com a transferência para o Executivo, a vaga ficou com Cintra, que teve 2.063 votos. Já Marcus Fabrício (PP) retomou ao posto de vereador, mas ficou apenas uma semana no cargo. O titular Levi de Andrade, do mesmo PP, suspendeu a licença. Alegou que precisava participar da sessão de julgamento que culminou na cassação do ex-presidente da Casa, Lutero Ponce (PMDB). Com a saída do peemedebista, se efetivou na cadeira Arnaldo Penha. O líder comunitário Totó Cesar (PRTB) também ganhou a cadeira de vereador por causa da cassação de Ralf Leite.

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • indignado | Segunda-Feira, 04 de Janeiro de 2010, 10h21
    0
    0

    Esse Julio Pinheiro não merece estar na camara pois o mesmo não faz nada que venha de encontro com a espectativa da sociedade que o elegeu é uma pessoa individualista que só ve o seu lado não é companheiro,e eu acho que ele não sabe o que é conpanherismo. O pior de tudo que já votei nesse descompromissado social, e o que eu tenho percebido é que esse vereador faltou a maiora das secão do ano passado e vai entrar de novo para não fazer nada, da-me licença você não merece estar nessa casa de lei pois não conheço nehuma lei ou projeto por este senhor elaborado e votado para beneficiar a coletividade ( sociedade) Cuiabana. Livrai nos senhor de todo esse mal amem.

  • benedito dias | Sábado, 02 de Janeiro de 2010, 17h33
    0
    0

    Infelizmente, esse vereador tranqueira vai assumir mais uma vez. Até quando o povo vai votar em pessoas que não têm compromisso com a sociedade, mas apenas com o seu grupo politico e a si mesmo. Esse Clovito dá licença. Por que não renuncia ao cargo? Cuiabá não precisa de um vereador inútil e incompetente.

  • marcos | Sexta-Feira, 01 de Janeiro de 2010, 19h08
    0
    0

    esse clovito só quer passear....não é de hoje que esse vereador não faz jus ao voto que teve, pra falar a verdade acabaram com a farra que ele o lutero e mtos outros tinham na camara...

  • Paulo Roberto | Sexta-Feira, 01 de Janeiro de 2010, 16h47
    0
    0

    Porque esse vereador Clovito, não sai de vez, fala que vai ao banheiro, e não volta mais...Está desperdiçando o tempo e din- heiro do contribuinte!!!

  • DUTRA PINHO | Sexta-Feira, 01 de Janeiro de 2010, 11h24
    0
    0

    Não tem outro não né?Meu Deus! é o Júlio Pinhiro!!! Me parece que o segundo suplente é Dilemário Alencar! e agora? Quem é o pior? Saúde Clovito!

Lei em Cuiabá veta cortar luz e telefone

misael galvao 400 curtinha   Seguindo exemplo de outros municípios, a Câmara de Cuiabá, sob Misael Galvão (foto), rejeitou veto do prefeito Emanuel e promulgou uma lei, que proíbe empresas de gás e concessionárias de serviço público de energia elétrica, no caso a Energisa,...

Visita a todos setores e agradecimento

domingos neto tce 400 curtinha   Numa demonstração de humildade e respeito aos servidores, o presidente do TCE Domingos Neto visitou nesta 4ª todo os setores do Tribunal para agradecer pessoalmente o esforço, dedicação e a contribuição de cada colaborador para que sua gestão do...

Equipe, foco e elogios ao governador

mauro carvalho 400 curtinha   Mauro Carvalho (foto), o número 2 do Palácio Paiaguás, faz questão de destacar que o governador Mauro Mendes está fechando o 1º ano de mandato sem promover uma única mudança no quadro dos 16 secretários, incluindo os que comandam a CGE e PGE. Entende isso...

Até Galvan quer o Senado pelo agro

antonio galvan 400 curtinha   A eleição suplementar ao Senado para início de 2020 começa a despertar interesse de diferentes setores. Só dos chamados representantes do agronegócio são pelo menos quatro possíveis candidatos. Até Antonio Galvan (foto), presidente da Aprosoja Mato...

Sem elo com a servidora denunciante

abilio 400 curtinha   Sob investigação da Comissão de Ética da Câmara de Cuiabá por causa de reincidentes casos de quebra de decoro, Abílio Brunini (foto), em nota, contesta o colega Juca do Guaraná, que divulgou imagens e afirmou que o vereador do PSC esteve no Hospital São Benedito e...

Goleada na cassação no TRE e no TSE

edson fachin 400 curtinha   No TRE-MT, em abril, a juíza aposentada e senadora Selma Arruda, que trocou o PSL pelo Podemos, teve o mandato cassado por unanimidade. No julgamento do recurso da parlamentar no TSE, nesta terça, o placar também foi "elástico": 6 a 1. Somente o ministro Edson Fachin (foto) votou acatando o...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Como você avalia a decisão do Supremo de suspender prisão imediata após julgamento em segunda instância?

Concordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.