Últimas

Quarta-Feira, 01 de Agosto de 2007, 14h:15 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:16

JUDICIÁRIO

CNJ suspende auxílio-transporte de magistrados

Por determinação do Consellho Nacional de Justiça, o presidente do Judiciário mato-grossense, Paulo Lessa, suspendeu desde esta terça (31) o pagamento do auxílio-transporte aos juízes que atuam na segunda instância e também aos desembargadores. Lessa tomou essa decisão porque os magistrados preferem deixar os carros de luxo na garagem para receber o benefício correspondente a 15% sobre seus salários, o que varia entre R$ 2,1 mil a R$ 3,3 mil. O CNJ solicitou informações para apurar possíveis irregularidades  na compra de 20 Toyotas modelo Corolla e os 09 Chevrolets Astras adquiridos para  substituir o auxílio-transporte, pago desde de 2005. Recém-empossado à presidência do TJ, Lessa já havia decidido leiloar os veículos para reduzir os prejuízos com a aquisição. Cada Corolla, comprado a R$ 61,5 mil teria um lance mínimo de R$ 44 mil - leia mais aqui.

   O corregedor Nacional de Justiça, ministro César Asfor, justificou a suspensão do pregão com o argumento de que a venda trará prejuízos ao erário público, pelo risco de serem leiloados por valores bem inferiores aqueles pagos. "Isso pode afetar a boa imagem do Judiciário mato-Grossense", disse ele. Dessa forma, os desembargadores e juízes que atuam no TJ perdem o auxílio-transporte e passam a utilizar os veículos comprados na gestão do ex-desembargador José Ferreira Leite.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • João Gustavo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Sabe no que isso vai dar? em nada, como sempre.
    E segue o brasileiro carregando o Estado nas costas.

  • Antonio Carlos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Romilson, eu leio todas as materias que vc publica e adoro fazer comentários, quando vc pergunta a nossa opinião. Essa dos corollas parados lá no estacionamento desde de 2.005 merece o comentário do Boris Cassoy "ISTO É UMA VERGONHA". Esses veículos foram comprados com o dinheiro de nossos impostos, logo vai ter o leilão porque já estão "velhos" aí vamos ter que gastar mais dinheiro para comprar outros carros? ou será que os próximos presentes terão a mesma opinião do atual. Vamos registrar e aguardar.

2 abstenções e briga pela 4ª Secretaria

silvio favero 400   Dois deputados se abstiveram na eleição da Mesa Diretora da Assembleia desta terça cujo votação foi secreta. Nos bastidores, os comentários são de que as abstenções foram de Sílvio Fávero (foto), que se lançou à disputa e, sequer, teve...

Petista, incoerência e voto contrário

ludio cabral 400   O petista Lúdio Cabral (foto), daqueles parlamentares do morde e assopra, na tentativa de marcar posição, expõe cada vez mais suas incoerências em votação na Assembleia. Na sessão que antecedeu a eleição para a nova Mesa Diretora, provocada pela decisão...

Projeto sobre VI na Saúde está na AL

gilberto figueiredo 400 curtinha   Já está na Assembleia, para votação dos deputados, o projeto do governo que garante retomada do pagamento da verba indenizatória aos profissionais da Saúde que atuam na linha de frente do combate à Covid-19 nas unidades hospitalares, ambulatoriais e...

2 desembargadores vão para TRE-MT

carlos alberto tj 400 curtinha   O Pleno do Tribunal de Justiça define, na quinta (25), em votação secreta e por videoconferência, dois desembargadores que comporão os quadros de comando do TRE-MT pelos próximos dois anos. O ex-presidente do TJ, Carlos Alberto Alves da Rocha (foto), é um dos inscritos...

Primeira-dama pede retorno de auxílio

marcia_pinheiro_curtinha400 Primeira-dama de Cuiabá Márcia Pinheiro (foto), em visita à sede do Rdnews e entrevista ao Rdtv, pede que a bancada federal de MT se mobilize e vote favorável ao retorno do pagamento do auxílio emergencial às famílias em situação de vulnerabilidade. Márcia...

Retorno, um novo tempo e inocência

jose carlos novelli 400 curtinha   Os conselheiros José Carlos Novelli (foto) e Antonio Joaquim participaram nesta terça da primeira sessão do Pleno do TRE, após três anos e seis meses afastados por determinação da Justiça, com base em denúncias sem provas de que cinco conselheiros...