Últimas

Sexta-Feira, 08 de Agosto de 2008, 18h:14 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:21

VÁRZEA GRANDE

Coligação pró-Júlio admite lapso generalizado

  A coligação pró-Júlio Campos também rebateu as acusações do peemedebista Nico Baracat e, em nota, admite que "houve um lapso generalizado da direção de todos os partidos políticos de Várzea Grande em não requerer no prazo devido ao TRE o espaço na TV". "Responsabilizar os outros pelas próprias falhas é uma demonstração de imaturidade"

Eis, abaixo, a íntegra da nota pró-Júlio Campos

    Nota à Imprensa
   A respeito da polêmica suscitada pelos adversários em torno da decisão da Justiça Eleitoral quanto à designação de emissora de TV da Capital, para gerar os programas do horário eleitoral gratuito das candidaturas de Várzea Grande, a coligação Muito Mais Várzea Grande, do candidato a prefeito Júlio Campos (DEM), tem a dizer que:
  a) Houve um lapso generalizado da direção de todos os partidos políticos do município em não requerer no prazo devido ao Tribunal Regional Eleitoral o respectivo espaço na televisão.
  b) Responsabilizar os outros pelas próprias falhas é uma demonstração de imaturidade.
  c) Embora considere que o espaço na TV seria estratégico para o desenvolvimento da campanha, em razão de Júlio Campos ser o candidato com mais obras e serviços prestados ao povo de Várzea Grande, a coligação Muito Mais Várzea Grande respeita a decisão dos magistrados embasada na tese da legalidade.
  d) De nossa parte, a não requisição do direito no prazo legal se deu por considerar que a prática dos três pleitos anteriores seria automaticamente aplicada também nestas eleições.
  e) Vamos levar as propostas do candidato Júlio Campos aos eleitores de Várzea Grande dentro dos limites permitidos pela legislação eleitoral. Se não podemos chegar ao eleitor pela TV, nós vamos nem que seja a pé, pois temos convicção que Júlio Campos representa a melhor opção para recolocar Várzea Grande e sua gente em destaque positivo no cenário econômico e social de Mato Grosso e do Brasil."
  Wilson Grafitte,
  Coordenador-geral da coligação pró-Júlio Campos

Postar um novo comentário

Comentários (6)

  • julio augusto de oliveira soares | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Os Campos só agora desesperaram com a falta do espaço televisivo porque acharam que o o bate cocho para o povo da nossa querida Varzea Grande mais uma vez funcionaria,agora assustaram ao verem que o povo está mais exigente quanto a qualidade dos seus representantes.

  • ROBERTO ARRUDA | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    eta COORDENAÇAO,MUITO RUIM.DO SR JULIO CAMPOS,TENDO O MAIOR TEMPO DE TV. deixar perder esta oportunidade de mostrar o seus projetos de governo e relembrar o povo de vg os desmazelos do MULILO DORMINO,QUEM SAIU GANHANDO SO FOI O MURILO. ARRUMA ESTA COORDENAÇAO SE NAO A VACA VAI PARA O BREJO AI NUNCA MAIS.

  • jOAÕ NUNES | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Não há lapso, mais conviniência política por parte dos envolvidos no pleito isso é ponto pacifico se pode a politica ser da PAZ. O pior de tudo é ver a nota acima assinada por cegos que acreditam estar conduzindo outros cegos , por isso e outras o Sr. Julio Campos pode ganhar mais deixa sempre orfão os padrões normais da ética politica sempre envergonhada com suas ações. O Jaime é mais polido, dificil ver situações dessa natureza sendo por ele arquitetadas, embora todos na politica não são cegos nem míopes...

  • Evair Pereira | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Com relação a organização concordo com o colega aí acima,está uma verdadeira bagunça,voto no senhor Dr. Júlio,mas aqui no cristo rei aonde eu moro,não tem ninguém coordenando,me falaram em terezinha topson,ivete e marcia suas irmãs,com todo respeito a elas,mas nunca estiveram aqui no nosso bairro,sua irmã até pouco tempo era vereadora en cuiabá.Peço desculpas ao senhor de estar me intrometendo,mas eu e minha família queríamos muito que o senhor fosse o próximo prefeito aqui de varzea grande,mas dô jeito que está infelizmente vai ficar difícil,pelo amor de DEUS mude essa coordenadoria aqui do grande cristo rei,coloque pessoas conhecidas,queridas aqui do bairro senão o senhor éstara arriscando a perder a eleição.

  • Zé Idalino Timbó | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É compreensível este lapso do Júlio Campos, afinal ele tem pouco experiência política, é um novato em disputar eleições, os políticos que o rodeiam idem, isto justifica ... espero que haja compreensão de todos... E NÃO VOTEM NELE.

  • Profª ISABEL CAMPOS | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É fato que Júlio Campos e seu concelheiro maior e irmão, Jayme Campos, têm experiência política.
    Em momento algum houve falta de interesse na propaganda eleitoral pela TV. Acreditou-se, de fato, que seria automática a determinação de que uma emissora de TV da capital faria a veiculação da propagando dos candidatos de Várzea Grande.
    A prova maior de que Júlio Campos tinha certeza de que a propaganda seria veiculada em televisão é que ele está com toda a estrutura montada, em Várzea Grande, com profissionais e produtora (Genius Publicidade) contratada e boa parte do conteúdo já gravado e pré editado para a montagem dos primeiros programas.
    O contrato firmado para a produção dos programas não pode mais ser cancelado, assim, esse investimento não poderá deixar de ser feito.
    Ora, se Júlio Campos não tivesse interesse na veiculação de programa eleitoral na TV, porque gastaria com a contratação e montagem de estrutura para essa produção?
    Além de tudo, todos sabem que o único candidato a Prefeito de Várzea Grande que tem obras, projetos e outras realizações para mostrar na TV, devido aos seus 36 anos de vida pública e serviços prestados para Mato Grosso, é Júlio Campos.

Acordo com Euclides partiu de Allan

allan kardec 400   Otaviano Pivetta, vice-governador licenciado por 30 dias para cuidar de problemas de saúde, disse que nada tem a ver com o tal acordo "costurado" pelo presidente regional do PDT, deputado Allan Kardec (foto), com Euclides Ribeiro, candidato a senador pelo Avante. Explica que só apresentou Euclides para Allan e...

Família Maia tenta retomar o poder

martha maia 400   O ex-prefeito de Alto Araguaia por quatro vezes, Maia Neto, não entrou na disputa de novo ao Executivo, mas lançou a irmã Martha Maia (foto), cuja filha Sylvia Maia é vereadora. Filiada ao PP, Martha entra como principal candidata da oposição ao prefeito Gustavo Melo, que vai à...

Welinton fará grande ato em Barra

welinton marcos 400 curtinha   Welinton Marcos (foto) lança sua candidatura a prefeito de Barra do Garças, na segunda (28), em um grande ato. Mesmo pelo sistema drive-in, devido à necessidade de adotar medidas sanitárias contra a Covid-19, são esperadas na solenidade cerca de mil pessoas, num espaço amplo,...

Irmão de Riva está na disputa em Juara

priminho riva 400 curtinha   O irmão do ex-deputado José Riva, Priminho Riva (foto), filiado ao PL, será mesmo candidato a prefeito em Juara, posto já ocupado por ele por duas vezes (1997/2004). Priminho pertence a uma famíliade políticos. Além de Riva, que foi prefeito e deputado, é...

PSB deve ficar fora da aliança de EP

max russi curtinha 400   O PSB, presidido pelo deputado Max Russi (foto), pulou mesmo do barco de Emanuel Pinheiro. Deve formalizar apoio à candidatura de Roberto França ao Alencastro. O PSB não consta na lista oficial de siglas que estão com o prefeito, que busca à reeleição. Os 11 que estão...

Taisir coordena campanha de Eliene

taisir karim 400 curtinha   O ex-reitor da Unemat e uma das lideranças do PSD na região Oeste, Taisir Karim (foto), que chegou a se lançar de última hora como pré-candidato a prefeito de Cáceres, mas logo em seguida recuou, será o coordenador-geral da campanha de Eliene Liberato (PSB), atual...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.