Últimas

Quinta-Feira, 20 de Agosto de 2009, 08h:00 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:23

RONDONÓPOLIS

Com 18%, Jayme continua o mais rejeitado ao governo

   O pré-candidato do DEM ao governo do Estado, senador Jayme Campos, ex-prefeito de Várzea Grande por três mandatos e ex-governador, enfrenta o maior índice de rejeição em Rondonópolis. Pesquisa Mark realizada em 16 de agosto revela que o democrata detém 18,4% de resistência popular do eleitorado rondonopolitano. A margem de erro é de 5 pontos percentuais para mais ou para menos. O DEM enfrenta dificuldades de espaço político em Rondonópolis. Nas eleições do ano passado, por exemplo, não conseguiu eleger um vereador.

   Em segundo lugar nesta amostragem sobre rejeição figura o nome do deputado Otaviano Pivetta (PDT), com 8,7%. Já o diretor-presidente do Dnit e ex-secretário de Estado do governo Blairo Maggi, Luiz Antônio Pagot (PR), enfrenta 6,7% de rejeição, assim como o presidente da Assembleia, deputado José Riva (PP).

    O prefeito de Cuiabá Wilson Santos (PSDB), que tem liderado as pesquisas de intenção de voto em vários municípios, é rejeitado por 5,7%. Ele tem como um dos principais aliados Zé do Pátio (PMDB), embora o partido do prefeito rondonopolitano trabalhe a pré-candidatura a governador de Silval Barbosa. O empresário Mauro Mendes (PR), presidente da Fiemt, figura com 2,2% de rejeição.

   Já o ex-prefeito e hoje deputado Percival Muniz (PPS) e o juiz federal Julier Sebastião da Silva, que ensaia pré-candidatura ao Paiaguás, são os menos rejeitados pela população rondonopolitana. Cada um enfrenta resistência apenas de 1,7%. Outro também com pequeno percentual de rejeição é o vice-governador Silval Barbosa, com 0,5%. A 13 meses das eleições, o número de indecisos, quando perguntados sobre em quem não votariam de jeito nenhum, chega a 45%. Outros 3% afirmam que pretendem votar em branco ou anular o voto em 2010. (Flávia Borges)

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • joão carneiro | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    meu Deussss, o povo não aguenta mais os Camposssss, desconfia seo jaime, o povo ja cansou eu lembro muito bem que um paranormal previu que o senhor nunca mais ganharia para executivo e nem sua familia. Taí o resultado: julio perdeu, o de jangada que não lembro o nome perdeu e o senhor também vai perder, sossega, que tanta ambição... isso não presta...

  • Pereira. | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Será que o homem é querido em Rondonópolis? Teve cargo executivo, o que mais tem desgaste político. Foi prefeito com o jornal da cidade contra. E tem essa rejeição baixíssima! Não tá onde tá a tôa.

  • Antonio Paulo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Sinceramente ñ acredito que o Dep.Otaviano Pivetta esteje nessa colocação em rejeição,pelo contrário,creio que ele mesmo sem ter oficializado sua candidatura a governo,já começou a preocupar os políticos tradicionais e desgastados de MT,rsrsrs...PIVETTA NELES!

  • Claudia moraes de Almeida | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Pelo que me entende de politica quem tem menas rejeição tem condição melhor para conquistar votos, parabens PERCIVAL, SILVAL e JULIER, vão em frente que o povo querem alguem de voces.

  • Ana Paula | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0


    Rondonópolis não percebe que Jayme como Governador pode melhorar muito mais o estado de Mato Grosso.
    Várzea Grande com ele como Prefeito só teve a ganhar. Alias o estado com Jayme no senado, no Governo ou até mesmo apenas como prefeito só tem a ganhar. Ele foi e é o melhor politico que ja apareceu neste estado.
    O povo de Varzea Grande é pelo menos 99,9% Jayme CAmpos. E Quem realmente conhece o trabalho dele e o tanto que ele construiu é 100% que estará do lado dele, como eu também. Senador Jayme Campos e FUTURO GOVERNADOR DO ESTADO DE MT estou com VOCÊ!

Desembargadores recebem 6 auxílios

maria helena povoas 400   O Tribunal de Justiça de MT, presidido pela desembargadora Maria Helena Póvoas (foto), paga uma série de direitos e vantagens que "engordam" substancialmente o subsídio de seus magistrados. O salário de desembargador é de R$ 35,4 mil. Entre os chamados penduricalhos pagos pelo...

Hospital cobra R$ 2,4 mi da prefeitura

luiz carlos pereira 400 tce   O Instituto de Saúde Santa Rosa recorreu ao TCE, na esperança de encontrar respaldo para receber R$ 2,4 milhões da secretaria de Saúde da Capital. Argumenta que a prefeitura, com quem mantém contrato desde 2019, está inadimplente, pois não teria pago integralmente os...

Definido novo presidente do Sanear

hermes avila 400   O prefeito Zé do Pátio nomeou à presidência do Serviço de Saneamento Ambiental de Rondonópolis (Sanear) o engenheiro Hermes Ávila de Castro (foto), que tende a se efetivar no cargo. Hermes ocupa a cadeira que, desde janeiro de 2017, pertencia à Terezinha Silva de Souza,...

Afilhado de Bezerra nomeado adjunto

clovis cardoso 400   O MDB, sob o cacique político Carlos Bezerra, "emplacou" mais um filiado histórico em cargo relevante na gestão Mauro Mendes. O advogado e ex-superintendente regional do Incra-MT, Clovis Figueiredo Cardoso (foto), foi indicado e já nomeado para o cargo de secretário-adjunto de Agricultura...

MPE suspende censo previdenciário

jose antonio borges 400 curtinha   O procurador-geral de Justiça, promotor José Antonio Borges (foto), suspendeu o censo previdenciário cadastral dos membros e servidores inativos e pensionistas do MPE. O recadastramento deveria ter iniciado no último dia 11 para ser concluído no final de fevereiro. Borges tomou...

Juca e os 7 secretários da Câmara

andre pozetti 400 curtinha   O presidente Juca do Guaraná definiu sete dos nove secretários que vão ajudá-lo a administrar a Câmara de Cuiabá. O secretário de Administração é Bolanger José de Almeida. O coronel PM da reserva Edson Leite conduz o Patrimônio e...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT optou pela implantação do BRT em Cuiabá-VG em detrimento do VLT. O que você acha disso?

Estou de acordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.