Últimas

Domingo, 09 de Setembro de 2007, 12h:00 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:16

VARIEDADES

Com 5 mandatos, deputado agora escreve livro

Deputado Humberto Bosaipo resgata história da UDN e PSD, principalmente em MT O deputado e pecuarista Humberto Bosaipo (DEM), que começou sua ligação com a Assembléia Legislativa atuando como secretário de Imprensa, resolveu lançar um livro. Pretende resgatar a história de dois partidos conservadores que sobreviveram entre as décadas de 1940 e 1960, a União Democrática Nacional (UDN) e o Partido Social Democrático (PSD). No quinto mandato parlamentar, Bosaipo prefere não antecipar detalhes de sua futura obra. Ele pesquisa as raízes e a luta das lideranças dos dois velhos partidos, mais em âmbito de Mato Grosso. Faz mistério sobre quando concluir o livro e o nome da obra.

     História

    No período de 1945 a 1967, o Brasil registrava 13 partidos, entre eles a UDN, que representava a classe média; o PSD, que aglutinava a burguesia; o PTB, os trabalhistas; e o PDC, os cristãos. A instalação do regime militar de 1964 acabou com o pluripartidarismo. Em seu lugar surgiu a Aliança Renovadora Nacional (Arena), do governo, e o Movimento Democrático Brasileiro (MDB), da oposição.

     O modelo da bipolarização entrou em colapso já no início do governo do presidente João Baptista Figueiredo (79-85). O então ministro da Justiça, Petrônio Portella, propôs a extinção da Arena e MDB.
O regime militar tenta, sem sucesso, impor modelo limitado de liberdade partidária. Em 1985, no governo José Sarney, ocorre a explosão de novas siglas. Foram registradas 24 somente naquele ano. Em 1989, grandes partidos passam a se articular para dificultar a aparição de novos pequenos. Em 1995, a Lei 9.096 cria dificuldades para aparição de novas siglas.

     Nesse processo de vida e morte dos partidos, 51 dos 130 casos registrados tiveram inseridos as palavras brasileiro ou nacional ou a expressão do Brasil. Democrata ou democrático aparecem 15 vezes, e, social, em 14 partidos.

Postar um novo comentário

Comentários (8)

  • Lolita Maria Ramos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Que pena, esse livro não contar a história da carreira desse deputado. Certamente venderia muito mais. Arcanjo que o diga.

  • Antonio Carlos Cuiabano | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • Marcos Uchoa | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Se ele escrevesse a verdade sobre as denúncias dele, riva e arcanjo, ultrapassaria harry potter em vendagem de exemplares.

  • gilmar | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • maria luiza mendonça | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    deputado,faça um favor para o povo matogrossense.Sabedores que somos de que o senhor traiu sua história,sabedores que somos que dificilmente esse judiciário omisso dará o encaminhamento que era de se esperar às ações que tramitam naquele poder contra o senhor,por favor,tenha dignidade e seja coerente com a fé que diz abraçar atualmente,e deixe o poder,vá usufruir da sua fortuna e nos poupe com sua demagogia e falta de preparo para o cargo que hoje ocupa...

  • Clementino Nogueira de Sousa | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Em primeiro lugar quero parabenizar o deputado Humberto Bosaipo pela execelente fonte que irá proporcionar à historiografia brasileira.Por outro lado ,gostaria de sugerir ao nobre deputado que estudasse alguma posssibilidade de incentivar a publicação das dissertações e teses de doutuorado sobre a história política de Mato Grosso ,produzidas por docentes da ufmt e da unemat e que por sinal são de excelente qualidade intelectual. Clementino Nogueira d e Sousa.

  • PAULO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    A ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA PAGARÁ MILHÕES DE REAIS PELOS EXEMPLARES DO LIVRO. E COLOCA LIVRO NISSO. COMPRARÁ PARA PRESENTEAR OS ELEITORES, JÁ QUE FORA NÃO VENDERÁ NENHUM EXEMPLAR. COM ISSO MAIS UMA VEZ, O R$ ESTARÁ GARANTIDO ATRAVÉS DOS COFRES PÚBLICOS.

  • ELIFAS JOSE RIBEIROe | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    HÒ nobre dep. eu quero comprar este livro ele vai me ensinar muita coisa por exemplo: como trocar cheques em factoring, como comprar lingerie super faturada e muitas outras coisas que o nosso judiciario sabe e não faz nada.

Servidores sem pagar os empréstimos

adevair cabral curtinha 400   A Câmara de Cuiabá rejeitou o veto total do prefeito Emanuel e promulgou a Lei 6.547, que suspende por 90 dias o pagamento de parcelas de contrato de crédito consignados tanto dos servidores públicos ativos e inativos da prefeitura quanto da própria Câmara Municipal. A...

Eleição ao Senado junto com municipal

carlos favaro 400 curtinha   A eleição suplementar para uma vaga ao Senado deve ocorrer em MT junto com o pleito municipal, em 15 de novembro. A definição oficial partirá do TSE até o final deste mês. Em princípio, a suplementar estava marcada para abril, mas, por causa da pandemia, foi...

Wellington tem 47 lotados no Senado

wellington 400 curtinha   Com dois meses e meio na cadeira de senador, Carlos Fávaro tem hoje 18 assessores lotados no gabinete, muito aquém do quadro dos colegas Jayme Campos e Wellington Fagundes. O chefe de gabinete de Fávaro é o advogado Irajá Rezende de Lacerda, filho do primeiro-suplente Zé Lacerda....

Cáceres, lockdown e frases de alerta

francis maris 400 curtinha   Em Cáceres, o prefeito Francis Maris (foto) decretou lockdown desde a última segunda, dia 29, como forma de forçar os moradores a permanecer em casa para conter o avanço da Covid-19. Mas as medidas restritivas não estão surtindo tanto efeito na prática. Muitos continuam...

4 prefeitos de MT com coronavírus

luiz binotti 400 curtinha   Pelo menos quatro prefeitos em Mato Grosso já foram diagnosticados com Covid-19. O caso mais recente envolve Luiz Binotti (foto), de Lucas do Rio Verde. Ele aguarda resultado de exames, mas já se encontra em isolamento domiciliar. Com sintomas do novo coronavírus, Binotti decidiu ficar em casa. De um...

Forçando cuiabanos a ficar em casa

emanuel pinheiro 400 curtinha   Acuado por causa do avanço dos casos de Covid-19, o que tem provocado colapso na rede pública de saúde, principalmente em Cuiabá, o prefeito Emanuel Pinheiro (foto) decidiu adotar medidas mais restritivas para conter circulação e aglomerações de pessoas,...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Até dezembro, o IFMT terá eleição para Reitoria. Quem você acha que será eleito dos candidatos abaixos?

Deiver Alessandro

Julio Santos

Nenhum deles

Não tenho ideia

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.