Últimas

Quinta-Feira, 17 de Dezembro de 2009, 09h:05 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:25

EDUCAÇÃO

Com ajuda federal, MT ganha 11 novas escolas técnicas

   Um convênio do governo estadual com o Ministério da Educação (MEC), através do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Escola (FNDE), vai resultar na ampliação de seis escolas técnicas e na construção de mais 11. As unidades vão atender quatro regiões-pólos mato-grossenses. Estão sendo investidos R$ 84 milhões, revela o secretário de Ciência e Tecnologia, Chico Daltro, a 15 dias de deixar o cargo para concorrer a deputado federal nas urnas de 2010. As obras começam no início do próximo ano. As unidades devem ser concluídas até março, um mês antes de vencer o prazo de proibição de lançamento e de inauguração de obras por causa das eleições. A Lei Complementar 374 formalizou as unidades que já existem, os antigos Ceprotecs. “Estes prédios serão reformados e ampliados e, juntamente com as novas escolas, atenderão, ao todo, acima de 35 mil alunos por ano”, destaca Daltro.

  Os Ceprotecs agora passam a ser denominados de Escolas Técnicas Estaduais de Educação Profissional e Tecnológica. Essas unidades já funcionam em Alta Floresta, Barra do Garças, Diamantino, Rondonópolis, Sinop e Tangará da Serra. Foram criados também dois centros vocacionais, que vão funcionar em Cáceres e Chapada dos Guimarães.

   As novas escolas serão construídas em 11 municípios. São eles: Cuiabá, Várzea Grande, Água Boa, Cáceres, Campo Verde, Juara, Lucas do Rio Verde, Matupá, Primavera do Leste, Poxoréu e Sorriso. Cada uma vai oferecer mais de 30 cursos, entre eles os de técnico agrícola, técnico em meio ambiente, técnico florestal, mecânico agrícola, pecuarista, informática e de armazenagem de grãos. 

  Está previsto concurso público para o provimento das 79 vagas criadas com aval da Assembleia Legislativa. O secretário Daltro observa, porém, que pode haver mais de um certame, caso as vagas criadas não sejam suficientes para atender a todas as necessidades das unidades. Os cargos previstos são para diretores, coordenadores de desenvolvimento educacional e de integração escola e comunidade, assessores técnicos, assistentes e gerentes de apoio pedagógico. 

    "O convênio firmado é resultado de um empenho de três anos do governo Blairo Maggi (PR) para fortalecer a educação tecnológica de forma que os interessados em áreas que envolvem tecnologia não necessitem mais se deslocar a outras regiões, dentro ou fora de Mato Grosso, para aprender", observa o secretário. Para ele, colocar a educação tecnológica mais perto dos interessados é um meio de incentivar diretamente o crescimento da economia do Estado.  (Adriana Nascimento)

Postar um novo comentário

Comentários (9)

  • Sassioto | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Aproveito a oportunidade pra perguntar ao dep Valtenir se a escola agrícola de Barão de Melgaço, que ele anunciou o retorno às atividades no começo do ano, muito mais necessária que nos centros maiores, está em funcionamento ? Lá sim, a população precisa de estudo e emprego, pois vive exclusivamente dos aposentados e pescadores. Agora com o asfalto, não se justifica a ausência de escolas de niveis superiores, agencias bancárias, hospital equipado, dentre tantas outras coisas mais. Mas em 2010, todos vão lá prometer de novo.

  • Lourenço de silva | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Que sirva de lição àqueles que o criticaram em matérias passadas.

  • Chico | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vale lembrar que existe uma luta dos servidores destas escolas para implantação de um novo Plano de Carreiras, antes de um novo concurso.

    Atualmente a maioria dos profissionais são contratados e pela desvalorização salarial, estas escolas tem o maior índice de exonerações à pedido, realizados no estado. Que tipo de profissionais querem colocar nestas escolas tecnicas com um salario destes?

  • marcelo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    vale lembrar que em poxoréo o prédio já está pronto por eles dar sequencia a escola que existe através dos italianos que é uma estrutura que se diga de passagem que muito boa.

  • Joana de Moraes | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É Chico Daltro, mais uma vez o senhor não atende Poconé, me lembro que foi vinculado na mídia do município quando prefeito e vereadores estiveram em seu gabinete. Nós jovens, ficamos com grande esperança.
    Concordo com os municípios mais distantes da capital, mas Cuiabá e Varzea Grande? quantas estruturas educacionais já existem nessas cidades? será que só nelas existe povo? ou será que é porque o senhor nunca pisou em Poconé para pedir votos?
    Eta mundo pequeno, mas ainda temos muita fé em Deus...ele costuma mandar a cobrança antes do témino da entrega.

  • ondino lima neto | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    mais uma vez alto araguaia fica de fora, reflexo da falta de representatividade politica.

  • Joao Cuiaba | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • Prof. Luis Carlos Ferreira | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É importante esclarecer que a estrutura geral da Escola Agropecuária Cidade dos Meninos de Poxoréu - a melhor em todo o Estado de Mato Grosso - foi entregue à rede pública de ensino pelos incompetentes Padres Orionitas, ao Governo do Estado, cuja congregação aportou por aqui dizendo-se salvadora da pátria, pois - de acordo com os messiânicos de D. Orione - a italiana Drª. Edwige Dassi (Fundadora do Educandário) não estaria financeiramente conseguindo administrar aquele complexo - coisa que eles, também, não conseguiram. E como a Usina Gov. José Fragelli foi doada graciosamente ao Poder Estadual, assim fizeram com a Escola Agropecuária, transformando-a num cabide politiqueiro de emprego. Entretanto, agora leio que o Governo de MT pretende construir em Poxoréu... Seria construir um outro complexo educacional?! Poconé e Alto Araguaia reclamam por tal benefício... transfiram esta construção para eles, porque Poxoréu já a possui.

  • CLEBER OURIVES | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Creio que quem ganha com esse belo Convênio é o Estado de Mato Grosso, pois as 11 Escolas Técnicas irão fomentar o desenvolvimento tecnológco no Estado, bem como gerar mais empregos diretos e indiretos para a população Matogrossense. Parabéns, Blairo Maggi, pela iniciativa e leve Chico as nossas considerações.

Colíder com 2 candidatos desgastados

jaiminho 400 curtinha   Em Colíder, duas figuras bastante desgastadas politicamente estão na disputa pelo Executivo, sendo o prefeito Noboru Tomiyoshi, que fechou aliança com apenas três partidos (DEM, PSD e SD), e o ex-prefeito Jaime Marques (foto), que concorre pelo PSC numa coligação que agrega DEM e...

PP com 25 a vereador projeta 3 vagas

orivaldo da farmacia 400 curtinha   O PP, da base aliada do prefeito Emanuel, conta com 25 candidatos a vereador pela Capital. Deve conquistar entre duas e três vagas. Os principais concorrentes são os já vereadores Orivaldo da Farmácia (foto), Marcrean Santos e Luis Cláudio, além do ex-vereador...

MPE vê prefeita de Torixoréu inelegível

ines 400 curtinha torixoreu   Para o Ministério Público Eleitoral, a prefeita de Torixoréu, Inês Mesquita Moraes Coelho (foto), que se lançou à reeleição pelo DEM, está inelegível. Numa ação de impugnação de registro de candidatura, o promotor...

Candidato amarga derrota na Justiça

adilson gon�alves 400 curtinha   O candidato a prefeito de Barra do Garças, delegado Adilson Gonçalves (foto), tentou, sem êxito na Justiça, censurar o Rdnews na publicação de matérias sobre o pleito eleitoral no município. Numa ação impetrada junto à...

Com certidão pra disputar 1ª suplência

dito lucas 400 curtinha   Filiado ao Podemos, Dito Lucas (foto), que entrou de última hora como primeiro-suplente da chapa ao Senado encabeçada por José Medeiros, assegura que vai apresentar novamente sua certidão junto à Justiça Eleitoral, de modo a provar que sua candidatura é legítima....

Um novo embate entre Diane x Adair

diane alves 400 curtinha   Adair José Alves Moreira, que vinha atuando na assessoria do vice-governador Otaviano Pivetta, decidiu mesmo concorrer de novo à Prefeitura de Alto Paraguai. Ele já foi prefeito por duas vezes. Adair será o principal nome da oposição à prefeita democrata Diane Alves (foto),...

MAIS LIDAS