Últimas

Terça-Feira, 20 de Outubro de 2009, 06h:30 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:24

INSTITUTO MARK

Com até 36%, prefeito cuiabano lidera em Rondonópolis

   Nos cenários com todos os pré-candidatos colocados à sucessão estadual, o nome do prefeito cuiabano Wilson Santos, principal aposta do PSDB na luta pela reconquista do Palácio Paiaguás, é o que melhor pontua nas intenções de voto em Rondonópolis. Pesquisa do instituto Mark, feita nos dias 17 e 18 deste mês, revela que o tucano aparece com percentuais que variam de 32% a 36%, dependendo dos possíveis adversários. A margem de erro é de 5% para mais ou para menos.

  Numa simulação com cinco virtuais candidatos, sendo eles o vice-governador Silval Barbosa (PMDB), o empresário Mauro Mendes (PSB), o deputado estadual Otaviano Pivetta (PDT) e o juiz federal Julier Sebastião da Silva, o prefeito da Capital figura na liderança em Rondonópolis com 32,2% (ver estimulada 1). Aparecem tecnicamente empatados na segunda colocação Silval, com 14,7%, e Jayme, com 14,3%.

   Mauro Mendes e Pivetta também ficam no empate técnico. O socialista detém  7,1% das intenções de voto, enquanto Pivetta figura com 5,7%. Na lanterna aparece Julier, com 1,4%. O percentual de indecisos é de 22,5%.

   Quando os pesquisadores citam os nomes do diretor-geral do Dnit, Luiz Antonio Pagot, e do presidente da Assembleia Legislativa, José Riva (PP), e num cenário em que Mauro Mendes não disputa, Santos se mantém na liderança, com 35,2%, seguido por Silval, que fica com 16,6% (estimulada 2). Na terceira colocação aparece Jayme, com 11,5%, enquanto Pivetta conta com 3,9% das intenções de voto. Julier tem menos de 1%, assim como Pagot. O percentual de indecisos é de 28,7%.

   Se a disputa fosse travada entre Santos, Jayme e Mendes, o tucano teria 36,3% (estimulada 3). Jayme e Mendes ficariam no empate técnico, com 10,1% e 9,9%, respectivamente. Os indecisos, nesse caso, somam 40,5%. Numa virtual briga eleitoral entre Santos, Silval e Pagot, o tucano lidera com 34,7%, seguido por Silval, que tem 20% (estimulada 4). Pagot fica na lanterna, com 5,7%.

    A Mark fez a pesquisa em 49 regiões da zona urbana de Rondonópolis, com 435 entrevistas. Dos que foram abordados para emitir opinião, 49,2% são homens e, 50,8%, mulheres. Sobre o nível de escolaridade, 5,7% declararam ser analfabetos e/ou não terminaram o primeiro grau; 33,3% concluíram o ensino básico e/ou não possuem o 1º grau completo; 36,6% estudaram até a 8ª série e/ou têm o 2º grau incompleto; 19,8% disseram já ter concluído o ensino médio e/ou não terminaram  curso superior; enquanto 4,6% cursaram faculdade. (Andréa Haddad)

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • edson figueiredo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    chupa essa manga turma da botina!!!!rondonópolis não é matupá. na pior das hipóteses wilson santos tem na estimulada 20% de vantagem, e na expontânea, cerca de 16% sobre o segundo colocado, silval divisor do estado, o que convenhamos ainda vai crescer muito mais a vantagem a favor de wilson assim que a campanha efetivamente começar. em rondonópolis há um descontentamento geral com o governo da botina que tenta isolar o prefeito e discrimina a cidade assim como em cuiabá.

Taisir coordena campanha de Eliene

taisir karim 400 curtinha   O ex-reitor da Unemat e uma das lideranças do PSD na região Oeste, Taisir Karim (foto), que chegou a se lançar de última hora como pré-candidato a prefeito de Cáceres, mas logo em seguida recuou, será o coordenador-geral da campanha de Eliene Liberato (PSB), atual...

Inaugurados 67 km de asfalto da 020

mauro mendes 400 curtinha   O governador Mauro Mendes (foto) inaugurou nesta 5ª a pavimentação de 67,5 km da MT-020, entre Paranatinga e Canarana. Essa estrada faz parte do pacote de obras que foi retomado e já concluído nesta gestão. Foram investidos R$ 45 milhões do governo estadual. O...

Saggin critica "ditadura" e apoia Raye

paulo raye 400 curtinha   O empresário e advogado Sandro Saggin, que desistiu da candidatura a prefeito de Barra do Garças e agora apoia Paulo Raye (foto), do Pros, explica que em nenhum momento os diretórios estadual e nacional do Podemos, de cujo partido é filiado, encaminharam qualquer orientação aos...

Pode abandona Raye e pune Saggin

sandro saggin curtinha 400   Sandro Saggin (foto) amargou outra derrota em Barra do Garças. Inicialmente, seria candidato a prefeito pelo Podemos. Mas resolveu, por conta própria, levar o partido para uma coligação com partidos de esquerda que lançaram o ex-prefeito Paulo Raye, apoiado pelo PC do B, PT e Pros. A...

Ex-vereador recua para apoiar primo

divino 400 barra do bugres   Ex-vereador, ex-presidente da Câmara e empresário bem sucedido, Chico Guarnieri (PTB) não será candidato a prefeito de Barra do Bugres nas eleições deste ano. Guarnieri, que disputou a prefeitura em 2016, até ensaiou, mas recuou ao ver que o primo, pedetista Doutor Divino...

3 ex-prefeitos viram cabos eleitorais

percival muniz 400 curtinha   Dois candidatos de oposição em Rondonópolis têm ex-prefeitos como principais cabos eleitorais. O empresário Luiz Fernando, o Luizão (Republicanos), conta com apoio de Adilton Sachetti, que já comandou o município e perdeu na tentativa de reeleição, e...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.