Últimas

Segunda-Feira, 30 de Julho de 2007, 17h:04 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:16

PAC

Com R$ 150 mi, Cuiabá fica com a menor verba

Prefeito Wilson Santos terá metade dos recursos pleiteados do PAC   Afoito, o prefeito Santos se contentará com R$ 150 mi, montante inferior ao destinado para VG e Rondonópolis

   Devido à falta de capacidade de endividamento, Cuiabá não terá tudo que se previa do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), a ser anunciado pelo presidente Lula, em ato nesta terça. Dos três municípios do Estado contemplados, a Capital administrada pelo tucano Wilson Santos é a que receberá menos recursos. Serão no máximo R$ 150 milhões para o programa Cuiabairros, todos com contrapartida de 20% do Município. O montante representa a metade do que esperava o prefeito, que apostava em R$ 300 milhões do PAC. Enquanto isso, Várzea Grande, sob o Murilo Domingos (PR), vai abocanhar R$ 174 milhões e, Rondonópolis, administrada por Adilton Sachetti (PR), terá R$ 166 milhões para obras de saneamento, ambos com 5% de contrapartida. O problema é que tanto a Capital quanto o governo do Estado, que chegou a intermediar as negociações, não têm mais capacidade de endividamento.

  Mesmo com a menor fatia, Wilson Santos faz questão de agradecer o presidente Lula. Ele mandou instalar dois painéis front-lights, um na avenida da FEB, em Várzea Grande, e outro na avenida Miguel Sutil, na Capital. Os dois trechos devem ser caminho de Lula, que sairá do aeroporto Marechal Rondon com destino ao Centro de Eventos do Pantanal. O problema é se o presidente resolver fazer esse percurso de helicóptero. Os painéis trazem a seguinte frase: "Cuiabá agradece o compromisso do governo federal com a nossa gente. Obrigado, presidente".

   Temeroso com a reação de seus colegas tucanos, que levantam um movimento em defesa da vaia ao presidente da República, Wilson Santos mandou publicar até informe publicitário nos jornais impressos que circulam nesta terça. Tudo em agradecimento ao petista, conforme painel abaixo.

Postar um novo comentário

Comentários (12)

  • Amado Amador | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Impressionante! O elétrico Wilson e o modorrento Murilo são medidas iguais, pelo Governo Federal. Parece que o antecessor de Várzea Grande deixou as coisas melhores que o de Cuiabá. Sendo assim, o Murilo será apenas um gestor-tampão e o Wilson vai se lascar na prefeitura. Rondonópolis é caso à parte, é o Mato Grosso que trabalha e não espera. Agora, o melhor de tudo, quem disse que a União irá liberar esse dinheiro à Mato Grosso? Primeiro que as coisas são demoradas e segundo que recursos nunca são liberados pelo palavroso presidente Lula.

  • Geraldo Araujo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Caro Romilson Dourado a matéria demonstra que o Prefeito Murilo Domingos, de Várzea Grande, embora não faça alarde vem administrando o município com competência visto que tem melhor capacidade de receber os investimentos do PAC no estado de Mato Grosso. Aliás, competência já demonstrada quando paga os servidores municipais antes mesmo de vencer o mês de trabalho. Parabéns Murilo Domingos pela sua administrãção.

  • pedro luiz shitokan | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Não é segredo para ninguém, com toda a preguição do murilo "dormindo", mesmo assim dá um banho em administração do prefeito de cuiabá. Eta prefeitinho ruim de serviço heim!! Também pudera, loteou a prefeitura com partidos políticos, sem levar em consideração a competencia técnica dos indicados. O resultado está aí, cuiabá abandonada!

  • Maria José Santos Moura | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O ditado diz que quem ri por último, ri melhor. Mas, confesso que não vejo motivo algum para rir. Pelo contrário, adoraria ouvir o Prefeito anunciar que conseguiu reduzir o percentual da contra-partida e com isso viabilizar mais recurso para minha querida Cuiabá.
    Mas também confesso que não alimentava esperança. Diferente do Procurador, para quem a regra mudou recentemente, já tinha conhecimento que a contrapartida é obrigatória, conforme manual de instruções para contratação e execuções dos programas e ações do Ministério das Cidades, sendo os valores estabelecidos pela Lei 11.439, em vigor desde de 29 de dezembro do ano passado (portanto, 7 meses com a mesma regra). Por isso fiz aquele artigo falando sobre o primarismo.
    Tomara que eles tenham aprendido uma regrinha básica: não se iludir com os elogios dos representantes do governo federal, para os dados técnicos apresentados. Fazem com todos, conforme recomenda o manual da boa educação. Só que quem trafega no mundo dos negócios sabe que elogio tem pouco valor. A questão a saber é: liberaram a grana?
    Para o povão, as ações (tipo liberar) valem mais do que mil palavras. Mesmo que cheias de elogios e carinhos.
    Saudações
    Maria José

  • Ana Claudia | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    A pergunta é: quanto custou o outdoor?

    E ainda: se Cuiabá tem um menor poder de endividamento e conseguiu menos verbas com maior contrapartida, quer dizer que Murilo e Sacheti estão administrando melhor os municípios, ou estou errada?

  • paulo henrique | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    administração do Wilson é mediocre pelo simples fato dele wilson ser mediocre , consequentemente o sua equipe tem o formato da cara dele fraco , despreparado e precipitado. quem diria Murilo tá se saindo muito melhor que wilson. a unica coisa que o prefeito vende como dele é a folha em dia nesse tocante Murilão tamb~em esta em di dia.Murilo 10 x 0 wilson

  • Luiz Mario | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Parabens Prefeito W.Santos pela forma que vem adminsitrando nossa cidade. Recebeu uma Prefeitura endividada, com mais de 3 meses de folha sem pagar, uma divida astronomica com fornecedores e ainda assim consegue em pouco tempo de adminsitracao dar condicoes para contrapartida do PAC. Isso mostra que realmente tem Prefeito.

  • Antonio Carlos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Parabens Wilson Santos pelo desgoverno que tem feito em Cuiabá, até hoje não fez nada para a cuidade. agora vai fazer algo, mas graças ao apoio do PT que tanto criticou. pense bem wilson, um dia da caça outro do caçador, ou... nada com um dia apos o outro.

  • adaildlo ferreira coelho | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    antonio eese dinheiro e nosso, saiu de imposto que nos pagamos.

  • Luis | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Este dinheiro sai dos impostos que todos pagam, mas quando o FHC era presidente,faltava boia até para os recrutas porque o mesmo não liberava recursos, vendeu e privatizou tudo, e onde foi o FHC? foi tomar mais um impréstimo ao FMI. depois que saiu da presidencia foi morar em Paris.Para o Brasil só restou as contas para paga.

Covid mata 20º pastor da Assembleia

aparecido domingues pastor cidao 400   Morreu neste sábado mais um pastor da Assembleia de Deus em consequência da Covid-19. Aparecido Francisco Domingues, o Cidão (foto), que era vice-presidente em Paranaíta, é o 20º pastor da Igreja em Mato Grosso a vir a óbito, após ser infectado pelo novo...

Os virtuais candidatos a governador

ygor moura 400   Mesmo que timidamente, alguns começam a externar, em privado, o desejar de disputar o governo estadual por um bloco de oposição, contrapondo o projeto de reeleição de Mauro Mendes. O empresário Ygor Moura (foto), da rede de clínicas de depilação Espaçolaser,...

Nomes "de fora" pra deputado federal

valtenir pereira 400   Enquantos os oito deputados da bancada federal de MT (Barbudo, Medeiros, Leonardo, Rosa Neide, Juarez, Bezerra, Emanuelzinho e Neri) vão em busca da reeleição, na esperança de continuarem em Brasilia por mais quatro anos, outros líderes correm por fora, dispostos a também entrar na...

Todos federais vão tentar a reeleição

carlos bezerra 400   Todos os oito deputados federais mato-grossenses estão trabalhando projeto de reeleição. Mas um resolveu espalhar, em paralelo, a ideia de tentar o Senado: Neri Geller (PP). Sabe-se, porém, que a jogada do deputado de Lucas do Rio Verde e que já foi ministro da Agricultura não passa de...

Mil cestas básicas vão para músicos

alberto machado 400   O secretário estadual de Cultura, Esporte e Lazer, Alberto Machado, o Beto 2 a 1 (foto), está comemorando a decisão do governador Mauro Mendes e da primeira-dama Virginia Mendes, que desenvolve ações sociais de forma voluntária, de disponibilizar mil cestas básicas para...

Assembleia cede espaço pra vacinação

Eduardo Botelho _ 400   O prefeito cuiabano Emanuel Pinheiro procurou e encontrou apoio da Assembleia para ampliar locais de vacinação da população contra Covid-19. Em reunião nesta sexta entre o prefeito e os deputados Eduardo Botelho (foto), Paulo Araújo e João José, que preside a...