Últimas

Quinta-Feira, 25 de Junho de 2009, 12h:29 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:23

CÁCERES

Com R$ 6 mi de dívidas, prefeitura terá energia cortada

  A Prefeitura de Cáceres (a 210 km a Oeste da Capital), sob Túlio Fontes (DEM), pode ficar sem energia elétrica a qualquer momento. A Rede/Cemat, que em 2006 ingressou no Superior Tribunal de Justiça contra a administração para receber uma dívida à época de R$ 1,3 milhão, obteve êxito no embate jurídico e, se os débitos não forem renegociados, está determinada a suspender o fornecimento de energia tanto no prédio que abriga a sede do Executivo quanto nos demais órgãos da máquina pública. Túlio busca uma negociação. Ele já esteve reunido por três vezes com diretores da empresa e obteve apoio dos vereadores. A pendência hoje já chega a R$ 6,2 milhões, sendo R$ 5 milhões de débitos e R$ 1,1 milhão de juros e encargos. O prefeito propõe que o montante seja parcelado no mínimo em 4 anos (48 meses). O município já paga mensalmente cerca de R$ 400 mil com outras dívidas.

----------------------------------------------
Prefeito reclama de queda de 23% na
arrecadação de maio e anuncia corte
de custeio e do número de servidores

----------------------------------------------

  Túlio afirma que durante o seu primeiro mandato, de 2001 a 2004, encaminhou à Câmara projeto que foi aprovado por unanimidade para renegociação da dívida. À época, o valor chegava a R$ 1,7 milhão, sendo R$ 937,1 mil referentes ao período de 1997 a 2000 e, R$ 834,1 mil, de débitos posteriores. Segundo o democrata, de 2005 a 2008, durante o governo do seu adversário político Ricardo Henry (PP), a administração contraiu uma dívida sobre energia elétrica de R$ 4,8 milhões, incluindo juros e encargos. "Nunca houve regularidade no pagamento de energia. Num mês pagava e no outro, não". Reclama que o antecessor programou e depois anulou empenhos de R$ 2,6 milhões e que elevou a dívidas para R$ 3,6 milhões, "com graves implicações à Lei de Responsabilidade Fiscal".

  O democrata garante que, assim que assumiu o cargo, em janeiro deste ano, devido à cassação do então prefeito reeleito Ricardo Henry, negociou com a Rede/Cemat o pagamento de R$ 1,2 milhão, em duas parcelas. Esse valor é referente a débitos entre janeiro a junho deste ano. Agora, com a decisão do STJ, a prefeitura não tem outra alternativa senão regularizar todas as pendências com a empresa, sob pena de ficar sem energia elétrica e ser responsabilizada pelo calote junto à Justiça.

Com queda de receita, prefeito anuncia enxugamento, com demissão de servidores

  Túlio Fontes disse que não vê outra alternativa senão enxugar a máquina diante da queda de receitas. Observa que fechou maio com R$ 5,3 milhões, uma arrecadação 23% menor, se comparado a igual período do ano passado, quando, ainda no governo Henry, a receita chegou a R$ 6,6 milhões. Atribui esse impacto negativo nas receitas ao reflexo da crise econômica mundial. O prefeito adianta que vai reduzir o quadro de pessoal. Hoje são cerca de 2 mil servidores, que consomem uma folha de aproximadamente R$ 2 milhões. Existem ainda mais de 300 contratados pelo instituto Creatio, o que já compromete em 53% a folha de pessoal, quando a LRF permite chegar no máximo ao teto de 54%.

  O prefeito prefere não adiantar quantos servidores serão demitidos e também o impacto na redução de recursos para custeio. "Tenho que cumprir a lei. Não há outra saída. Vou tomar medidas duras e impopulares. Preciso ajustar as contas dentro da lei e, ao mesmo tempo, não prejudicar os serviços públicos essenciais". Obras que estavam previstas pela prefeitura também serão postergadas.

Postar um novo comentário

Comentários (8)

  • Francisco Antônio Hurtado | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Isso é muito bom pra vcs, povo de Cáceres. não era ele que vcs queriam???agora vão chorar por quatro anos. os pais de familia que ficarão sem emprego, agradeçam ao Sr Promotor Alan do ÓOOOOOO e ao Sr Tulio Campos, o belo presente de férias que receberão: d e s e m p r e g o.

  • Silvia midori | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Pobre povo da minha terra natal. estão pagando um preço alto pelo erro de terem votado em grande parte nesse garoto mimado que prefere turismo na europa a cuidar dos interesses de Cáceres.
    É uma pena que isto esteja acontecendo sob os olhares do Sr promotor e do TRE. eles fizeram acontecer esse desastre na nossa bela princesinha do rio paraguai.

  • João do Junco | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Dinheiro pra pagar a CEMAT e os Servidores a prefeitura não tem, mas pra pagar viagem de férias pra Europa do Sr TULIO AURÉLIO, ela tem. Tsc...Tsc...Tsc...pobre povo de Cáceres, merece mesmo sofrer.

  • Claudio Salomé | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Interessante é que todos os dias o Diario Oficial da Prfeitura, ou seja, radio Clube FM traz um secretário cedinho, no horario do Assessor Fachinni, dando conta que agora a prefeitura vai entrar nos eixos e o povo vai ver sobrar dinheiro em caixa.
    Em tempo: Hoje o Kish disse uma pérola na Clube FM que faz o Prof Gabriel morrer de inveja, vejam só sua frase. As casas populares é só pra quem tem uma faixa etária de ate tres salarios minimos. kkkkkk
    Kish, faixa etária é com relação a idade....sr da qual..kkkkk

  • Arci Gallo da Silva O Nene | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Eu de novo Rdnews

    Todo assunto que diz respeito a minha querida terra natal Cáceres, muito embora hj moro em Cuiabá eu fico antenado, meu canal é o RDNEWS.
    Mas gostaria que o prefeito explicasse os comentarios que me antecderam, explicasse que essa divida não é desde a sua primeira gestão?
    Outra até agora ele não explicou a ida de mais de duas semanas para Arezzo, onde teve um casamento da filha do ex-prefeito Vicenzo Visai, e sobre a companhia dele com Erasmo Romano, conhecido em Cuiabá como o Magnata da Agua.
    E, a´´i Tulio Fontes? Essa viagem que atravessou o Oceano Atlantico , o Mar Mediterraneo foi parar entre Florença e o principado de San Marino, em Arezzo, o que troiuxestes para Cáceres? OU o negócio é por faixa etária? Abraços Romilson e demais componentes e particiapntes deste forum. Amanhã estarie em Cáceres vou empurrar o Mixto contra os minieros.

  • Alfredo Mendes | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Isso é só o começo! O prefeito tapetão, apaniguado do TRE (leia-se Manoel Ornelas ) não tem mesmo capacidade, desenvoltura, e apoio político para estar a frente da minha querida Caceres! Não vai dar continuidade a nada ( na verdade a nossa cidade engatou uma ré ) e a solução encontrado pelo pobre coitado edil é mandar trabalhador embora e comprar vela! Tá ruim e vai piorar! O menino é fraquinho mesmo! Não tem capacidade gestora nenhuma!

  • Marcos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0


    Essa dívida é apenas uma das muitassssss que o mega empresário das Aguas Ricardo Henry deixou para o Tulio Fontes tentar resolver.

    Esses Henrys!! O que será que fizeram com o dinheiro que era para quitar as contas????

  • Otaviano Sales | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    ÓÓÓÓÓÓ no cês e VIVA A ITÁLIA!!!!!!!!!

Romoaldo, prescrição e elegibilidade

romoaldo junior 400 curtinha   Assim como Wilson Santos, o deputado Romoaldo Júnior (foto) assegura que hoje também está elegível porque uma condenação de dois anos e três meses de prisão, inclusive com perda do mandato, acabou prescrita. Ele disse que ainda não sabe se disputará...

Juca quer ex-deputado no Gabinete

roberto nunes 400   O presidente do Legislativo cuiabano, vereador Juca do Guaraná, disse que irá convidar o ex-vereador, ex-vice-prefeito e ex-deputado estadual Roberto Nunes (foto) para assumir a Chefia de Gabinete da Presidência. Enfatiza que Roberto é bem articulado politicamente, tem habilidade e experiência e,...

Governo "desmama" senador do Dnit

wellington fagundes 400   O Governo Bolsonaro conseguiu, enfim, "desmamar" Wellington Fagundes (foto) do Dnit. Há décadas, entra e sai governo e o ex-deputado federal por seis mandatos (24 anos) e no cargo de senador desde 2015 vinha indicando apadrinhados no cargo de superintendente regional do Dnit em MT. O último foi Orlando...

Ex-deputado demitido de assessoria

luiz soares 400   O ex-deputado Luiz Soares (foto), hoje com 63 anos, foi exonerado do cargo de assessor parlamentar do contemporâneo Wilson Santos. Ganhava quase R$ 10 mil brutos. Estava lotado no gabinete do deputado tucano havia quase dois anos. Soares é pensionista do extinto Fundo de Assistência Parlamentar, ganhando...

Arsec concede reajuste; prefeito veta

alexandro adriano arsec 400   No último dia 22, a diretoria-executiva colegiada da Agência Municipal de Regulação de Serviços Públicos Delegados de Cuiabá (Arsec), presidida por Alexandro Adriano Lisandro (foto), aprovou índice de reajuste de 2,21% nas tarifas de água e esgoto. E...

Novo ensaio do privilegiado Neurilan

neurilan fraga 400   Neurilan Fraga (foto) transformou mesmo a AMM não apenas num cabide de emprego, mas numa entidade para, em alguns casos, atender a seus interesses pessoais. Ali, investido no cargo de presidente, inclusive já pelo quarto mandato, mesmo não sendo mais prefeito, ele se articula politicamente o tempo todo....

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT optou pela implantação do BRT em Cuiabá-VG em detrimento do VLT. O que você acha disso?

Estou de acordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.