Últimas

Terça-Feira, 29 de Julho de 2008, 09h:50 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:21

RUMO ÀS URNAS

Com R$ 7,3 mi, TRE reduz gastos com eleições

  As eleições municipais deste ano vão custar R$ 7,3 milhões aos cofres do Tribunal Regional Eleitoral, uma economia de 11% se comparado às despesas de R$ 8,2 milhões nas eleições gerais de 2006. Segundo Nilson Bezerra, secretário de Administração e Orçamento do TRE, um dos motivos para a redução dos custos é por não haver necessidade de compra de novos equipamentos. "As urnas eletrônicas, por exemplo, são cedidas pelo TSE. Nas eleições anteriores, nós tínhamos que arcar com essa despesa", disse. O Tribunal já prepara uma grande estrutura para conduzir as eleições nos 141 municípios. Vai mobilizar, por exemplo, quase 30 mil mesários.

   Mesmo com menor orçamento, Bezerra destaca que alguns gastos aumentaram. Conforme ele, custos com o transporte das urnas eletrônicas, que antes ficavam a cargo das prefeituras ou do Estado, agora são de responsabilidade do Tribunal. "Nas eleições passadas nós utilizávamos os serviços dos poderes executivos municipais e estadual. Nestas eleições isso não irá acontecer, já que entendemos que não é correto dependermos das prefeituras, por exemplo, sendo que muitos prefeitos são candidatos à reeleição”, esclarece.

   Bezerra ressalta que a distância entre as cidades e aldeias em Mato Grosso encarece muito o orçamento das eleições. O TRE se vê obrigado até a alugar aeronaves e barcos para que as urnas cheguem a lugares de difícil acesso. Na avaliação do secretário de Orçamento do Tribunal, várias medidas adotadas proporcionaram a redução dos custos. Neste ano, só há expectativa de haver segundo turno em Cuiabá, diferente do que ocorreu em 2006 nas eleições para deputado estadual e federal, presidente, senador e governador.

   O TRE já avisou que não terá despesas com investimentos, já que os equipamentos necessários foram comprados com o orçamento anual e não foi incluído da dotação extra, específica para as eleições. A contratação de pessoal para trabalhar nas eleições de 2008 também foi reduzida. “Vai haver aproveitamento dos próprios servidores”, explicou Bezerra. (Flávia Borges)

Estrutura para as eleições em MT
Municípios: 141
Orçamento: R$ 7,3 milhões
Eleitores: 1.992.485
Zonas Eleitorais: 60 (cada uma com 1 juiz, 1 promotor e 2 servidores efetivos)
Seções: 6.798
Mesários: 27.192
Plantão no TRE: 7 juizes-membros do Pleno
Ouvidores efetivos: 154
Junta apurada: 180 membros
Escrutinador: 366
Servidores requisitados de outros órgãos: 190
Representantes dos juízes eleitorais: 90
Secretários de prédio: 1.571
Coordenadores de locais de votação: 1.738
Auxiliares (motorista, merendeira, etc): 4.820

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Darli Rodrigues Candido | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O engraçado é que a gente trabalha, não ganha nada e tem que fazer bonito pro TRE se aparecer para o TSE. Temos que ir alguns dias antes e pousar em lugares sem qualquer tipo de segurança e acomodação.

Desembargadores recebem 6 auxílios

maria helena povoas 400   O Tribunal de Justiça de MT, presidido pela desembargadora Maria Helena Póvoas (foto), vai pagar uma série de direitos e vantagens que "engordam" substancialmente o subsídio de seus magistrados e que foram programados pelo ex-presidente Carlos Alberto para liberá-los no orçamento...

Hospital cobra R$ 2,4 mi da prefeitura

luiz carlos pereira 400 tce   O Instituto de Saúde Santa Rosa recorreu ao TCE, na esperança de encontrar respaldo para receber R$ 2,4 milhões da secretaria de Saúde da Capital. Argumenta que a prefeitura, com quem mantém contrato desde 2019, está inadimplente, pois não teria pago integralmente os...

Definido novo presidente do Sanear

hermes avila 400   O prefeito Zé do Pátio nomeou à presidência do Serviço de Saneamento Ambiental de Rondonópolis (Sanear) o engenheiro Hermes Ávila de Castro (foto), que tende a se efetivar no cargo. Hermes ocupa a cadeira que, desde janeiro de 2017, pertencia à Terezinha Silva de Souza,...

Afilhado de Bezerra nomeado adjunto

clovis cardoso 400   O MDB, sob o cacique político Carlos Bezerra, "emplacou" mais um filiado histórico em cargo relevante na gestão Mauro Mendes. O advogado e ex-superintendente regional do Incra-MT, Clovis Figueiredo Cardoso (foto), foi indicado e já nomeado para o cargo de secretário-adjunto de Agricultura...

MPE suspende censo previdenciário

jose antonio borges 400 curtinha   O procurador-geral de Justiça, promotor José Antonio Borges (foto), suspendeu o censo previdenciário cadastral dos membros e servidores inativos e pensionistas do MPE. O recadastramento deveria ter iniciado no último dia 11 para ser concluído no final de fevereiro. Borges tomou...

Juca e os 7 secretários da Câmara

andre pozetti 400 curtinha   O presidente Juca do Guaraná definiu sete dos nove secretários que vão ajudá-lo a administrar a Câmara de Cuiabá. O secretário de Administração é Bolanger José de Almeida. O coronel PM da reserva Edson Leite conduz o Patrimônio e...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT optou pela implantação do BRT em Cuiabá-VG em detrimento do VLT. O que você acha disso?

Estou de acordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.