Últimas

Segunda-Feira, 07 de Maio de 2007, 17h:13 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

ARTICULAÇÃO

Com Ságuas na Seduc, Sintep já adia data-base

No mesmo dia que petista integra o governo Maggi, profissionais da educação resolvem dar trégua na negociação

   A decisão do PT de ingressar no governo Blairo Maggi começa a sufocar os movimentos sindicais. O primeiro a ser nocauteado é o Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público de Mato Grosso (Sintep), que representa os profissionais da educação.

   Poucas horas depois do petista Ságuas Moraes ser empossado nesta segunda (7) no Palácio Paiaguás como novo secretário de Educação do Estado, o Sintep, em assembléia-geral na escola Presidente Médici, aprovava o adiamento da data-base de maio para junho. O curioso é que a data para sentar e negociar com o governo, principalmente reposição salarial superior a 50%, estava definida desde março.

   Trata-se de uma trégua à gestão Maggi por parte do  movimento mais orgnizado e barulheiro do quadro de servidores do Estado. A decisão foi influenciada pela chegada do PT ao Palácio Paiaguás. A maioria de seus integrantes é militante ou simpática ao PT.

   A assembléia-geral foi coordenada pelo presidente do Sintep, Gilmar Soares Ferreira. Reuniu centenas de profissionais da Educação.  Após três horas de intensas discusões, a proposta de adiamento da data-base foi aprovada por um placar apertado: 51% x 49%.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • ana maria | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    E a mais triste e desesperadora noticia, que se pode dar à um professor que milita anos em um movimento , se vê usado descaradamente por vermelhos petistas , que só veem a politica do toma lá da cá, sem pensar nos trabalhadores verdadeiros missionários do saber, que hoje são os últimos a serem valorizados,criam-se cadeias para consertarem os erros da desvalorizaçao da classe tudo pelo poder e com o poder esse é o PT que nos conhecemos EU JÁ SABIA>>>>>

  • roberto | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    coitado de nós professores.. estamos ferrados...sou professor mas nunca votei no PT, pois sei que tudo que falavam eram demagogia. O poder faz coisas que até o capeta duvida. Sabem sim, querer poder, dinheiro.. os trabalhadores que se f...

  • prof. ademir santos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    QUERO VER A PROFESSORA VERINHA, COM A CARA DE PAIU QUE IA PRÁ RUA REIVINDICAR MELHORES SALÀRIOS SOMENTE PARA GANHAR VOTOS (O TROCO JÁ FOI-LHE DADO), SE AGORA IRÁ BRIGAR COM O GOVERNO POR MELHORES SALÁRIOS DOS PROFESSORES, OU SE PREFERIRÁ MAMAR NAS TETAS DO GOVERNO E FAZER O JOGO QUE CONVÉM AOS PODEROSOS EM DETRIMENTO DA CCLASSE TRABALHADORA. SE OS R$ FALAR MAIS ALTO PROFESSORA, NEM PRÁ PRESIDENTE DE BAIRRO VC NÃO GANHARÁ MAIS.

Nezinho, nova derrota e aposentadoria

nezinho 400   Aos 69 anos, o petebista Carlos Roberto da Costa, o Nezinho (foto), considerado da velha guarda política, tentou, mas foi reprovado nas urnas em Nossa Senhora do Livramento. Ele concorreu a prefeito em quatro pleitos. E já exerceu dois mandatos. Nezinho já foi secretário-adjunto de Fazenda do Estado,...

EP cresce 5; Abílio perde 3, diz Ibope

emanuel pinheiro 400 curtinha   Pelos números do Ibope, revelados nesta sexta à noite pela TV Centro América (Globo), Abílio Júnior (Podemos) oscilou negativamente 3 pontos percentuais em menos de uma semana, de 48% para 45% das intenções de voto. Já o emedebista Emanuel Pinheiro (foto)...

Sob arrogância, ataque e desrespeito

abilio junior 400 curtinha   O candidato Abílio Junior (foto), que disputa o segundo turno em Cuiabá com o prefeito Emanuel, chegou bastante nervoso e irritado para o debate nesta sexta, na TV Vila Real (Record). Demonstrando arrogância, ignorou o superintendente do Grupo Gazeta de Comunicação, Dorileo Leal, na...

Candidatos, tensão, debate e bate boca

antoniocarlos   Em debate tenso, na TV Vila Real (do grupo Gazeta) e, após troca de acusações sobre atos de corrupção e servidores fantasmas, os candidatos à Prefeitura de Cuiabá Abílio Júnior (Pode) e Emanuel Pinheiro (MDB) protagonizaram bate boca por mais de uma vez. O clima ficou...

Abílio contrata 400 fiscais para eleição

A campanha do candidato Abílio Júnior (Pode) decidiu contratar 400 fiscais para atuar nesta eleição de domingo. Isso derruba o discurso do candidato do Podemos de que todos atuam de forma voluntária em prol da sua vitória. Aliás, quando questionado sobre a grande estrutura que montou neste segundo turno, inclusive sobre a equipe de marketing, disse que todos são colaboradores. Na sua versão, ninguém recebe pelo trabalho,...

Entrando na briga à AMM muito tarde

maurao curtinha 400   Mauro Rosa, o Maurão (foto), que está encerrando o segundo mandato como prefeito de Água Boa, é o único candidato no duelo com Neurilan Fraga, que busca mais um mandato no comando da AMM, entidade que representa as prefeituras mato-grossenses. O problema é que Maurão entrou...