Últimas

Quinta-Feira, 06 de Dezembro de 2007, 08h:27 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

LEGISLATIVO

Com uma atuação pífia, Wagner se efetiva na AL


Suplente Wagner Ramos, que hoje atua no lugar de Malheiros, ganha cadeira de titular ou no lugar do cassado Fabris ou de Bosaipo, que vai ser "promovido" a conselheiro do TCE

  O suplente Wagner Ramos (ex-PPS e hoje PR), que desde o início do ano ocupa o lugar do deputado João Malheiros, secretário-chefe da Casa Civil, tem duas opções para se efetivar na cadeira já na próxima semana. Ele tanto pode assumir a vacância com a cassação de Gilmar Fabris (DEM), que ingressou com embargo declaratório na esperança de se manter no cargo, ou com a nomeação de Humberto Bosaipo (DEM) para o Tribunal de Contas do Estado. Ocorre que Fabris e Bosaipo estão entre os 10 eleitos no ano passado pela coligação PPS/PFL. Wagner ficou na primeira suplência. Os eleitos pelo PPS foram para o PR, com exceção de Percival Muniz. O PFL se transformou em DEM.

   Ele é de Tangará da Serra. Na eleição de 2002, Wagner teve 4.175 votos. A atuação como radialista o ajudou a ficar na quinta suplência pelo PPS e, num esquema de rodízios com os titulares, assumiu cadeira na Assembléia por alguns meses. No ano passado, ainda pela legenda socialista obteve 19.594 votos. Agora, graças à queda de Fabris e/ou a "promoção" de Bosaipo para conselheiro do TCE, Wagner Ramos ganha espaço de vez na AL.

    Por enquanto, sua atuação é pífia. Usa a tribuna em quase todas as sessões para discutir temas variados. É cortês, se transformou num dos principais defensores do governo Blairo Maggi, a quem agradece por estar na Assembléia, mas não é de apresentar grandes projetos. Fica gravitando em torno do óbvio e briga por visibilidade. Recentemente, Wagner Ramos subiu a tribuna para reclamar do fato do cerimonial do Palácio Paiaguás não ter anunciado a sua presença num evento.

    Até agora, para não se indispor com o titular da cadeira, Wagner mantém empregado no seu gabinete praticamente todos os assessores de Malheiros. Como vai ganhar a condição de titular, sente-se mais "poderoso". Dará um basta nessa situação. Faltam ao novo titular duas ações primordiais a quem legisla: fiscalizar o Poder Executivo e não só debater, mas também apresentar projetos que atendam a coletividade.

(Às 10h45) - Deputado garante possuir vários projetos

  O deputado Wagner Ramos contesta, por meio de assessoria, a matéria acima, principalmente quando o considera um parlamentar com atuação pífia e sem projetos relevantes. Afirma que já apresentou diversas propostas. Destaca, por exemplo, o projeto que se transformou na Lei 8.750, instituindo a concessão das áreas marginais nas rodovias. A proposta recebeu apoio do Ministério do Meio Ambiente. Visa reflorestar e a urbanizar o entorno das MTs e BRs, além de motivar maior conscientização acerca da preservação do meio ambiente.

   Wagner cita também o projeto, que recebeu aval da Comissão de Constituição e Justiça da Assembléia, criando a Fundação de Atendimento Assistencial e Profissionalizante do Presidiário, uma forma de contribuir para com a ressocialização e formação de mão-de-obra do reeducando. Outra proposta do deputado republicano autoriza a criação da Brigada de Vigilante do Fogo, a fim de mobilizar órgãos especializados na proteção de parques, reservas e florestas públicas do Estado. Há também um projeto de lei que institui o Conselho Estadual do Direito do Consumidor. A idéia é acolher representantes de órgãos do Estado, de empresas e de segmentos da sociedade para acompanhar tudo sobre o consumo, como preço de mercadoria e ICMS.

   O deputado esclarece que, quando sobe à tribuna, busca explorar as deficiências do Estado e apresentar sugestões, além de discutir projetos e não só elogiar, mas também criticar o governo.

Postar um novo comentário

Comentários (10)

  • Juan Daniel Peron | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O site RDNews está de parabéns, agindo com transparencia e isenção nas matérias publicadas!
    Justiça seja feita, o deputado Wagner Ramos é um dos deputados maus atuantes dentra da casa de leis, e pelo pouco tempo que vem ocupando a cadeira de deputado já apresentou vários projetos de extrema importancia e relevancia para o nosso Estado de Mato Grosso!!!
    Conheço o deputado desde Nortelândia-MT, quando gerenciava a Radio Regional, e desde daquela époco despontava ter um futuro polítio brilhante pela frente!! Foi embora para a cidade de Tangará e não deu outra, pela sua competencia, honestidade e sensibilidade com o povo ocupa hoje um lugar merecido... Parabéns Wagner Ramos e mais uma vez parabéns RDnews pela publicação.

  • kleiby correa | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Com todo respeito ao RDNEWS que por sua vez,disponibiliza em seu site matérias de grande relevância ao internautas, com este que lhe escreve, mais temos que sim nos render ao trabalho que vem sendo desenvolvido por este Nobre Deputado ,que por sua vez mesmo como suplente vem propondo projetos e indicações ao Executivo para o desenvolvimento do médio norte onde é sua base eleitoral, podemos elencar variás indicações e projetos elaborados por ele juntamente com membros de seu gabinete, usa a tribuna para cobrar do Governo ações e responsabilidade para desenvolvimento do Estado e a qualidade de vida do povo Matogrossense.

  • José Oliveira | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Senhor Editor...

    ... Um veículo noticioso de qualidade como o RD NEWS, até pode errar jornalisticamente, porém tem que levantar pormemorizadamente cada noticia, para que depois venha a divulgá-la.

    O deputado Wagner Ramos hoje é uma grata revelação da política do médio-norte mato-grossense, totalmente comprometida com o desenvolvimento regional desta região.

    Tem feito um excelente trabalho, só que, com uma pequena assessoria e até com verbas de gabinete diminutas, devido a sua condição de ainda suplente em exercício de mandato.

    Mesmo assim o deputado Wagner tem demonstrado um grande comprometimento com sua região. Sugerimos que este Blog que sempre pautou pelo jornalismo com responsabilidade editorial, faça uma pesquisa nos municipios que compõe esta região e assim vão descobrir a excelência do trabalho do deputado.

  • jean ferraz | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Eu acho que pra voçes, publicarem uma noticia dessas de uma pessoa inteligente, e acima de tudo humilde e trabalhadora como O Wagner Ramos, deveriam primeiro conhecer o meio onde ele vive e trabalha. para depois sairem falando besteira . OU voçes estão a mando de algum grupo politico , que não querem ver o sucesso do Wagner. e ficam lançando mensagens idiotas como estas.
    Pensem muito bem antes de querer prejudicar uma pessoa da categoria de WAGNER RAMOS.

  • Klayton Arruda | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Aqui quero discordar do jornalista que publicou essa matéria sobre o até então suplente de deputado em exercício na assembléia Legislativa, isso porque conheço e sou amigo particular de Wagner Ramos há cerca de 10 anos, e sua postura enquanto Deputado Estadual tem sido plausível, ou seja, condizente a função, pois ao mesmo tempo em que tem defendido, também tem cobrado e fiscalizado o poder executivo estadual.
    Quanto à projetos, devo aqui lembrar que um grande projeto ambiental, tramita no congresso nacional, ou seja pode virar lei em todo Brasil, isso devido a apresentação e autoria do projeto de Wagner Ramos.
    E não posso esquecer do projeto de construção de cadeia pública em Tangara da Serra, essa é uma cobrança já antiga dos Tangaraenses, que esta prestes a se tornar realidade graças ao deputado que intensamente tem cobrado o governo do estado no sentido de também beneficiar o município, visto que essa é uma necessidade primordial em Tangara da Serra, por isso e muito mais, positivo tem sido o posicionamento de Wagner Ramos na assembléia Legislativa, pois o deputado tem apresentado pequenos projetos de sua autoria em beneficio e que já tem contemplado milhares de pessoas no interior de mato grosso, pois bem, é de um deputado estadual, que sempre faz uso da tribuna e promove projetos pequenos mas no entanto bastante audaciosos que contemplam diretamente os mato-grossenses que nós precisamos e queremos.
    Ah! E o deputado Wagner Ramos esta certo em cobrar que precisa ser lembrado pelo cerimonial do Palácio Paiaguas, pois ele é autoridade e assim como os outros merece respeito.
    Wagner Ramos é o mais puro bom exemplo de bom político do médio norte de Mato Grosso!!!

  • Benedito Lucas | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Me lembro quando o Dep. Wagner Ramos assumiu pela promeira vez na assembléia, ele teve cerca de 5.000 votos e já naquela época fez em pouco mais de 4 meses um bom trabalho, principalmente no médio norte, ele discutiu e apresentou por exemplo, um projeto que vinha sendo debatido pela juventude do PPS e de outros partidos e movimentos juvenis, que tratava da criação do Conselho Estadual de Juventude e de uma Secretária Especial de Juventude, o governador Baliro Maggi vetou a indicação, mas neste novo mandato o Blairo aproveitou a idéia que é uma tendência seguida em vários estados e criou uma especie de coordenação estadual de jovens, ligado a Terezinha Maggi, é uma proposta que avança mais ficou muito aquem da proposta lá atrás do nobre Deputado. Segue firme Wagner.

  • José Marcondes (Muvuca) | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Como leitor, eleitor e cidadão, não concordo com a adjetivação pejorativa lançada sobre o Deputado Wagner Ramos. não votei nele, mas reconheço seu trabalho, especialmente no que se refere à defesa do Meio-Ambiente e Juventude. Espero que esta notícia não seja levada em consideração por aqueles que o conhecem e acreditam nele!

  • Klayton Arruda | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Isso aqui acho que bem define a atuaçã "pífia" do deputado Wagner Ramos.......

    O governador Blairo Maggi sancionou a Lei nº 8.750 (D.O. 23.11.07) que vai permitir, em curto e médio prazos, o aumento da oferta de madeira industrial e a fixação permanente, no campo, da mão-de-obra diretamente ligada a esse setor.
    A medida – proposta pelo deputado Wagner Ramos (PR) – vai funcionar a partir de um programa de concessão das áreas que margeiam as estradas estaduais, para reflorestamento, desde que estejam sem perspectivas de utilização imediata.

    Entre os resultados previstos a partir de agora, decorrentes da entrada em vigor da lei, estão a distribuição de renda e a geração de atividades econômicas florestais que – de acordo com Ramos – irão viabilizar a mentalidade da silvicultura como ação prioritária do estado.

    O parlamentar explicou que, a partir da observação de critérios técnicos, essas áreas específicas podem ser cedidas – em “comodato não oneroso e de prazo determinado” – aos trabalhadores que possuam comprovadas vocações florestal e agrícola, conforme sua capacidade social, em consórcio gerido pelas unidades sociais e empresariais rurais organizadas.

    “A idéia é que – nessas margens – sejam implantadas florestas de essências exóticas e de rápido crescimento para fins de futura produção de carvão vegetal – consorciadas com agricultura e dentro da capacidade possível. Também está determinado que essa prática não deve gerar riscos ao tráfego de veículos e que os acostamentos serão preservados para sua finalidade básica”, salientou Wagner Ramos.

    O deputado republicano procurou tranqüilizar setores do próprio governo que fizeram ressalvas quanto a resultados decorrentes da aplicação da lei. “O Poder Executivo vai editar normas complementares para executá-la. Naturalmente, nessa ocasião, ele deverá atentar para as espécies de árvores convenientes para evitar danos nas rodovias. Também, com possíveis problemas relativos à conservação do solo e a proteção de placas de sinalização, entre outros possíveis detalhes”, disse.

    A implantação do programa vai permitir:

    a) a formação de estoques para viabilização de grandes unidades de celulose e papel, ampliando a base da indústria mato-grossense

    b) contribuir com o sucesso do Plano de Negócios Florestais a ser implantado em todas as propriedades rurais privadas do estado c) a produção de alimentos consorciados com a silvicultura

    d) desenvolver o ambiente adequado para introduzir a xiloquímica como atividade econômica em Mato Grosso; e, finalmente e) o aproveitamento dos profissionais de engenharia florestal e outros que sejam especializados nessa atividade, formados no âmbito do Estado.

    Esse programa será vinculado à Sinfra (Secretaria de Estado de Infraestrutura) e terá como política prioritária a transformação das margens disponíveis das estradas estaduais em pequenas fazendas florestais.


    Agora quero ver os elogios desse site!!!!
    Klayton Arruda
    TV LUVERDENSE - 8431-1130

  • sebastião vieira de souza | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Engraçado é que foi só um jornal de circulação estadual (de Cuiabá) divulgar uma pesquisa em que o Wagner aparece com mais de 40% na intenção de votos e o prefeito Cadeia, ou melhor, Ladeia, com algo em torno de 5% que começaram a aparecer matérias como esta. O RD não pode parcecer envolvido com perseguição ou em esquemas de políticos desgastados como o prefeito que já começou a espalhar pela cidade que não admite ninguém como candidato. Diz que ele tem direito a reeleição e não vai abrir mão pra ninguém. Que está adorando é o PSDB que, nunca dessas, faz o Saturnino Masson prefeito. Até parece que o Cadeia, ou melhor, Ladeia não conhece Tangará. O Povo daqui põe político ruim pra correr. Já pôs uma balaiada de vereadores pra rua e o muraro também conhece a indignação da população local. A pesquisa: Wagner Ramos 43,7; Saturnino Masson 20,2. Muraro 15,1 e Cadeia, ou melhor, Ladeia 5,9%. Cuidado RDNEWS... vcs são disparado o melhor site de notícias ... não entre em esquemas....

  • Renato Gama | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Francamente, prá lá de infeliz a matéria!!!
    Estou acostumado a ler coisas relevantes neste site, mas desta vez, parece que o editor acordou com o pé esquerdo, colocando em cheque a credibilidade que se demora anos para conseguir.
    Dizer que a atuação do Wagner é pífia: pois com menos tempo de mandato que vários outros parlamentares, é o 15o. em número de projetos, ultrapassando outros, que têm a verba de gabinete inteira à disposição, muitos dos quais também gozam de outras legislaturas de experiência.
    Colocar o fato de ser "cortez" como um defeito: ora, ora, sr. editor: estás dizendo que para ser um deputado operante precisa ser mal-educado, grosseiro? tem que socar a mesa e gritar ao microfone pra ser bom? quando criança, aprendi que ser cortez era adjetivo, e não defeito.
    Quanto ao apoiar os projetos do governador, nada mais coerente, pois são do mesmo partido. Na verdade, fidelidade ideológica partidária está tão fora de moda, que coerência partidário agora passa a ser "puxa-saquismo" ou subserviência na compreensão de alguns.
    Apesar de estar apenas na 1a. legislatura, ter pego o bonde andando e não dispor das verbas de gabinete que os seus pares, Wagner permanece como um dos Deputados atuantes, e sem nenhuma denúncia de corrupção!
    Por isso, o médio-norte o apoia e os tangaraenses o colocam com mais de 40% de intenção de voto para prefeito de Tangará da Serra.

Para presidente, BRT é ultrapassado

juca 400 curtinha   Numa sintonia política com o prefeito Emanuel, o novo presidente da Câmara de Cuiabá, vereador Juca do Guaraná (foto), disse ser contra a decisão do governo estadual de "enterrar" o projeto do VLT, cujas obras estão paralisadas desde 2014, para implantar o modal BRT na Região...

Prefeito vai homenagear 2 ex-aliados

ze do patio 400 curtinha   O ex-vereador, ex-deputado estadual e hoje prefeito de Rondonópolis, Zé do Pátio (foto), que está no terceiro mandato, vai homenagear dois aliados que faleceram recentemente, sendo eles o ex-vereador de três mandatos Juary Miranda, que foi líder do Executivo na Câmara...

Maluf deve consultar STF sobre Teis

guilherme maluf 400 curtinha   Assim que retornar de férias, o presidente do Tribunal de Contas do Estado, Guilherme Maluf (foto), dará prosseguimento à análise do pedido de aposentadoria de Waldir Teis, que está afastado do Pleno há três anos e cinco meses, assim como outros três conselheiros...

Novo líder de Pátio na Câmara de ROO

reginaldo santos 400 curtinha   Reginaldo dos Santos (foto), que assume vaga na Câmara de Rondonópolis pela quarta vez, é o novo líder do prefeito Zé do Pátio, com a missão de fazer o trabalho de articulação e defesa do Executivo junto aos colegas do Legislativo. Na legislatura passada,...

Agro sugere Daniella de volta no Indea

daniella bueno 400 indea   Representantes do setor produtivo e um grupo de servidores sugeriram ao governador Mauro o nome da médica-veterinária e servidora de carreira Daniella Bueno (foto) para reassumir a presidência do Indea-MT. Aproveitaram a vulnerabilidade no cargo do presidente Marcos Catão Dornelas, denunciado...

Aumento para vereador só em 2022

Alguns vereadores em Cuiabá, tanto novatos quanto aqueles reeleitos, ficaram surpresos quando informados pela Mesa Diretora de que o aumento salarial de R$ 15,1 mil para R$ 18,9 mil, aprovado agora no final de dezembro, só começa a valer a partir de janeiro de 2022. Não entra em vigor de imediato, mesmo se tratando de nova legislatura, por causa da pandemia, que levou o governo federal a estabelecer, em lei, veto a qualquer tipo de reajuste para servidores até...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT optou pela implantação do BRT em Cuiabá-VG em detrimento do VLT. O que você acha disso?

Estou de acordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.