Últimas

Quarta-Feira, 30 de Setembro de 2009, 13h:04 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:24

RESGATE HISTÓRICO

Comec se opôs a Cesar sobre aborto e homossexualidade

  O Conselho de Ministros Evangélicos (Comec) fez campanha sistemática para Wilson Santos, tanto em 2004 quanto no projeto de reeleição do tucano no ano passado. Em moeda de troca, o segmento que congrega as igrejas evangélicas neopentecostais indicou vários cargos e comandou a pasta do Meio Ambiente por um bom tempo, com os ex-vereadores Eden Capistrano e Osmário Daltro e com o vereador Levi de Andrade. Hoje a pasta está sob o PV, com Archimedes Pereira.

   Em 2004, Santos teve como adversário no segundo turno o hoje deputado estadual Alexandre Cesar. Num debate realizado na Igreja Batista, situada no centro da Capital, os dois discorreram sobre religião. O tucano afirmou ser cristão e que já pertenceu à Igreja Adventista do 7º Dia, enquanto sua esposa, a primeira-dama Adriana Bussiki, é católica praticante. O petista, por sua vez, lembrou que atuou na Igreja Católica no movimento jovem e que frequenta costuma frequentar missa.

   Wilson Santos fez duas perguntas a Alexandre Cesar, cujas respostas acabaram sendo exploradas negativamente pelo Comec contra o então candidato petista. Primeiro, o hoje prefeito perguntou a opinião do adversário sobre aborto. Cesar respondeu que acredita no livre-arbítrio de cada um e que o ser humano tem a liberdade de pensamento e o direito de tomar decisão. Segundo, provocou Cesar sobre a homossexualidade, quando o petista destacou que "deseja ser prefeito de todos, sem discriminação".

    Em outro momento de sua resposta, Cesar afirmou que esteve presente na manifestação da Parada da Diversidade Sexual de Cuiabá. A partir das declarações do petista, membros do Comec editaram um vídeo e espalharam cópias nas igrejas. Chegaram a promover até reuniões, especialmente para apresentar as declarações do candidato do PT e, em seguida, criticá-lo sob argumento de que se tratava de um "defensor do aborto é da homossexualidade". Analistas consideram que essa campanha nas igrejas tiraram algumas centenas de votos do petista, que perdeu para o tucano por uma diferença de 15.326 votos. Santos se elegeu com 142.280, enquanto Cesar chegou a 126.954 votos.

--------------------------------------------------------------------------------------
Clique no play e veja o que disseram Santos e Cesar no 2º turno da campanha de 2004

Postar um novo comentário

Comentários (9)

  • AUGUSTO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • Marcelo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    CORRIGINDO

    O DEBATE FOI NA IGREJA BATISTA DA PAZ E NÃO ASSEMBLÉIA DE DEUS

  • alinor alves do nascimento | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    asse prefeito cara de foinha nunca valeu nada é politico proficional sempre viveu da politica povo analfabeto ou por interese proprio elege ele. CARA DE FUINHA

  • Adalia Monteiro | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Lembro-me realmente que muitos pastores foram beneficiados com cargos na prefeitura. Jogo sujo e baixo de WS, pior para os que se utilizam da fé para fazer curral eleitoral! Mas todas as coisas estão nuas e patentes aos olhos de Deus e todos vão prestar contas de seus feitos perante aquele que se sentará no grande trono branco para julgar.

  • Luis Marcelo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Pessoas que usam da religião para conseguir votos não merecem qualquer respeito. Alexandre Cesar está repleto de razão quando apoia as minorias  e não fica com hipocrisia, ao contrário de políticos e conselhos.

  • luiz do cpa | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    ola romilson, não sei quem escreveu essa reportagem, mas a pessoa que escreveu esta querendo proteger o comite da maldade... eu trabalhei na campanha de alexandre cesar e quem fez a montagem foi o senhor antero, pedro pinto e mauro camargo, o pessoal do comite da maldade como o propio édro pinto denominou. não foi as igrejas que fizeram a montagem, e naquela epoca o pinoquio falou que não era de nenhuma religião. só agora ele fala em deus, na verdade ele deve ter pacto com o lucifer... abraços

  • Daniele | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    A cada dia me surpreendo com as malandragens do nosso maravilhoso prefeito. Decidiamente honestidade não é o seu forte.

  • Ric | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    EU SEMPRE FALEI QUE ESSE PREFEITO SO TEM GARGANTA E NADA MAIS. PARA FALAR ELE ACHA QUE É BOM.

    TUDO QUE ELE FAZ É COM VERBA DO GOVERNO.

    SE É DE COMPETENCIA DO GOVERNO ENTÃO O GOVERNO QUE SE VIRA PARA FAZER.


    A DENGUE POR EXEMPLO, NADA FOI FEITO. AGORA QUE O GOVERNADOR PEITOU A DENGUE.


  • Martin Luther King | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Eu tenho um sonho! Eu tenho um sonho de que um dia ainda irá acontecer um debate realmente político entre candidatos a cargos eletivos. Eu tenho um sonho de que questões reducionistas como a religião não façam parte da agenda política. Eu tenho um sonho de que as Igrejas cuidarão daquilo que lhes é de direito, de conquistar almas para Deus e não promover uma discussão puramente maniqueísta. Eu tenho um sonho de Wilson Santos e Alexandre César sejam colocados no lugar que lhes é de direito na história da política mato-grossense, e este lugar é a pocilga. E então poderemos cantar, livres finalmente, graças ao Deus Altíssimo, finalmente somos livres.

8 candidaturas e Thelma com chances

thelma de oliveira 400 curtinha   Mesmo sem apoio de nenhum outro partido, a não ser do seu PSDB, enfrentando forte desgaste político e rejeição popular e ainda problemas de saúde, se recuperando de tratamento de câncer de mama, a prefeita Thelma de Oliveira (foto) ainda tem chances de...

Niuan de fora da suplência ao Senado

niuan ribeiro 400 curtinha   O deputado federal José Medeiros não conseguiu segurar o vice-prefeito de Cuiabá, Niuan Ribeiro (foto), como primeiro-suplente de sua chapa ao Senado. Há alguns dias, o filho do ex-vice-governador e ex-deputado Osvaldo Sobrinho vinha demonstrando desejo de pular fora, em meio a...

Jayme incomodado com Flávio em VG

jayme campos 400 curtinha   A candidatura a prefeito de Várzea Grande do empresário Flávio Frical (PSB), principal aposta da oposição, passou a incomodar a família Campos, que apoia o ex-vereador Kalil Baracat, concorrente ao Executivo pelo MDB. Em uma noite que seria de festa, em comemoração...

Acordo com Euclides partiu de Allan

allan kardec 400   Otaviano Pivetta, vice-governador licenciado por 30 dias para cuidar de problemas de saúde, disse que nada tem a ver com o tal acordo "costurado" pelo presidente regional do PDT, deputado Allan Kardec (foto), com Euclides Ribeiro, candidato a senador pelo Avante. Explica que só apresentou Euclides para Allan e...

Família Maia tenta retomar o poder

martha maia 400   O ex-prefeito de Alto Araguaia por quatro vezes, Maia Neto, não entrou na disputa de novo ao Executivo, mas lançou a irmã Martha Maia (foto), cuja filha Sylvia Maia é vereadora. Filiada ao PP, Martha entra como principal candidata da oposição ao prefeito Gustavo Melo, que vai à...

Welinton fará grande ato em Barra

welinton marcos 400 curtinha   Welinton Marcos (foto) lança sua candidatura a prefeito de Barra do Garças, na segunda (28), em um grande ato. Mesmo pelo sistema drive-in, devido à necessidade de adotar medidas sanitárias contra a Covid-19, são esperadas na solenidade cerca de mil pessoas, num espaço amplo,...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.