Últimas

Terça-Feira, 13 de Maio de 2008, 18h:52 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:20

JUDICIÁRIO

Começa a sessão que pode cassar deputado

 Começou neste momento a sessão plenária do Tribunal Regional Eleitoral (TRE). Entre os processos em pauta está o que pede a cassação do mandato do deputado estadual Walter Rabello (PP) por infidelidade partidária. Ele foi eleito pelo PMDB e migrou para o PP após a regra pró-fidelidade de 27 de março do ano passado. O TRE já cassou o mandato de 12 vereadores por infidelidade. No caso de deputado, Rabello pode ser o primeiro, já que os processos que resultaram na cassação dos estaduais Chica Nunes (PSDB) e Gilmar Fabris (DEM) foram por compra de votos, assim como do federal Pedro Henry (PP). Os três recorreram ao TSE e se sustentam nos cargos graças a liminares.

  Rabello é o único deputado que trocou de partido após a validade da regra que prevê perda de mandato aquele parlamentar infiel. Ele não compareceu ao julgamento. É representado pelos seus advogados Eduardo Henrique Miguéis Jacob e Mário Ribeiro de Sá. O assessor de Rabello, jornalista Paulo Coelho, também acompanha o julgamento. O relator do processo é o juíz Renato Vianna. (Alline Marques)

(Às 19h09) - Vereador de Rondonópolis é cassado


Valdir Clemente foi eleito pelo DEM e pulou para o PR

  No primeiro julgamento da noite no TRE, o vereador por Rondonópolis e farmacêutico Valdir Clemente (PR) teve o mandato cassado. Os juízes-membros do Pleno acompanharam o voto do relator do processo, José Zuquim Nogueira, por unanimidade.

   Clemente é o 13º vereador a ser cassado por infidelidade partidária. O parlamentar foi eleito pelo DEM. Ele alegou ter mudado de partido por sofrer perseguição política do deputado estadual Gilmar Fabris (DEM). Não convenceu o Pleno. É mais um que "cai", devido ao efeito troca-troca. Com a cassação de Valdir Clemente, assume a vaga na Câmara de Rondonópolis o advogado trabalhista Humberto Queiroz, que continua no DEM. Ele é diretor-presidente da Universidade Sobral Pinto em Rondonópolis.

(19h19) - Começa julgamento que pode cassar Chico 2000

  O vereador Chico 2000 (PR) pode ter seu mandato cassado. Iniciou há pouco o julgamento do parlamentar por infidelidade partidária. Ele é suplente do vereador, mas ocupa cadeira no lugar do titular Helny de Paula (PR), que ocupa a presidência da MTGás. Ambos concorreram às eleições pelo PPS.

  A defesa alega que Chico 2000 mudou de partido dentro do prazo permitido e que ocorreu um equívoco. Segundo o advogado Jonas Teixeira Motta Júnior, a data de 16 de abril foi o dia em que o partido protocolou a data no TRE e não a referente quando o parlamentar deixou o PPS.

(Às 19h56) - Chico 2000 é absolvido e se mantém no cargo

   O juiz eleitoral Renato Vianna, relator do processo pediu a extinção do processo que pede a perda de mandato de Chico 2000. Ele considerou que a desfiliação foi feita antes de 27 de março, data da regra pró-fidelidade. Ele teve a maioria dos votos.

  Chico estava no lugar de Helny de Paula, que saiu do cargo de vereador para assumir a presidência do MT Gás.

(Às 20h19) - Começa julgamento contra Walter Rabello

  Começou há pouco o julgamento que pede a perda de mandato do deputado Walter Rabello (PP) por infidelidade partidária. O relator do processo é o juiz Renato Vianna. A defesa alega perseguição política por parte do presidente do PMDB, Carlos Bezerra.

(Às 21h45) - Rabello perde mandato por infidelidade

  O deputado Walter Rabello teve o mandato cassado nesta terça por unanimidade.  

(Às 21h30) - Cassado também vereador Deucimar

   Por unanimidade, o Pleno do TRE cassou nesta noite o mandato do vereador Deucimar Silva, outro infiel que deixou o antigo PFL (hoje DEM) e migrou para o PP. No lugar de Deucimar assume a suplente Márcia Campos (DEM), irmã do senador Jaime Campos e do pré-candidato a prefeito de Várzea Grande, Júlio Campos.

  Em sua defesa, Deucimar alegou que o DEM tentou derrubá-lo para abrir vaga na Câmara à suplente Márcia Campo. Disse que fora uma estratégia que só beneficiaria a irmã do senador Jaime. Segundo ele, o partido ofereceu uma vaga no staff do prefeito Wilson Santos (PSDB) a qual ele não aceitou. Em princípio, seria a secretaria de Trânsito e Transporte Urbano. Deucimar foi um dos fundadores do extinto PFL e esteve ligado ao partido por 22 anos. Um mês após o PFL virar DEM, ele se filiou. Depois, pulou para o PP, já após entrar em vigor a regra pró-fidelidade do TSE. Ele alega que deixou o partido por este ter mudado de ideais.

(Às 22h05) - Márcia Campos já se prepara para posse

   A irmã do senador Jaime Campos, Márcia Campos, comemorou a desgraça alheia. Assim que soube, através de um telefonema, da cassação do mandato do vereador Deucimar Silva, ele não só comemorou como já deu início aos preparativos com vistas a sua posse. Márcia pretende já assumir a cadeira de vereadora na sessão de quinta (15). Resta saber se até lá vai dar tempo do TRE publicar o acórdão e avisar à Mesa Diretora sobre a cassação de Deucimar e ordenar que dê posse à suplente. Márcia já tentou por duas vezes a cadeira de parlamentar. No pleito de 2004 ela concorreu pelo extinto PFL e teve 2.253 votos. Ficou na segunda suplência, atrás de Deucimar, que se efetivou vereador com a eleição de Guilherme Maluf para deputado estadual.

Postar um novo comentário

Comentários (6)

  • Adalgiza de Souza | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Sempre confiei na justiça de Deus, sei que ela tarda mais não falha. Esse Deu-ci-mal tripudiou em cima do povo aqui do Planalto por tres eleições consecutivas, agora vai colher o que plantou e pode dar adeus as pretenções de ser vereador, porque todas as vezes que deixou de ser suplente para assumir o cargo de verador, principalmente neste último, ao invés de fazer amigos, só fez inimigos, por que essa figura trata-se do cara mais mentiroso de Cuiabá.
    Parabéns ao TRE.

  • Carlos Gomide | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Márcia Campos?????? hahahahhahaa, pelo amor de Deus, essa mulher não sabe nem o artigo quinto da constituição brasileira, vai fazer projetos como permanente e chapinha de graça para as mulheres no Salão do Povo! Nçao tem a mínima condição de assumir como síndica do prédio dela, eleição esse ano!!! O povo tem os vereadores que merecem! O povo tem que se ferrar mesmo que votaram num tipo desse! Chegaaaaaa!!!!!!!

  • Eliseu | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Gostei da cassarem o mandato do Valdir que mente, agora para ficar melhor só falta cassar o do Percival Muniz.

  • clodoeste pereira da silva | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Aline vc é porreta mesmo. Tô esperando as notícias em tempo real. Valeu!

    Clodoeste kassú

  • Anônimo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    sou contra ele e um homem que trabalha para a comunidade tem e que tirar o deputado percival que esta com o passado em duvida Veja quando ele entrou como vice ele nao tinha nada hoje ele tem uma fazenda em XINGU faz. modelo AI TEM!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  • Seu jorge do CPA | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Olha só menininho experimentando o ser remedinho amargo........... Aqui se faz aqui se paga........... Foi mecher com os GRANDÕES se deu mal. Quero ver a onde o meninho vai com sua arrogancia agora ........... Vai tomar outra piaba nas eleições, e comtinuar o eterno suplente torcendo para o titular ter piedade e deixar ele assumir.

Dobradinha no Podemos pela reeleição

claudinei 400 curtinha   Eleito deputado na onda Bolsonaro, o delegado de Polícia Claudinei de Souza Lopes (foto) resolveu deixar o PSL e vai se abrigar no Podemos. Sonha com a reeleição. Sua estratégia é trabalhar o que se chama de dobradinha eleitoral com o deputado federal José Medeiros, especialmente em...

Valtenir atrai lideranças para o MDB

valtenir pereira 400   Mesmo sem mandato eletivo, o ex-vereador pela Capital e ex-deputado federal Valtenir Pereira (foto) continua se articulando nos bastidores, agora pelo fortalecimento do seu partido, o MDB. Ele está convencendo algumas lideranças a se filiar na legenda emedebista. Dois líderes são prefeitos...

Chefe do Escritório de ROO em Cuiabá

mario marques 400 curtinha   O prefeito de Rondonópolis, Zé do Pátio, que iniciou neste mês o 3º mandato, mantém como parte da estrutura da administração um cargo de chefe do Escritório de Representação do município na Capital. E Pátio nomeou para esta...

Prefeito cria comitê pra debater modal

emanuel pinheiro 400 curtinha   Mesmo o governador Mauro Mendes já tendo anunciado que vai implantar o BRT na Região Metropolitana, em detrimento do VLT, o prefeito cuiabano Emanuel Pinheiro (foto) criou um comitê de análise técnica para, segundo ele, definir o modal de transporte para a região. Emanuel...

Desembargadores recebem 6 auxílios

maria helena povoas 400   O Tribunal de Justiça de MT, presidido pela desembargadora Maria Helena Póvoas (foto), vai pagar uma série de direitos e vantagens que "engordam" substancialmente o subsídio de seus magistrados e que foram programados pelo ex-presidente Carlos Alberto para liberá-los no orçamento...

Hospital cobra R$ 2,4 mi da prefeitura

luiz carlos pereira 400 tce   O Instituto de Saúde Santa Rosa recorreu ao TCE, na esperança de encontrar respaldo para receber R$ 2,4 milhões da secretaria de Saúde da Capital. Argumenta que a prefeitura, com quem mantém contrato desde 2019, está inadimplente, pois não teria pago integralmente os...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT optou pela implantação do BRT em Cuiabá-VG em detrimento do VLT. O que você acha disso?

Estou de acordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.