Últimas

Quinta-Feira, 30 de Julho de 2009, 10h:15 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:23

CÂMARA FEDERAL

Comissão inocenta Mendes no caso dos bilhetes aéreos

   A sindicância da Câmara Federal não só inocentou o mato-grossense, ministro e presidente do Supremo Tribunal Federal, Gilmar Mendes, que era acusado de ter viajado ao exterior com bilhetes pagos pelo Parlamento, como também passou a ser considerado vítima de um golpe. O presidente do STF respira aliviado, após ter ficado numa "saia justa” no início do ano, quando o nome dele e de sua esposa apareceram na lista dos que tinham viajado na cota dos parlamentares. A viagem questionada do casal teve Nova York como destino. O episódio que ficou conhecido como o “escândalo das passagens aéreas” envolveu também a deputada federal mato-grossense Thelma de Oliveira (PSDB). Logo após o nome dela aparecer na lista, a tucana exonerou um servidor que teria autorizado indevidamente a viagem - veja mais aqui.

   Diante da farra das passagens, foi instaurada uma comissão de sindicância que tinha a missão de apurar as denúncias. No caso de Gilmar Mendes, a comissão concluiu que três funcionários de dois gabinetes da Casa atuaram de forma que o presidente do Supremo viajasse de avião com a esposa com dinheiro público, mesmo tendo pago pela passagem com o seu cartão de crédito, segundo revela o site Congresso em Foco.

   De acordo com a comissão, os bilhetes foram adulterados pelos funcionários de forma a apagar as inscrições “MCO", identificadoras de crédito parlamentar, do campo forma de pagamento. Como os créditos de passagens eram comprados com deságio pelos operadores, a intermediação também rendeu lucro aos agentes de viagens. Segundo o relatório da sindicância, apenas no deslocamento São Paulo-Nova York-São Paulo, Gilmar Mendes pagou R$ 811 a mais do que seria necessário pela viagem. (Patrícia Sanches)

--------------------------------------------
Clique aqui e saiba mais em Congresso em Foco

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • jl | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É autoridade, ainda mais no BRASIL, fazer o que?

  • memoria curta | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Será que não iriam inocentar??????????

  • ANTONIO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Notável decisão, notável decisão... nós brasileiros e por que não dizer matogrossensse natos temos uma vergonha para esconder... esconder a Excelencia que está no STF julgando sei lá... julgando. Por incrivel que pareça os Senhores deputados(banda podre) vão precisar da benevolencia do nosso Ministro Gilmar Mendes. Até hoje eu não consigo dormir sobre o fato do Ministro Barbosa(STF) ter chamado de aqui não são os seus capangas de Mato Grosso....sabe eu não entendo esse negocio. Mas para a banda podre isso é bom ...mais do que bom... isso é pizza.

  • Aloisio Ormond | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Se fosse nós, pobres mortais, estaria no porrete:

  • assessor parlamentar | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    esquecemos de intitular na amteria que o assessor na época de thelminha.. era seu irmão.. Agora leigo povo(incluindo - me).. quanta sandice(loucura) desses assessores do nobre Ministro Gilmar Mendes... em forjar esse esquema.. Meu Deus.. nada macula a imagem do ministro.. não é DIAMANTINO..

Apoiado por deputados bolsonaristas

jose medeiros 400 curtinha   Um dos vice-líderes do Governo Bolsonaro na Câmara, o deputado José Medeiros (foto), do Podemos, vem recebendo apoio na disputa ao Senado de vários parlamentares bolsonaristas. O chamado núcleo duro do presidente no Congresso Nacional está com Medeiros, entre eles os deputados...

Justiça barra ficha suja em Poconé

clovis martins 400   A Justiça Eleitoral barrou em Poconé o ex-prefeito Clovis Damião Martins (foto), considerado ficha suja. Está inelegível por oito anos. Filiado ao PTB, ele foi condenado pelo TCU por irregularidade insanável que configura ato doloso de improbidade administrativa. Enquanto...

3 estão fazendo pesquisa em Cuiabá

Três institutos de pesquisa entraram em campo na capital nesta semana para levantar as intenções de voto para prefeito. São eles: Malujoa Comunicações, que geralmente divulga os resultados no site Olhar Direto; a Voice Pesquisas e Comunicação, do site Midianews; e Real Time Big Data. A Voice poderá tornar públicos os números apurados da pesquisa a partir de segunda (26), enquanto os outros dois estão autorizados...

Marino enaltece Leitão para o Senado

marino franz 400 curtinha   O empresário e ex-prefeito de Lucas do Rio Verde, Marino Franz (foto), anunciou apoio a Nilson Leitão (PSDB) para o Senado. Disse que conhece o candidato tucano de longa data, desde quando este foi prefeito de Sinop e assegura que Leitão é preparado, representa muito bem a região e o...

Magali de fora em General Carneiro

magali vilela 400   A ex-prefeita de General Carneiro, Magali Vilela (foto), que se lançou novamente à disputa ao Executivo, foi barrada pela Justiça. Teve o registro indeferido, já que está inelegível por ter sido condenada à suspensão de seus direitos políticos em...

Kalil, ausência e críticas de educadores

gilmar ferreira 400 curtinha   O candidato a prefeito de Várzea Grande Kalil Baracat (MDB) não foi a um evento realizado pelo Sintep para apresentar suas propostas aos técnicos e professores da educação básica. A ausência e sem apresentar justificativa deixou professores na bronca. O sindicalista...