Últimas

Terça-Feira, 22 de Setembro de 2009, 09h:16 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:24

INVESTIGAÇÃO

Comissão vai ouvir a delegada que "enquadrou" Lutero

A delegada fazendária Luzia Machado   A titular da Delegacia Fazendária, Lúzia Machado, será a próxima a ser ouvida no processo que investiga o ex-presidente da Câmara Municipal de Cuiabá, Lutero Ponce (PMDB), acusado de chefiar uma quadrilha que causou um rombo superior a R$ 7,5 milhões entre 2007/2008, período em que esteve à frente do Legislativo. A Comissão Processante da Câmara resolveu convocar a delegada depois que o peemedebista a acusou de coagir empresários a denunciá-lo e criar factóides para ter holofotes. As afirmações foram feitas nesta segunda (21), no Plenarinho da Câmara, durante a oitiva que ouviu o peemedebista. Segundo Lutero, os empresários, em princípio, diziam que entregavam a mercadoria vendida à Câmara de Cuiabá, mas no segundo ou terceiro depoimento revelavam a existência de fraude nos processos licitatórios. Lutero declarou que a delegada ameaçava prender os empresários caso mantivessem a primeira versão e prometia liberdade aos que denunciassem-no. O peemedebista insinuou também que a delegada pode ter prometido vantagens aos empresários, supostamente com dívidas junto à Secretaria de Fazenda (Sefaz).

  A estratégia do parlamentar é desacreditar as investigações feitas pelos delegados fazendários para, assim, não ser cassado, nem perder direitos políticos. Os delegados, por sua vez, têm fé pública. Lutero tenta recorrer ao mesmo trunfo do vereador cassado Ralf Leite (PRTB), que acusou PMs que o detiveram de tentar extorquí-lo. O tiro saiu pela culatra. Ralf não só foi cassado, como processado.

   Ao colocar em xeque as investigações, Lutero tenta descredenciar o trabalho dos delegados Rogério Átila Modeli, Maria Alice Barros Martins e Massao Ohara. Eles também participaram ativamente das investigações que culminaram no indiciamento do ex-presidente da Câmara por formação de quadrilha, falsificação de documentos públicos e particulares, fraudes em licitação e estelionato. O inquérito é a base da investigação contra Lutero, aberto pela Comissão Processante na Câmara Municipal. (Patrícia Sanches)

Postar um novo comentário

Comentários (7)

  • Mario da Mata Silva | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Essa eu quero ver de perto, depois dessa oitiva essa comissão não vai mais ter mais desculpas para não acatar o pedido de cassação do Lutero e abertura de processo criminal, pois a Dra Luzia vai armada até os dentes com um farto dossiê ricos em detalhes e de vários documentos que são peças no inquérito policial. Acredito ainda que a Dra Luzia poderá levar um mandato de prisão como surpresa para o moço.

    Uiuiuiuiiiiuuuuiiii.... hó hó hó Adriano tá me ouvindoooo? ?....
    Uiuiuiuiiiiuuuuiiii.... hó hó hó Adriano tá me ouvindoooo? ?....

  • Carlile Mendonça | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    A convocação da Dra. Lusia para depor não pode ser em vão. Além da Delegada conhecer de ponta a ponta os fatos, pois foi ela quem investigou e sabe das vísceras e demais entradas da Câmara Municipal de Cuiabá, poderá explicar pessoalmente porque da sua convicção para indiciar Lutero e sua trupe.
    Depois desse depoimento, ficará bem mais fácil para a cassação do Lutero.
    Qualquer tentativa de macular a honra dessa Delegada não terá crédito.
    Será o que se chama de jus esperniandi.
    Ou seja, desespero de quem tá na forca e com os dias contados...

  • astolfo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Relaxa e goza lutero ralf ja foi, agora voce nao vai ser mais o primeiro. Relaxa que o segundo o povo semrpe esquece

  • XICA | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • Gabriela Aquino | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0


    Muito inteligente a convocação da Dra. Lusia para prestar informações perante a Comissão Processante que investiga o Ver. Lutero.
    Assim, com o mesmo brilhantismo de sempre, a Delegada Dra Lusia, detentora de conhecimento impar sobre as fraudes ocorridas na Câmara Municipal de Cuiabá, certamente poderá trazer mais elementos de prova aos autos, de forma que não restará a Comissão Processante a adotar medidas enérgicas, eficientes e que não contrariem as provas dos Autos do Processo.
    Dra. Lusia é icone em MT no que tange a conduta ilibada e conhecimento naquilo que faz. O tiro não saiu pela culatra não, jornalista!
    Uma Delegada de Polícia a altura da Dra. Lusia não foge da raia! Não se engane!

  • Alberto Silva | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Esse papelão que Lutero está fazendo é de uma pessoa extremamente COVARDE, já que não assume as responsabilidades do cargo que teve como Presidente da Camara e agora ficar imputando culpas em seus assessores financeiro e juridico, bem como diferindo ataques aos delegados fazendários. Na verdade essa Comissão tem parar de ficar dando guarida a esse traidor. Coloca logo em votação para ser cassado de vez da vida pública.

  • Rafael Damian | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Um completo despautério levantar suspeitas contra a Delegada Dr. Lusia de Fátima, principalmente porque a Defesa teve acesso irrestrito desde o início das investigações. Por outro lado, chamá-la a depor será de muita valia, mas contra o dito cujo. Se eu fosse da Defesa minha estratégia seria exatamente o contrário pois chamar a testemunhar a melhor Delegada do Estado que compõe a melhor Delegacia, junto com os melhores Delegados, é um tiro no pé!

Mauro e os "cabeças chatas" do CE

mauro mendes 400   O governador Mauro Mendes está disposto a conhecer a experiência da  educação pública  do Ceará, que há anos apresenta os melhores índices no Ideb e é orgulho dos irmãos Ciro e Cid Gomes, ex-prefeitos de Sobral e ex-governadores. Até pretende...

Seduc e microônibus para municípios

alan porto 400 curtinha   A secretaria estadual de Educação, sob Alan Porto (foto), tem buscado parcerias com prefeituras para construir quadras poliesportivas, laboratórios de informática e escolas, além de ampliar salas de aula, adquirir ares condicionados e microônibus escolares, de modo a atender...

Emanuel é quem mais realizou obras

emanuel pinheiro 400 curtinha   Um levantamento da empresa Percent Pesquisa & Consultoria, feita em Cuiabá entre os últimos dias 13 e 14, destaca que, na percepção de 49% dos cuiabanos, o prefeito reeleito Emanuel Pinheiro (foto) foi o que mais fez obras e serviços. Em segundo lugar, com 19,8%, é citado...

Emendas ajudam Unemat de ROO

thiago silva 400 curtinha   Em reunião com o reitor da Unemat, Rodrigo Zanin, e com o pró-reitor Alexandre Porto, o deputado estadual Thiago Silva (foto) tratou da emenda de R$ 1 milhão para manter o curso de direito e abertura do de jornalismo em Rondonópolis neste ano. E, juntos, definiram o modelo de...

Presidente da Ucmmat quer reeleição

edcley lopes ucmmat 400   Reeleito para o sexto mandato e com a maior votação em Vila Bela da Santíssima Trindade, o vereador Edcley Lopes Coelho (foto), que obteve 391 votos pelo Solidariedade, luta agora por outro desafio. Quer se reeleger presidente da Ucmmat, entidade que congrega as câmaras municipais com seus 1.404...

Elisângela conduz Secom da Câmara

elisangela tenorio 400 curtinha   A jornalista Elisângela Tenório (foto) está de volta ao comando da Comunicação Social da Câmara de Cuiabá. Ela ocupou o mesmo cargo na gestão Justino Malheiros, mas, na época, não teve à disposição estrutura para desevolver uma...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT optou pela implantação do BRT em Cuiabá-VG em detrimento do VLT. O que você acha disso?

Estou de acordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.