Últimas

Domingo, 02 de Março de 2008, 07h:31 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

LEGISLATIVO

Compra de cadeiras que relaxam causa polêmica

  A decisão da Mesa Diretora da Assembléia de comprar para seus deputados 26 poltronas importadas que emitem cargas eletromagnéticas, de modo a proporcionar, por meio de controle remoto, centenas de combinações de massagens, gerou muita repercussão inclusive em nível nacional, assim que a matéria foi postada aqui no RDNews. Uns asseguram que as cadeiras elétricas e massageadoras não saíram por menos de R$ 300 mil. Já o presidente e o primeiro-secretário, respectivamente, deputados Sérgio Ricardo (PR) e José Riva (PP), mostram nota fiscal para provar que as aquisições saíram por R$ 79,5 mil.

   Nos corredores da AL e em conversas entre deputados, não se fala em outra coisa. A Mesa Diretora alega que as cadeiras com corrente de indução eletromagnética atende a uma necessidade de reformar e equipar os auditórios do Legislativo. Na sessão da próxima terça, os 24 deputados já poderão relaxar por completo porque os técnicos conseguirão instalar todas as novas poltronas. As "velhas" terão outro destino.

   Como há duas poltronas a mais no plenário, auxiliares da Mesa, como o assessor jurídico Chico Monteiro, terão direito à utilizá-la. Agora, os deputados vêem ampliar conforto e privilégio. Cada um ganha R$ 12,5 mil de salário. Tem direito ainda a R$ 8 mil de subsídio e a R$ 15 mil de verba indenizatória, além de controlar R$ 30 mil de verba de gabinete. (Simone Alves)

Eis alguns comentários acerca das novas poltronas dos deputados

Nilson Almeida
Cuiabá
“E os banheiros todos sem a tampa dos vasos”

Jascinto Palma
Várzea Grande
“Poltronas novas e com massagem e lá na entrada um cheiro horrível de fezes

Carlos Águia
Matupá
“Esses são os nossos deputados. Povão, temos eleição este ano. Com todo o dinheiro daria pra comprar nada mais que 720 cadeiras de rodas para pessoas que necessitam. Assim, eles não precisariam ir até a emissora pedir ajuda. Creu no povo. Vergonhoso!”

Josi Souza
Cuiabá
“Com o dinheiro que foi gasto com essas poltronas daria muitas cestas básicas para a população carente ou livros didáticos para as escolas do interior. Mas os deputados só conhecem o interior e a população carente em ano eleitoral”

Danielle Kormann
Cuiabá
“Mais uma vez percebemos quanto os deputados estaduais de Mato Grosso não estão preocupados com a nossa população. Que nojo dessa AL. Já não fazem leis que prestam (quando fazem), agora é que não vão fazer mais nada. Se brincar vão até dormir durante as sessões. Enquanto isso, o povo passa fome e sem emprego, escolas sucateadas, ruas esburacadas, aumento da violência, hospitais em péssimas condições, servidores com péssimos salários. E no palácio dos intocáveis, Corolla à disposição, deputado cassado pela Justiça, mas que continua recebendo todas as mordomias, verbas indenizatórias, verbas de gabinete, poltronas. Acorda MT”

Manoel Correa
Cuiabá
“Quem nunca comeu mel, quando come se lambuza”

Roseli Moraes
Cuiabá
“Enquanto isso...trabalhamos em situações precárias nas secretarias estaduais. Chegamos ao ponto de fazer cota para comprar bobina para fax, tonner, papel A4, entre outros. Sem mencionar os nossos computadores pré- históricos, cadeiras que estouram a coluna dos servidores. Pelo visto, nossos deputados estão seguindo literalmente o conselho da ministra Marta Suplicy: relaxa e goza”.

Maria Rosa
Cuiabá
“Que vergonha saber que a Mesa Diretora permite que uma farra dessa com o dinheiro público e ainda que permita um comentário sem decoro de um parlamentar como Percival Muniz”

Marco Antonio
Cuiabá
“Poderiam comprar também um massageador de estômago para distrair a fome do povão da região do CPA que coloca esse deputado aí”.

Giovane
Cuiabá
“Esqueceram de comprar mais uma e mandar entregar na humilde residência do nobre deputado Gilmar Fabris. Ele foi cassado mais continua recebendo, então, tem direito”

Amélia Costa
Várzea Grande
“Eita vida boa! Nunca na estória deste pais o povo encomodou tanto e ainda dizem que o Tribunal de Justiça é o único que abusa do dinheiro do povo. Taí! Os desembargadores não são os únicos. Agora ficou bão (sic), podemos lutar juntos"

Ivan Deluqui
Cuiabá
“Gostaria de propor aos nobres deputados para que um dia possam levar os jovens do Três Barras (em Cuiabá) para conhecer e se possível sentar na tal cadeira. Seria uma honra”

Marco Antonio
Rondonópolis
“Quem vai pagar a conta é o povão mesmo, vocês acham que os parlamentares iriam economizar”

Cláudio Sobrinho
Cuiabá
“Me ensinaram que na Grécia Antiga os debates que influenciavam a vida da população eram feitos nas praças públicas com presença da população, sem nenhum artigo de luxo para os senadores ou eleitos pelo povo. Hoje meus representantes só faltam pedir caviar e vinho do Porto para as audiências e sessões. Isso é uma vergonha!”

Juliana Razaggi
Cuiabá
"Agora deu... Não fazem nada e ainda querem massagem!"

Manoel Correa
Cuiabá
"Tudo indica que os parlamentares de MT estão assistindo aulas no Tribunal de Justiça. A intenção de nossos deputados é muito nobre. Pretendem transformar a Assembléia num verdadeiro paraíso, onde cada um deles possa ser um deus. Se o TJ/MT pode, porque a AL/MT não pode ?" O povo é que deve reconhecer o seu lugar e não ficar incomodando o descanso dos nobres"

José
Cuiabá
A farra da Assembléia Legislativa deve-se ao fato do governador Blairo Maggi ser conivente e mandar somas e somas de dinheiro para aquela Casa que diz ser a casa do povo de MT, mas que, na verdade, não é. É, sim, a casa da Mãe Joana, para não dizer outra coisa. Governador, corriga essas injustiças"

Ancelmo de Alencastro Arruda
Cuiabá
"Esses são os deputados eleitos por nós. Enquanto  ralamos, esses caras ficam assim, apesar de tudo e o nosso brasil... Tenho que voltar a trabalhar porque se não meu chefe volta.. e, caso me veja na net, vai pôr eu no olho da rua e eu não tenho poltrona elétrica para descansar"

Alves
Várzea Grande
"A Assembléia teve seu nome novo, moderno, luxuoso, confortável... prédio inaugurado a pouquíssimo tempo! Com certeza as poltronas colocadas quando da inauguração eram melhores, mais caras, mais confortáveis do que qualquer existente na casa dos senhores deputados, o que dizer, então, do povo em geral! Trocá-las em tão curto espaço de tempo mostra apenas o apreço dos parlamentares pelo dinheiro público. Apreço este já demonstrado do descaso com os veículos Clio, substituídos pelos Corollas. Sugiro que a despesa com a aquisição das poltronas sejam debitadas nos polpudos vencimentos dos nobres parlamentares, que caso optassem por esta forma, com certeza não comprariam as referidas poltronas. A propósito, será que existe alguma poltrona desse tipo na residência do pai dos nobres deputados!

Postar um novo comentário

Comentários (27)

  • Rodrigo Correa | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É UMA VERGONHA

  • ALBUCASSIS RAMIRES | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    QUANDO AFIRMO QUE ESSA LEGISLATURA É A PIOR DE TODOS OS TEMPOS NÃO COMETO NENHUM EXAGERO,AGORA ELES DEMONSTRAM TAMBEM QUE SÃO OS MAIORES CARAS DE PAÚS QUE MATO GROSSO JÁ CONHECEU.

    DEPOIS DAS POLTRONAS,FALTA AGORA UM MASSAGEADOR PARA "CARA DE PAÚ" E NAS PRÓXIMAS ELEIÇÕES UM SONORO NÃO NAS URNAS ,PARA ESSA TURMA DE CELERADOS,QUE NÃO RESPEITAM O DINHEIRO PÚBLICO.

  • eliane | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Não sabia que eles cansavam tanto assim ha ponto de terem cadeiras de relaxamento, puxa temos mesmo que prestar atenção em quem votar mesmo.
    Eleição é um negocio mesmo onde elegemos pessoas pensando que vai trabalhar em prol do povo É UM VERDADEIRO ENGANO DEPOIS DESSAS CADEIRAS RELACHANTES.

  • rosario costa | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Eta coisa boa, tá na hora de tambem comprar um vibrador para o "tu" para cada deputado ai sim a coisa vai ficar completa, votem neles povo matogrossense.

  • becao | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    bem feito. colpado por tudo isso é o povo mesmo, os deputados estao mais que certo, porque na hora que chega as eleiçoes tem que pagar todos os votos, primeiro. contrar gente para trabalhar na rua. segundo. pagar boca de urna senao nao vota, tem que dar sacoloes senao nao vota,tem que arrumar uma passagem aerea senao nao vota, tem que arrumar um medico para fazer cirugias de. parto, olhos, cirugia em geral se nao fizer nao tem voto, vc nao consegue achar um voto de graça de livre espontanea vontade, vai aparecer gente ai me criticando por isso e dizendo eu voto de graça nunca pedi nada ha nimguem, pode ser verdade mas é a minuria, ai depois ficam creticando isso e aquilo, é só virar esse disco votar com conciencia para depois cobrar, vc nao ve uma proposta do povo para os candidatos fazen do um compromisso com o candidato de beneficios para seu bairro e beneficios propios, por isso pagam pr tudo isso que acontece por ai, o povo nao tem direito de cobrar nada o voto é todo pago, e é por isso que alguns candidato sem dinheiro nao tem chance nenhima de ganhar por que nao tem dinheiro para tocar a sua campanha, pergunte a eles se nao é verdade, de cara o povo ja diz, o que que fulano quer ser candidato ele nao tem dinheiro só vai perder tempo, esse ja perdeu....assim diz o povo.

  • RosenwalRodrigues dos Santos Presidente | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Romilson. Quero ver se o Sr. Governador, Deputados e Tribunal de Justiça irão alegar que não tem dinheiro para custear os mandados da justiça gratuita, pois, a partir desta semana, os srs. oficiais de justiça de MT não irão mais "pagar para trabalhar", ou seja, tirar de seus vencimento para custear as despesas com diligência de caráter gratuito que é dever (obrigação) do Estado.
    "NÃO VOU PAGAR PARA TRABALHAR" - "DILIGÊNCIAS GRATUITA É DEVER DO ESTADO"

  • Gilmar | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Tudo as custas do contribuinte, que belos exemplos do poder legislativo notas frias,lingirie,corrolas,e o mais grave a grande maioria compra votos para manter estas regalias, não canso de dizer esta é uma das piores legislaturas desta istituição inoperante,omissa e conivente com a corrupção.

  • Ana Maria | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Essa é pra acabar, meu povo, acorda! Quanta ironia, ainda assim, aparece os Dep. apresentadores de TV com a maior cara de pau pedindo ajuda aos pobres humildes, simplesmente não fazem nada, o pior de tudo é que não nenhum outro poder que possa cobrar deles essa vergonha, uma coisa é certa, o governo soube trabalhar... tem até a justiças nas mães. Falar o que???

  • Santiago | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    E o pior é que a chapa RIVA - Sérgio Ricardo já está pronta para assumir novamente a mesa Diretora. ... Vejam ano que vem quem será o presidente e primeiro secretário de novo, só invertendo os papéis: os dois aí.

  • Ana emília | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Espero que o povo aprenda com essa lição. Na próxima eleição pegue o dinheiro SUJO oferecido por esses candidatos e ÑÃO VOTE.

Romoaldo, prescrição e elegibilidade

romoaldo junior 400 curtinha   Assim como Wilson Santos, o deputado Romoaldo Júnior (foto) assegura que hoje também está elegível porque uma condenação de dois anos e três meses de prisão, inclusive com perda do mandato, acabou prescrita. Ele disse que ainda não sabe se disputará...

Juca quer ex-deputado no Gabinete

roberto nunes 400   O presidente do Legislativo cuiabano, vereador Juca do Guaraná, disse que irá convidar o ex-vereador, ex-vice-prefeito e ex-deputado estadual Roberto Nunes (foto) para assumir a Chefia de Gabinete da Presidência. Enfatiza que Roberto é bem articulado politicamente, tem habilidade e experiência e,...

Governo "desmama" senador do Dnit

wellington fagundes 400   O Governo Bolsonaro conseguiu, enfim, "desmamar" Wellington Fagundes (foto) do Dnit. Há décadas, entra e sai governo e o ex-deputado federal por seis mandatos (24 anos) e no cargo de senador desde 2015 vinha indicando apadrinhados no cargo de superintendente regional do Dnit em MT. O último foi Orlando...

Ex-deputado demitido de assessoria

luiz soares 400   O ex-deputado Luiz Soares (foto), hoje com 63 anos, foi exonerado do cargo de assessor parlamentar do contemporâneo Wilson Santos. Ganhava quase R$ 10 mil brutos. Estava lotado no gabinete do deputado tucano havia quase dois anos. Soares é pensionista do extinto Fundo de Assistência Parlamentar, ganhando...

Arsec concede reajuste; prefeito veta

alexandro adriano arsec 400   No último dia 22, a diretoria-executiva colegiada da Agência Municipal de Regulação de Serviços Públicos Delegados de Cuiabá (Arsec), presidida por Alexandro Adriano Lisandro (foto), aprovou índice de reajuste de 2,21% nas tarifas de água e esgoto. E...

Novo ensaio do privilegiado Neurilan

neurilan fraga 400   Neurilan Fraga (foto) transformou mesmo a AMM não apenas num cabide de emprego, mas numa entidade para, em alguns casos, atender a seus interesses pessoais. Ali, investido no cargo de presidente, inclusive já pelo quarto mandato, mesmo não sendo mais prefeito, ele se articula politicamente o tempo todo....

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT optou pela implantação do BRT em Cuiabá-VG em detrimento do VLT. O que você acha disso?

Estou de acordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.