Últimas

Quarta-Feira, 31 de Outubro de 2007, 12h:05 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

EMBATE JURÍDICO

Compra de voto a R$ 20 deve custar 2 mandatos

Deputados Henry e Chica são acusados de usar servidora da Saúde de Cuiabá para negociação de voto e estão na berlinda 

  Uma funcionária da secretaria de Saúde de Cuiabá pode ser a responsável pela cassação do mandato do deputado federal Pedro Henry (PP) e da estadual Chica Nunes (PSDB). Segundo investigação do Ministério Público Eleitoral, Lucélia Pereira Neves usou a estrutura de um posto de saúde no Pedra 90 para comprar votos para os então candidatos em 2006.

    Dessa forma, Henry, que salvou o mandato após envolvimento do seu nome em dois escândalos de corrupção, e Chica, acusada de deixar um rombo milionário na Câmara de Cuiabá, agora se vêem sob risco de perder mandato por causa de uma negociação de compra de voto no valor de R$ 20. No Tribunal Regional Eleitoral, o placar está em 3 a 3. Cabe agora ao presidente do órgão, desembargador José Silvério, o desempate. Há uma grande expectativa em torno do resultado. Caso o magistrado opte pelo acolhimento da representação do MPE, Henry e Chica perderão as cadeiras de representantes do povo. A decisão ficou para a sessão da próxima terça (6).

    O penúltimo voto e que resultou no empate (3 a 3) foi do juiz-membro José Zuquim Nogueira. Considerou procedente a denúncia, seguido dos juízes Rodrigo Navarro de Oliveira e Leônidas Duarte Monteiro. Para Zuquim, a atitude mais grave dos então candidatos  está no fato de consentirem que a servidora Lucélia permutasse remédios da unidade de saúde pública em troca de votos. "Subsidiada pelos candidatos, ela (Lucélia) usou de pessoas carentes, doentes e hipossuficientes", disse Zuquim - veja aqui a íntegra do relatório.

   No início do julgamento, Henry e Chica estavam um tanto aliviados,  já que o relator Alexandre  Elias Filho votou contra a cassação e os juízes Maria Abadia Pereira de Souza e Renato César Vianna Gomes o acompanharam. Agora, o placar é outro. (Pollyana Araújo)

Postar um novo comentário

Comentários (13)

  • Walter | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Os "políticos" mau acostumados que se cuidem: a Justiça em Mato Grosso ACORDOU e está realmente fazendo JUSTIÇA.
    JUSTIÇA NELES Des. Silvério

  • Antonio Carlos Cuiabano | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Se nao forem cassados o TRE/MT estara indiretamente autorizando a compra de votos pelos candidatos a prefeitura e a camara municipal d cuiabá. Mas a historia do TREMT é nunca cassar nimguem. Alguem lembra de algum comprador de votos que foi cassado pelo TREMT. A justiça d MT tem condições e o momento certo pra dar exemplo para o Brasil. e que daqui pra frente os politicos pensem duas vezes antes de comprarem votos.


    SERÁ?

  • cica | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Fiquei estarrecida com a leitura do voto do Dr.Zuquin. Ai, me perguntei: Como os outros puderam votar favoraveis? Como dizer que nao existiu o óbvio? Usar máquina pública ja é erro enorme, e usar os idosos, medicamentos, e sei la o que mais!!!! isso é CRIME sim. Ainda bem que existem pessoas decentes que colocam a sua profissao, como uma missao em defesa da verdade, integridade e honestidade. Confio na Justica. Tenho Fé que a esfera Judicial, vai dar a dignidade que o povo matogrossense merece. Que Deus o ilumine Dr.Silverio!!!!

  • Antonio Cavalcante Filho | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral – MCCE, divulgou dias atrás, que Matogrosso é o Estado onde houve o maior numero de denuncias por crimes eleitoral.

    O que preocupa é que aqui foi onde houve menos cassação por este tipo de crime. Esperamos que a justiça eleitoral mude estes índices fazendo com que todos os politicoides percam seus mandatos conquistados ilegalmente.

    A cassação da Chica e do Pedro seria uma boa demonstração por parte do TRE de querer contribuir na depuração da política em nosso Estado.

  • Sebastião Arruda | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Justiça Eleitoral, mostre que você exite e trabalha, Dr.Silverio, cumpra sua missão, aquela que todos Matogrossense honrrados estao esperando, Cassação ao Politicos desonestos.

  • julio augusto de oliveira soares | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O TRE de Mato Grosso têm a oportunidade de trazer uma nova era para o nosso povo,mostrando o quanto vale a justiça para um Estado Democrático de Direito,funcionando como um poder moderador entre os poderes,basta seguir o exemplo do TSE e da nossa corte suprema que as vezes infelizmente teve que demonstrar a classe política que basta de impunidade sob pena de desconstruir a DEMOCRACIA árduamente conquistada.

  • Roberto | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É uma excelente oportunidade para começarmos a reescrever nossa história. Todos sabemos que o mal do País é a impunidade da qual toda a classe política se aproveita. Compram votos por uma míséria em dinheiro ou favores e depois jogam o povo na mais absoluta miséria por no mínimo quatro anos. O TRE tem a grande oportunidade de começar a mudar a imagem pública do Judiciário, coisa que até agora o TJ não conseguiu.

  • Paulo César | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Conhecendo a verdade, sabendo que esses dois maus políticos envolvidos em escândalos e desvios de recursos públicos, e conhecendo a lisura do Dr. Silvério, estou até vendo as manchetes a nível nacional: Câmara Federal preserva mandato, de mensaleiro e sanguessuga, mas Desembargador de MT faz justiça.
    Eita manchete porreta. O povo de Mato Grosso aguarda essa posição do TRE.

  • valmir molina | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O cuiabano já anda desacreditado dos poderes constituidos,o `Pedro Henri estava envolvido em todos os escandalos da república e conseguiu se safar,a Chica Nunes consegue MILAGRES que até DEUS duvida como,por ex.,o MP perder prazo e oTCE esquecer-se de colocar algumas informações no relatório da prestação de contas.È o fim do mundo !Chega de impunidade,CASSAÇÂO já!

  • silvio | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    EU COMO TODOS OS CIDADÕES MATOGROSSENSSES ESTAMOS AGUARDANDO O DR. SILVERIO FICAR NA HISTORIA POLITICA DE MT. OS POLITICOS SÓ AGEM ASSIM POR CONTAM COM A IMPUNIDADE, DE LEIS QUE ELES MESMO CRIAM.

    HEGOUA HRA E VEZ DA SOCIEDADE ACREDITAR NO JUDICIÁRIO.

    MUITO LUZ AO DR. SILVERIO

Valtenir atrai lideranças para o MDB

valtenir pereira 400   Mesmo sem mandato eletivo, o ex-vereador pela Capital e ex-deputado federal Valtenir Pereira (foto) continua se articulando nos bastidores, agora pelo fortalecimento do seu partido, o MDB. Ele está convencendo algumas lideranças a se filiar na legenda emedebista. Dois líderes são prefeitos...

Chefe do Escritório de ROO em Cuiabá

mario marques 400 curtinha   O prefeito de Rondonópolis, Zé do Pátio, que iniciou neste mês o 3º mandato, mantém como parte da estrutura da administração um cargo de chefe do Escritório de Representação do município na Capital. E Pátio nomeou para esta...

Prefeito cria comitê pra debater modal

emanuel pinheiro 400 curtinha   Mesmo o governador Mauro Mendes já tendo anunciado que vai implantar o BRT na Região Metropolitana, em detrimento do VLT, o prefeito cuiabano Emanuel Pinheiro (foto) criou um comitê de análise técnica para, segundo ele, definir o modal de transporte para a região. Emanuel...

Desembargadores recebem 6 auxílios

maria helena povoas 400   O Tribunal de Justiça de MT, presidido pela desembargadora Maria Helena Póvoas (foto), vai pagar uma série de direitos e vantagens que "engordam" substancialmente o subsídio de seus magistrados e que foram programados pelo ex-presidente Carlos Alberto para liberá-los no orçamento...

Hospital cobra R$ 2,4 mi da prefeitura

luiz carlos pereira 400 tce   O Instituto de Saúde Santa Rosa recorreu ao TCE, na esperança de encontrar respaldo para receber R$ 2,4 milhões da secretaria de Saúde da Capital. Argumenta que a prefeitura, com quem mantém contrato desde 2019, está inadimplente, pois não teria pago integralmente os...

Definido novo presidente do Sanear

hermes avila 400   O prefeito Zé do Pátio nomeou à presidência do Serviço de Saneamento Ambiental de Rondonópolis (Sanear) o engenheiro Hermes Ávila de Castro (foto), que tende a se efetivar no cargo. Hermes ocupa a cadeira que, desde janeiro de 2017, pertencia à Terezinha Silva de Souza,...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT optou pela implantação do BRT em Cuiabá-VG em detrimento do VLT. O que você acha disso?

Estou de acordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.