Últimas

Terça-Feira, 25 de Março de 2008, 22h:43 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:20

RONDONÓPOLIS

Compra do terreno foi legal, assegura governador

   O governador Blairo Maggi disse nesta terça à noite, em entrevista ao RDNews, que "não há qualquer ilegalidade" no fato de, enquanto pessoa física, ter comprado em leilão um terreno na Vila Birigui, em Rondonópolis, para fazer uma complementação da área de sua residência. Ele lembra que à época o então prefeito e hoje deputado estadual Percival Muniz resolveu desativar a rua. Na região há um córrego dentro de uma área de preservação, nos fundos da mansão de Maggi. Isso, em si, justificava o trancamento. O prefeito, então, levou os terrenos à leilão. O governador explica que ele comprou uma parte, assim como sua irmã, o hoje prefeito Adilton Sachetti e o vereador e empresário Mohamed Zaher. "Da minha parte, eu comprei e fechei. Foi tudo legal", enfatiza.

  Quanto à escola desativada, Blairo Maggi explica que, em 2005, a unidade foi transferida para outro local porque não tinha muitos alunos na região. O terreno, que era do Estado, foi doado à prefeitura. Destaca que no termo de doação o deputado Zé do Pátio (PMDB), que apresentou a suposta denúncia de benefício próprio da área por parte de Maggi, apresentou uma cláusula, segundo a qual o dinheiro a ser arrecadado depois pela prefeitura com a venda da área que abrigava a escola, inclusive uma quadra de esportes, deveria ser investido na nova instituição educandária e isso foi cumprido, explica o governador.

    Blairo Maggi disse que a quadra da escola fica de frente a sua residência na Vila Birigui e, nesse caso, não participou do leilão. "As pessoas que compraram já começaram a construir. A prefeitura sabe explicar melhor quanto arrecadou com a venda e quanto investiu na nova escola".

   Sem fundamento

  Para o governador, a denúncia do deputado opositor não tem fundamento. "Aliás, o Zé do Pátio se notabilizou em denunciar coisas que ele participou", reagiu Blairo Maggi, numa referência à doação da área do Estado à Prefeitura de Rondonópolis, quando o parlamentar fez questão de acrescentar uma cláusula, e também quanto à participação do deputado na elaboração da lei dos incentivos fiscais. Hoje, Pátio combate à concessão dos benefícios às empresas.

   "É uma situação até engraçada. Os dois (Pátio e Muniz) que fazem oposição ao governo participaram disso (polêmica do terreno na Vila Birigui). O Percival, enquanto prefeito, desafetou as ruas e as botou para leilão e, o Zé do Pátio, no termo de doação da área para o Município, colocou uma cláusula para os recursos serem investidos na nova escola", comenta o governador, sorrindo.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Chico de Souza | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Trata-se de um assunto polêmico. Por mais que o governador se sinta no dever de ter comprado, em leilão, a área, pegou mal para ele.

  • erimar bezerra | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    A compra deste terreno foi legal mas imoral, tanto o governador quanto o prefeito usaram de abuso de poder para adquirir este terreno para beneficiar os dois, o ministério público poderia investigar o abuso de poder.

2 suplentes já estreiam em Cuiabá

alex rodrigues 400   Com menos de quatro meses de mandato, dois dos 25 vereadores cuiabanos reeleitos no ano passado já pediram licença para abrir espaço a suplentes. Diego Guimarães (Cidadania) se afastou por 30 dias. Em sua cadeira está Maysa Leão, do mesmo partido. Marcrean Santos (PP) pediu afastamento...

Governista 2 e o desafio da reeleição

wilson santos 400 curtinha   Wilson Santos (foto), que conseguiu retornar à Assembleia "sangrando" nas urnas de 2018, impactado pelo desgaste pela defesa intransigente do Governo Pedro Taques, se prepara para atravessar outro purgatório no próximo ano, em busca de mais um mandato. O deputado tucano carrega desgaste...

Nobres chora a morte de ex-prefeito

flavio dalmolin 400   A pequena e turística Nobres, de 16 mil habitantes, parou neste Feriado de Tiradentes em comoção pela morte, por Covid-19, do ex-prefeito Flávio Dalmolin (foto). Um cortejo percorreu ruas e avenidas, parou em frente ao estádio municipal Balizão e à prefeitura, onde...

Derrotado ensaia disputa ao Governo

reinaldo morais 400 curtinha   O empresário Reinaldo Morais (foto), o rei dos porcos, está disposto a gastar mais uns milhões com nova candidatura majoritária, agora para governador. No ano passado, concorreu ao Senado e obteve votação decepcionante. Foi o penúltimo colocado numa corrida com 11...

Sicredi recua de comprar praça pública

enilson rios 400 prefeito araputanga   A diretoria do Sicredi nem esperou ser votado na Câmara Municipal o polêmico projeto sobre negociação de uma praça pública no centro de Araputanga para cancelar o negócio. A cooperativa havia "amarrado" entendimento com o prefeito Enilson de Araújo...

Sessão, voto e namoro com cantora

ulysses moraes 400   Na sessão virtual da Assembleia desta segunda, o deputado Ulysses Moraes (foto), do PSL, estava demorando para computar o voto na apreciação de um veto do governador. O presidente Max Russi (PSB), então, cobrou agilidade do colega e brincou, dizendo que agora ele só tem olhos para a Maraisa....